quinta-feira, 25 de junho de 2009

SOBRE A GREVE DOS MÉDICOS

Considero um ato de heroísmo os médicos prestarem serviços para o sistema municipal de saúde. Sem nenhuma estrutura operacional, o ambiente que se encontra nos hospitais, e postos de saúde do município administrado por custódio mattos, é o ambiente de uma guerra: começa pela falta de medicamentos, passando pela total ausência de responsáveis para dar uma satisfação a população, até chegar aos pacientes, que gemendo de dores , esperam por assistência abandonados e humilhados pelos corredores.

Mas o pior do caos da saúde pública de Juiz de Fora, é a falta de projeto dessa administração para acabar, ou , no mínimo, apontar um novo caminho para o setor na cidade. No meio desse abandono, dessa guerra, o que assistimos é um festival de incompetência e arrogância do mensaleiro custódio. A única preocupação do prefeito em exercício com a saúde pública é viabilizar a compra do terreno para inaugurar o prometido hospital da zona Norte, que será no centro!

Enquanto isso, o pobre coitado do médico (e de todos os profissionais da saúde pública municipal) , é obrigado a conviver com um ambiente de trabalho, que repito, é pior, que hospitais de guerra, pois nesses o cidadão não é humilhado como aqui. Pode até morrer, mas morre por um ideal, ao contrário do sistema de saúde de Juiz de Fora, onde, além da humilhação de ser abandonado pelos corredores, o cidadão morre por abandono.

O que se observa, de fato, em tudo isso, é a similaridade entre Bejani e custódio quando o tema é saúde pública. O mensaleiro faz exatamente a mesma coisa que fez seu antecessor: NADA.

Alías, alguém já viu nessa "administração" o custódio aparecer para alguma coisa? Claro que não! Além de omisso, a covardia é um dos principais traços do caráter do prefeito. Reparem como nos casos de maior exposição e risco politico ele sempre manda um pau mandado que gosta de assumir o papel de "machão". Por isso , sempre aparece o Vitor Vitória Valverde. Observem como nos casos em que o prefeito não assume suas responsabilidades, V-3 aparece para fazer o que ele mais adora fazer: cara de zangadinho e bravo. É cômico, para não dizer trágico.

A resposta da prefeitura que iremos ter, a partir de hoje, será o Vitor Vitória Valverde fazendo carinha de preocupado para TVs, dizendo o seguinte (podem anotar):

1) que o prefeito está muito preocupado com a situação;

2) que se trata de uma greve politica;

3) que nunca se investiu tanto em saúde pública como custódio está investindo. Vai dizer que até a reforma da Regional de saúde é obra dele...

4) que o prefeito não pode dar aumento nesse momento por "absoluta falta de recursos" (a prefeitura tem mais de R$ 100 milhões no caixa! Mas, de fato, está tudo comprometido com a eleição do ano que vem e com o contrato dele e do bejani com a Queiroz Galvão) .

5) que a greve é politica e quem paga o preço dessa "incompreensão" é a sofrida população da cidade;

6) e, por fim, que os médicos ganham muito bem e trabalham muito pouco;


Gostaria de dar uma sugestão ao sindicato dos médicos: não deixem nada disso, mais essa afronta do mensaleiro sem a devida resposta! Mas por favor, respeitem a população, informem, debatam, mostrem como estão os hospitais e as condições de trabalho de um médico em hospital ou posto de saúde da prefeitura! Coloquem a população ao lado de vocês. O povo ai compreender o movimento.

Mas se deixarem o Vitor Vitória sem resposta, vocês vão ser derrotados publicamente, assim como aconteceu com os professores que , ao se ausentarem de debate na TV, deixaram Vitor Vitória Valverde, declarar , dentre outras coisas, que um professor do município ganhava R$ 1, 9 mil !!! Essa informação nunca foi desmentida , nem mesmo pelo Vereador Betão, que convidado para participar do debate, (o movimento grevista), preferiu não comparecer "pois o comando da greve estava negociando com o governo (???????) ". Resultado: a população ficou contra o movimento pois um professor ganha R$ 1,9 mil ...

O movimento grevista dos médicos é muito mais do que justo, não só pelo salário de fome que recebem, mas, principalmente, pelas calamitosas condições de trabalho que são obrigados a conviver e enfrentar diariamente.

E viva a "mudança com segurança" !

