quinta-feira, 25 de fevereiro de 2010

A LIBERDADE NA AMÉRICA LATINA

Em Cuba, fazer greve de fome em protesto contra o regime, acaba em morte, como aconteceu com o dissidente Orlando Zapata, falecido ontem , dia em que Lula visitou Fidel. Até mesmo Ir ao velório, dá cadeia.

Na Venezuela, criticar o governo de Chavez, dá cadeia, fechamento de canais de televisão, e severas restrições à liberdade de expressão, com perseguição a jornalistas e opositores. Tudo isso, lógico, dentro da "legalidade", com manipulação e conivência do judiciário.

O Brasil não se manifesta.

Lula, quando líder sindical, fez greve de fome. Hoje, critica quem faz.

Tristes Trópicos.

40 comentários:

Anônimo disse...

Este é o Luiz Inácio... e agora quer nos empurrar a Dilma junto com o Zé Dirceu, o Delúbio, a turma do mensalão toda de novo, não vai conseguir!!

luiz penna disse...

Precisamos repensar o futuro da região de uma maneira articulada é inteligente, sem os vícios políticos que nos afastaram do crescimento humano.

O meu interesse pela questão ambiental começou na década de 80, século 20, quando trabalhava na rádio Castelo Branco FM, em Divinópolis, onde tive o privilégio de estudar com Flávio Flora, hoje um dos maiores nomes da intelectualidade mineira, que conhece o tema ambiental com profundidade.

No jornalismo impresso atuo há 30 anos. Comecei como cronista e ensaísta no jornal Cidade de Barbacena, depois como repórter, fotógrafo, diagramador, redator chefe e editor em vários jornais (Folha de Lagoa Dourada; Folha de Santos Dumont; Folha de Rio Preto; Folha de São Vicente de Minas; Folha de Lima Duarte).

Em 1998 assumi o cargo de editor chefe do jornal Correio da Serra em Barbacena até o final de 2002; em 2003, fui para Juiz de Fora para dirigir o jornal Correio Mineiro (que circulou durante três anos nas regiões da Zona da Mata e Vertentes);em 2006, recebi o convite para assumir a secretária de comunicação da prefeitura de Barbacena; em 2007, comandei o jornal Correio do Paraibuna, em Juiz de Fora; em 2009, fui convidado para dirigir novamente o jornal Correio da Serra, em Barbacena.

No rádio, as minhas atuações foram como locutor, produtor e diretor. Durante um período fiz alguns programas independentes. Um deles se chamava ZOOM, que veiculou na rádio Sucesso FM no início da década de 90, que apresentava temas do cotidiano: amor, preconceito, corrupção, loucura, meio ambiente e vários assuntos. A poeta Adélia Prado, o chargista Ziraldo, o cantor João Bosco e mais de mil pessoas, foram os entrevistados do ZOOM.
Como videomaker produzi quatro documentários: “Que país é este?”, 1990; “Movimento Terrestre”, 1991; “Lugar Nenhum”, 1992; e a história do artista plástico italiano Benine, 1993. Todos esses trabalhos tiveram uma ótima recepção por parte do público.

O que teve mais destaque foi o documentário “Movimento Terrestre”[ele foi visto na França, Bruxelas e Canadá], selecionado para representar Minas Gerais na Eco-92, no Rio de Janeiro, entre os mais de cem títulos vindos de várias partes da França e do Brasil.

Rodado e montado inteiramente usando imagens das ruas de Barbacena e das belas paisagens da Serra de Ibitipoca, “Movimento Terrestre” foge das tendências mais voltadas para o cientificismo que predomina nas produções francesas, mas consegue expor com muita clareza quais são os principais problemas ambientais que o homem terá que enfrentar. O corpo de jurados foi composto por Nelson Pereira dos Santos, Ana Magalhães, Grande Otelo, jornalistas e cineastas franceses.


O meu interesse por projetos gráficos começou na minha adolescência, quando fiz parte da Associação Cultural de Santos Dumont como diretor de eventos ao lado de grandes nomes das artes plásticas: Afonso Celso (professor da UFJF); César Brandão; Walter Sebastião (editor de cultura do jornal Estado de Minas); Patrícia Borges; Cleyre Ramos (secretário de cultura de Santos Dumont) e do fotógrafo e escritor Gilberto Germano. Na ocasião, eu também fui produtor e ator do teatro da Associação.