17 comentários:

Roberto disse...

FABRICANTES DE CIGARRO CORROMPEM VEREADORES DE JUIZ DE FORA?

De novo

A pedido do vereador José Emanuel, que sobrestou a matéria, a Câmara adiou, de novo, a votação do projeto do tucano José Laerte que trata do uso do fumo em Juiz de Fora. A matéria recebeu novas emendas, mas a decisão irritou o autor do projeto. Ele explicitou o que chamou de estranhamento pelo pedido. Um representante de uma companhia de cigarros estava acompanhando a votação. Vários vereadores, como recado, disseram que apoiam o projeto.

ISTO É UM ABSURDO.
SERMOS CONFRONTADOS DENTRO DA NOSSA CASA , E O PIOR INDICIOS FORTES DE CORRUPÇÃO.

SERÁ QUE ALÉM DE TABAGISTA, O VEREADOR BETÃO TAMBÉM ESTÁ ENTREGANDO, DIRIAMOS, O JOGO?

O sonso disse...

CVustódio treme treme, ficou todo respingado de feijão na festa do CR, quem limppoum tudo foi o fiel escudeiro VV

O Maestro disse...

Será que a Mylena vai abrir a porteira?

Eminência Parda e S.A Rock’n’Roll são bandas da cidade com vídeo no site da “Garagem do Faustão”.

Acho que não, pois um raio não cai duas vezes no mesmo lugar.

Alias comentadissima a falta dos musicos que carregam ela nas costas, no programa.
O pequeno sucesso parece já ter subido a cabeça...

ROberto disse...

ENROLA CUSTÓDIO:

Ainda não foi dessa vez que o imbróglio envolvendo a Associação Municipal de Apoio Comunitário (Amac) chegou a uma solução. Após quatro horas de reunião, durante a manhã e a tarde de ontem, o prefeito Custódio Mattos (PSDB) e os membros do Grupo Especial de Promotores de Justiça de Defesa do Patrimônio Público (GEPP) adiaram por mais 30 dias a decisão de se assinar ou não o Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) que prevê o rompimento de todo vínculo jurídico da administração com a entidade.

ENROLA ENROLA CUSTÓDIO ENROLA ESSE POVO DE QUEM VOCê MAMA....

EXPERIMENTEM CANTAR COM O GINGLE DO BEJANI.

Rogerio de Moraes disse...

14 anos de ensino regular
6 anos de faculdade
1 ano de residÊncia
2 ou 3 anos de especialização
uma fortuna em livros e material didático

TUDO ISTO PRA TRABALHAR DE GRAÇA PRO CUSTÓDIO.

Anônimo disse...

MORO NO BAIRRO SANTA CATARINA MUITOS ANOS E SEMPRE VI NA MARINHA, DONA DO ABRIGO UMA DISSIMULADA.
TODOS SABEM QUE AS CRIANÇAS APANHAM, PASSAM FOME E ALGUMAS TEM ATÉ PIOLHO DE FORMA CRÔNICA.
ELAS SÓ ESTÃO LÁ PRA GERAR DINHEIRO PRA MERINHA E SEU AMÁSIO.

Anônimo disse...

Enquanto Tribuna continua omissa em relação a exposição dos nomes de quem cometeu alguma irregularidade ou delito, na
reportagem do JFhoje pude saber que a entidade que eu ajudo financeiramente está envolvida em falcatruas e aberrações.
Parabéns ao pessoal do jornal na pessoa do sr Omar Peres.

Anônimo disse...

No momento em que o Vitinho declarar, como sempre tem feito, que o prefeito não pode dar aumento nesse momento por "absoluta falta de recursos" (a prefeitura tem mais de R$ 100 milhões no caixa!, seria muito oportuno perguntar deste "secretário" PORQUE A PREFEITURA ALEGA QUE NÃO TEM RECURSOS PARA A SAÚDE,MAS, ESTÁ BANCANDO O TIME DO AMÉRICA DO RJ AQUI EM JUIZ DE FORA?
Eu espero que o Sindicato do Médicos não siga o exemplo do Sindicato do Professores e do SINSERPRU que se renderam às falácias do governo.Esse sindicato tem se mostrado forte e a sua luta é muito mais ampla do que a reivindicação de aumento salarial. Ela representa a tentativa de se conseguir um tratamento mais junto e mais humano para população.

Anônimo disse...

Anônimo disse...
O Cabide de empregos tem que acabar. Mas, a falta de compromisso também. Veja um exemplo:

Na UBS Nossa Senhora das Graças tem um médico Cardiologista, Carlos Augusto, que consegue atender a todos os pacientes em 20 minutos. Ressalta-se que o mesmo tem um outro trabalho no Hospital João Felício no mesmo horário. É só conferir... horário de 07:00 às 11:00 horas. Conhecido com the fash......

Isto poooooooooooooooodeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeee

24 de Junho de 2009 08:21

Neste horário ele já rachou fora!!!

Assim também eu quero!!!!

Para que fazer greve, neste caso específico. O Sindicato dos Médicos deveria fiscalizar isto. Ganha-se pouco, mas trabalha-se muito pouco. Neste exemplo, se você dividir o salário médio por hora/minutos o nosso médico fash... está ganhando uma fortuna.

Anônimo disse...

O GRANDE DILEMA DOS MÉDICOS ESTÁ ENTRE A ÉTICA, A ALIENAÇÃO E A REMUNERAÇÃO.
MÉDICO COM LETRAS MAISCULAS, COM ÓTIMA FORMAÇÃO DE EXCELENTES ESCOLAS NÃO ADMINISTRAM DILEMAS E SIM CONVICÇÕES.
NESTE MOMENTO É CHEGADO A HORA DE TAMBEM EXCLUIR MÉDICOS QUE VIVEM COM MUITOS DILEMAS E POUCAS CONVICÇÕES. TEMOS DE SER REALISTA E ENTENDERMOS QUE A MEDICINA E OS MÉDICOS REALIZAM UM MERCADO PERSA EM MUITAS LOCALIDADES.

Anônimo disse...

O problema que está a saúde pública de JF é problemática..
Os médicos Fezendo greve, o Ministério público querendo mostrar para o Custódio quem manda por aqui..no caso AMAC( NOME sugestivo: ASSOCIAÇÃO MUNICIPAL DE APOIO A CORRUPÇÃO)..
O CASO É O SEGUINTE : OS MÉDICOS DO PROGRAMA " SAUDE DA FAMÍLIA" ESTÃO VINCULADOS À AMAC , COMO TAMBÉM OS AGENTES COMUNITÁRIOS DE SAÚDE.. E DEVE ESPERAR RESOLVER O CASO DO IMPASSE SOBRE A AMAC, MAS SE ESSES PROFISSIONAIS NÃO FORAM TRASFERIDOS PELA PREFEITURA, O programa"SAÚDE DA FAMÍLIA" NÃO TEM CONDIÇÕES DE SER AMPLIADO...E A´LÉM DO MAIS ESSES PROFISSIONAIS NÃO PODEM SER PREJUDICADOS PELAS ATRAPALHADAS POLÍTICAS NOS ULTIMOS 25 ANOS....

jorge disse...

Para o Sr.anônimo que falou, através dos seus "cálculos", que os médicos ganham muito,é importante que ele saiba que essa paralização não é apenas uma luta por salários dignos,mas, tb, por condições de trabalho para que eu,vc e toda a população, possamos ser trtados de forma digna, para que nas unidades e nos hospitais não falte algodão, e até remédio para dor.
Talvez o Sr.anônimo não precise usar o HPS,mas o meu irmão precisou usar pq tinha tido um grande corte no pé, que infeccionou e ele quase perdeu o pé. Ao ser internado, com muita dor no HPS, eles alegaram que o remédio para dor tinha acabado e nós, da família, tivemos que providenciar.Esse é o serviço de saúde pública de Juiz de Fora.

Anônimo disse...

A MEDICINA NO BRASIL É MUITO PARECIDO COM O QUE OCORREU COM O JORNALISMO RECENTEMENTE. A PROFISSÃO DEVERIA SER REGULARIZADA, POIS EXISTEM MÉDICOS SAINDO PELO LADRÃO E COM PÉSSIMA FORMAÇÃO PROFISSIONAL E INTELECTUAL.
OS MÉDICOS DISPUTAM FUNÇÕES COM ENFERMEIROS E OUTRAS ATIVIDADES EXIGINDO SALARIOS NÃO CONDIZENTE COM A CONTRIBUIÇÃO DADA.