Em 2005, produzi 26 quadros [poesia visual] que foram expostos em Barbacena, Santos Dumont, Juiz de Fora e São João Nepomuceno. O tema desse trabalho se chama o “O Corpo e a palavra”.

Na literatura, que também teve início na adolescência, eu escrevi o livro “Mentes Insanas”, em 2006, que reúne contos que mostram aspectos interessantes do ser humano.

Como atualmente estudo direito e tenho história na vida estudantil e política [estive ao lado de Luiz Dulci na década de 80, quando era deputado federal pelo PT], apresento o meu nome para concorrer a deputado federal pelo PV em Juiz de Fora. Sempre fui um idealista e quero fortalecer trabalhar com projetos realmente consistentes.

Agradeço pela atenção.
Um grande abraço.

Luiz Penna

Anônimo disse...

Estava lendo a reportagem no JFHOJE sobre o adiamento,mais uma vez,do inicio das obras da rodovia que dara acesso ao aeroporto regional.Um engenheiro e o MP contestam a realização da obra,por causa da represa.Juiz de Fora,alem da incopetencia absurda que e obrigada a conviver com seus prefeitos e vereadores,tem contra a cidade pessoas que acham que JF deveria continuar sendo uma pequena e pacata cidade do interior.So que essas pessoas esquecem que em termos de população a cidade não para de crescer,a cada ano mais e mais gente vem morar em JF em busca de novas oportunidades.O que vai acontecer?Daqui a pouco tempo JF vai ter varias favelas espalhadas pela cidade,um indice de criminalidade jamais visto por aqui,um numero enorme de desempregados,um sistema de saude totalmente ineficaz,tudo porque uma senhora de Uba e um engenheiro de JF,acham que uma estrada que pode alavancar de vez o desenvolvimento,a criação de empregos,e a geração de impostos para cidade,pode afetar a represa.Esse meio ambiente e igual ao direitos humanos,e lindo na teoria.Mas na pratica atrapalha e prejudica milhares de pessoas.E mais uma vez a cidade de JF e sua população fica para tras.Enquanto isso Uberlandia,Governador Valadares e a propia Uba,que vai ganhar em breve seu aeroporto,estão em franco desenvolvimento.Ou os politicos de Juiz de Fora tomam partido da cidade e realmente defendam os interesses daqui,ou JF ficara sempre para tras.Acorda JF.

Anônimo disse...

A grande mérito do povo brasileiro em relação ao Lula é não leva-lo a sério.

Sabemos que o Lula governou bem o legado do FHC e nada mais. Sua candidata a Dilma levará uma surra inesquecivel.

Sobre as opiniões dubias do Lula Corintiano, em Hondura diferente de Cuba, digo que não deveriamos esperar nenhuma posição coerente do Lulinha, pois mordido pelo encanto do poder está sendo muito mal visto internacionalmente, no fim de seu goberno.

Posições Brasileiras sobre Cuba e Irã são mostras de nosso atraso, e da falta de competencia e preparo do Lula.

Anônimo disse...

Você também governa com mão-de-ferro, não seja hipócrita. Aqui também morre um monte mas de fome, por causa da ganância de alguns, que como você Omar, tem muita grana, por este fenômeno falta para outros.
Obama continua matando no Iraque.
Omar você é tucano. Só não descobriu ainda.

Justo disse...

Obviamente que a grande mídia não sabe o que Lula foi fazer em Cuba. E obviamente que o governo brasileiro não vai divulgar a pauta de verdade, muito menos os governos cubano e o norte-americano. Mesmo que a mídia soubesse a verdade, não iria divulgar.

Eu também tenho meu guru em Brasília. E ele me informou que o Brasil, por intermédio de Lula, etá tentando negociar o fim do embargo econômico a Cuba. Em contrapartida, Cuba deverá promover inclusive a abertura política no país.

A "senha" para você entender tal negociação está no próprio cronograma das visitas. Lula está em Cuba e no dia 03 de março receberá a visita da Secretária de Estado dos EUA Hillary Clinton. Com certeza, nas conversas reservadas, não tratarão apenas do fim do picles de pepino do Big Mac ou da qualidade dos charutos cubanos que Bill usou para "brincar" com Mônica Lewinsky.

Anônimo disse...

Para o anônimo (terceiro comentário): dê uma olhada no traçado proposto cortando o manancial da Represa praticamente ao meio e se conseguir achar alguma explicação lógica para isto por favor nos diga. Veja no mapa uma alternativa proposta pelo Prof. Cezar Barra (Faculdade de Engenharia da UFJF). Pode baixar o arquivo com o mapa em

http://www.4shared.com/dir/2029364/df3bfa86/sharing.html

Anônimo disse...