OS MEDICOS DESEJAM ELITIZAR ALGO NÃO ELITIZAVEL, QUE É A ATUA~ÇÃO EM ATIVIDADES QUE NÃO NECESSITAM DE MEDICOS, POIS UM SIMPLES ENFERMEIRO PODE OCUPAR DE MUITAS ATIVIDADES COM UM GASTO MENOR.

rockxixe disse...

Como é que pode um prefeito de uma cidade onde os médicos que atendem o povo não tem condições boas de trabalho e paralisam para fazer greve,parando com um serviço que é fundamental pra toda cidade, deitar a cabeça no travesseiro e conseguir dormir em paz eim???
nem se passou um ano de governo do mensaleiro e até hoje só acontece isso,greve,paralisação,protesto....
ta na hora de juntar esse povo e tirar esse falastrão do poder né não?!

DR GERMANO disse...

NUNCA SE CONSEGUIU UMA MOBILIZAÇÃO TÃO ORGANIZADA DA CLASSE MEDICA,UMA DEMONSTRAÇÃO DE MATURIDADE POLITICA DO DR GILSOM SALOMÃO,E DE PLENA INSIGNIFICANCIA DA DRA EUNICE ANTA DO PIAU,MARIONETE DE PESTANA E ANTONIO JORGE.VEM SE CONSOLIDANDO COMO UM EXEMPLO DO QUE A POLITICAGEM PODE FAZER NO SERVIÇO PUBLICO.

MARTA PASCHOALINE disse...

UM GOVERNO CUJO O MACHO E O VITINHO VITORIA VALVERDE TA FADADO AO INSUCESSO.O CUSTODIO SO QUER SABER DE PROPINA.

Anônimo disse...

Até quando????


Um motorista do Senado ganha mais para dirigir um automóvel do que um oficial da Marinha para pilotar uma fragata !

Um ascensorista da Câmara Federal ganha mais para servir os elevadores da casa, do que um oficial da Força Aérea que pilota um Mirage.

Um diretor que é responsável pela garagem do Senado ganha mais que um oficial-general do Exército que comanda um regimento de blindados.

Um diretor sem diretoria do Senado, cujo título é só para justificar o salário, ganha o dobro de um professor universitário federal concursado , com mestrado, doutorado e prestígio internacional.

Um assessor de 3º nível de um deputado, que também tem esse título para justificar seus ganhos, mas que não passa de um "aspone" ou um mero estafeta de correspondências, ganha mais que um cientista-pesquisador da Fundação Instituto Oswaldo Cruz, com muitos anos de formado, que dedica o seu tempo buscando curas e vacinas para salvar vidas.

PRECISAMOS URGENTEMENTE DE UM CHOQUE DE MORALIDADE, NOS TRÊS PODERES DA REPÚBLICA , ESTADOS E MUNICÍPIOS, ACABANDO COM OS OPORTUNISMOS E CABIDES DE EMPREGO.

OS RESULTADOS NÃO JUSTIFICAM O ATUAL NÚMERO DE SENADORES, DEPUTADOS FEDERAIS, ESTADUAIS E VEREADORES.

TEMOS QUE DAR FIM A ESSES "CURRAIS" ELEITORAIS, QUE TRANSFORMARAM O BRASIL NUMA OLIGARQUIA SEM ESCRUPULOS, ONDE OS NEGÓCIOS PÚBLICOS SÃO GERIDOS PELA " BRASILIENSE COSA NOSTRA ".

O PAÍS DO FUTURO JAMAIS CHEGARÁ A ELE SEM QUE HAJA RESPONSABILIDADE SOCIAL E COM OS GASTOS PÚBLICOS.

JÁ PERDEMOS A CAPACIDADE DE NOS INDIGNARMOS. PORÉM, O PIOR É ACEITARMOS ESSAS COISAS, COMO SE TIVESSE QUE SER ASSIM MESMO, OU QUE NADA TEM MAIS JEITO.



VALE A PENA TENTAR.



PARTICIPE DESTE ATO DE REPULSA . ..REPASSE ...... NÃO SEJA OMISSO. NA ÉPOCA DO COLLOR A IMPRENSA SE MOVIMENTOU E DEU NO QUE DEU, HOJE A IMPRENSA É REFEM DO GOVERNO, POIS ESTÁ PENDURADA EM DÍVIDAS DE IMPOSTOS E NÃO PODE REPETIR A DOSE.