Raul Castro admitiu hoje - pela primeira vez - que não há liberdade de opinião em Cuba. Se você quiser ver como isto funciona é só dar uma olhada no único jornal do país que é controlado pelo governo, claro. Ninguém aguenta ler uma porcariada desta (lá em Cuba só a turma do Fidel `lê, o resto...)

http://www.granma.cu/

Lula, Dilma, Zé Dirceu, Delúbio et caterva andam a fim de montar um controle do governo sindicalista-lulista sobre a mídia; se ela for eleita e se conseguir isto teremos um monte de Granma pelo país inteiro.

Anônimo disse...

A ditadura do golpe de 64, de extrema direita dos militares no Brasil, matou quem discordava do sistema de governo militar, perseguiu pessoas quando pensavam que a ditadura militar deveria acabar, prendeu, violou direitos humanos, sepultou milhares de pessoas em valas cladestinas como indigentes, torturou nos calabouços dos órgãos de informação, instalou a censura em todo país, inclusive nas salas de aula, nas salas de teatro, proibiu circulação de obras literárias das quais não aprovam nas escolas, universidades e bibliotecas, perseguiu jornalistas, matou jornalistas.
Os marajás militares da república de ditadura tinham a disposição os chamados carros chapa branca, tinham direito a passagens aéreas para partes do Brasil e exterior, estensivos a família e amigos da ditadura, acesso as melhores salas educacionais e diplomas.
Enquanto formação governamental, apoiavam um Congresso cretino, usurpador, fisiologista, criminoso, na grande maioria calados diante das bárbaridades empregadas pelos militares no país. Nos Ministérios haviam civis ou militares apadrinhados com a corrupção das fardas. Eram aprovadas obras faraônicas que nunca se concluiram, ou então havia desvios considerados por superfaturamento de grandes obras públicas. Tivemos o caso nacional do Ministro que era contrabandista internacional. Qualquer pessoa que tivesse aproximidade por força de ocupação de cargo público a Esplanada dos Ministérios sabia disso, não havia tanto segredo sobre essa prática.
Lula como Estadista foi em visita oficial a um país, Cuba. Não deveria de forma alguma ultrapassar os meandros da diplomacia. Seu discurso foi cabível e sincero como Estadista. E se um Estadista viesse aqui no Brasil e interferisse no julgamento do político preso pela Polícia Federal Arruda. Temos que observar o espaço da soberania.
Esse discurso de que a américa latina está caminhando para um regime mais fechado, o problema é da elite que gerou miséria, pobreza e falta de educação ao povo em geral desses países.
Como um bando de minoria milionária ou bilionária quer segurar as rédeas de um país? Comendo caviar, embebedando-se com champanhe francesa, e vodga Russa? Se a ganância não fosse tão extrema poderíamos pensar em outros modelos. Mas como suportar que pessoa tenha a seu bel prazer 10 ou 20 propriedades e o trabalhador não tenha um teto para cobrir a cabeça. Um mínimo de humanidade e divisão justa das riqueza evitaria muitas coisas que não se há de deter.
Calem a boca quando falar os ricos, milionários, bilionários, que muitas das vezes construiram suas riquezas subtraindo os cofres públicos. Ou querem nomes e fórmulas, datas, valores de emprestimos, pagamentos de devolução, e lucros obtidos no ar?

Eurico Moura disse...

OBRA da RODOVIA que ligara AEROPORTO REGIONAL de RIO NOVO e GOIANÁ a juiz de fora, IMPRESSIONANTE!
Na matéria do JFHoje, alguém diz que um mes é pouco para discutir o assunto da passagem da mesma, junto à represa.
EU TAMBEM ACHO, AFINAL A NOVELA DESSE FAMIGERADO AEROPORTO SÓ TEM 10 ANOS. O que é um mês?!
Impressionante como qualquer coisa que se queira fazer em JF, esbarre em problemas ambientais. Creio ser a cidade mais ECOLÓGICA de Minas ou quiça, do Brasil.
Eu, acho a mais TRAVADA.
Ora, que comecem então pelo lado do aeroporto, até lá, se resolve, como entrar em JF. Pode até seu traçado, ir primeiro ao Rio, depois é só seguir pela 040.
Meu Deus, será que esse BANDO de INCOMPETENTES, envolvidos nessa NOVELA, não encontram um CAMINHO para não PASSAR PERTO DESSA BENDITA REPRESA? Táaaaa loco sô! É SEMPRE A MESMA COISA!.....
JAMAIS IMAGINEI ALGUM DIA, assistir TAMANHA INCOMPETENCIA E FALTA DE INTELIGENCIA, DESINTERESSE DE PESSOAS LIGADAS A JF e região, POBRE CIDADE, QUANTA MEDIOCRIDADE, FALTA DE VISÃO e EMPREENDEDORISMO e por aí afora......
Penso daqui, o que ITAMAR FRANCO, teria a dizer. FRANCAMENTE, ACHO QUE NADA. Taí, um homem que tive admiração, hoje, DEFINITIVAMENTE, NÃO VOTARIA NELE.
Seria o momento mais do que nunca, dele tomar uma ATITUDE, POSIÇÃO pelo que representou seu nome, mas COM CERTEZA, SEU TEMPO, JA SE FOI e creio, seu peso, diante da circunstancia, deve ser praticamente o mesmo de um desses LIMITADOS vereadores ou presidente dessa Câmara de Gas.
Hoje, temos NOMES muito mais COMPETENTES e ATUANTES na politica local, BEJANI e seus cupinchas, CUSTODIO e sua troupe, JULIO, e todo seu orgulho e honra em apoiar bejani, essa turminha de sempre que entra e sai e nao faz POOOORRA nenhuma por essa cidade, um BANDO.
É retrato de um povo, que coloca esses tipos no poder da cidade.
Gente que diz, ser a nova avenida em São Pedro, uma via que irá dividir o bairro.
Causa náusea e o NOTICIARIO sobre a CIDADE, é de ENLOUQUECER!
SIMPLESMENTE IRRITANTE, verdadeira TORTURA CHINESA esse DIA a DIA da capital da sonolência e mesmice.
VERDADEIRO DESASTRE AMBIENTAL

Anônimo disse...

Não acredito que, quem tenha feito esta postagem, seja o Omar.

Anônimo disse...

JA VIU OMAR OS MENSALEIROS DO PSDB QUE FORAM DENUNCIADOS ? POR QUE O CUSTÓDIO ESCAPOU.

Anônimo disse...

http://g1.globo.com/Noticias/Politica/0,,MUL1505426-5601,00-JUSTICA+ACEITA+DENUNCIA+CONTRA+SUSPEITOS+DO+MENSALAO+MINEIRO.html

SILVA JÚNIOR disse...

Olá Omar Peres.

Ao tomar conhecimento de sua coluna no jornal JF HOJE, de Juiz de Fora , tive a grata satisfação em ver publicado, dentro de sua coluna, uma menção ao meu trabalho. Confesso que não aprecio a mídia escrita. Sou jornalista e sempre trabalhei em TV e, em minha profissão, sempre fui reconhecido pela seriedade e instinto jornalístico, sentidos que considero natos. Mas diante do que venho assistindo em minha cidade, não me contive e passei a escrever sobre algumas mazelas que estão acontecendo.

Lamentavelmente não o conheço mas gostaria de antemão parabenizá-lo pela sua coluna no jornal e acima de tudo pela coragem em falar de temas espinhosos. Jornalistas de verdade precisam, acima de tudo, de compromisso com o que pensam e ter, aliado o dom, muita coragem.
Obrigado pela lembrança do meu blog e conte comigo para divulgação de sua coluna.

Abraços,

Silva Júnior
Jornalista

Anônimo disse...

Haja Lexotan... ainda tem mais gente para ser denunciada

25/02/2010 - “Mensalão mineiro”: denúncia aceita

A juíza Neide da Silva Martins, titular da 9ª Vara Criminal de Belo Horizonte, recebeu parcialmente a denúncia para que os acusados do caso que ficou conhecido como “mensalão mineiro” respondam por crimes de peculato e lavagem de dinheiro. Os fatos narrados na denúncia teriam acontecido durante a campanha de Eduardo Azeredo ao Governo de Minas Gerais, em 1998.

O processo contra Eduardo Azeredo tramitará no Supremo Tribunal Federal (STF), em virtude da prerrogativa de função. Passam a responder pelos crimes de peculato e lavagem de dinheiro na Justiça Estadual, na 9ª Vara Criminal, 11 dos 14 acusados: Walfrido Silvino Mares Guia Neto, Cláudio Mourão da Silveira, Clésio Soares de Andrade, Marcos Valério Fernandes de Souza, Ramon Hollerbach Cardoso, Cristiano de Melo Paz, Eduardo Pereira Guedes Neto, Fernando Moreira Soares, Lauro Wilson de Lima Filho, Renato Caporali Cordeiro e José Afonso Bicalho Beltrão da Silva. A magistrada determinou a citação de todos.

A juíza deixou de receber a denúncia contra apenas três acusados restantes: Sylvio Romero, Eduardo Mudim e Jair Alonso de Oliveira. Em seu despacho, a juíza Neide Martins, acolhendo parecer do Ministério Público, afirmou não haver “elementos suficientes para sustentar a imputação a eles formulada”.

Em maio de 2009, o relator do processo no STF, ministro Joaquim Barbosa, ordenou o desmembramento do processo, determinando que todos, exceto Eduardo Azeredo, respondessem aos crimes na Justiça Federal de 1ª Instância.

Ocorre que, de acordo com a Constituição Federal, os crimes descritos na denúncia não são da competência da Justiça Federal, o que fez com que aquele juízo declinasse da competência, remetendo os autos para a Justiça Estadual.

Assessoria de Comunicação Institucional - Ascom
Fórum Lafayette
(31) 3330-2123
ascomfor@tjmg.jus.br
0024.09.681.796-0

MC disse...

Sou mais o Custódio. Honesto, competente e sabe administração pública como ninguém.

Anônimo disse...

Para os petistas, a “concessão ao Mal” está em receber “o presidente dos EUA ou o chanceler de Israel”. Já a visita de Mahmoud Ahmadinejad certamente honra o Brasil.

Até parece que é sério disse...

alo alo Luis penna:

Não enfia a mão no bolso, pra ver se vc vai ter mil votos.

Devemos votar em vc pelo belo curriculum?
Tá dificil!

Mas vá lá, quem sabe com vc os caras do PV sejam honestos, pois aquilo lá é um poço de trairas, e tem umas bigodudas, outras feiticeiras, e um chefe venal e desonesto.

Tenta a sorte depois vc me fala.

Anônimo disse...

FHC VAI FAZER GOL CONTRA!

1. FHC é um dos personagens políticos mais importantes desta eleição, queira ou não. Portanto, deve cuidar muito dos próprios passos. Agora, num estilo holandês de ver a vida, decidiu ser o âncora de um filme-documentário propondo que o consumo de drogas, com a maconha como abre alas, corra livre de constrangimento.

2. Uma questão polêmica, de questionável efetividade, dada a rede informal de micro-redistribuidodes/consumidores de droga existente.

3. Mas uma coisa não é polêmica. 85% das pessoas são contra, sendo que entre os mais pobres 94%. Se não bastasse a "populistalização" de Lula entre os mais pobres, se entrar este documentário antes das eleições, terá o efeito que o filme dele não conseguiu: abalar a população, e especialmente os mais pobres.

4. Que FHC reflita bem, que ele está no Brasil e que sua atuação no clube das personalidades mundiais acima do bem e do mal se aplica em fóruns sofisticados, mas não se aplica no Brasil, em especial por veiculação de massa. Rapidamente os momentos mais contundentes serão recortados e cairão em todas as redes de internet, com a chamada que se imagina. Em 2010, isso seria um desastre.

fonte: Blog de César Maia

Anônimo disse...

Meu Candidato Omar,

Cartão Amarelo...

CADÊ A FOTO DO PUCHADINHO DO MENSALEIRO, COM O VALOR DO IPTU?

TÔ CURIOSO....VOCÊ PROMETEU...

Anônimo disse...

Acabei de passar pela rua do quartel em santa terezinha, aquela rua da candido tostes, e presenciei policiais militares capinando a rua, que vergonha para nosso prefeito, ao invés dos policiais estarem cuidando da segurança da nossa cidade estavam CAPINANDO. Será que o pessoal da demlurb estavam patrulhando a cidade?

Anônimo disse...

RÉU

O SENHOR AZEREDO, AQUELE QUE DEU DINHEIRO DO MENSALÃO PARA O CUSTÓDIO AGORA É RÉU. SE CUIDA CUSTÓDIO, COMEÇOU A FECHAR O CERCO, E QUALQUER TUCANO ACUADO ABRE O BICO.

Anônimo disse...

na câmara mirim os menores podem trabalhar a partir dos 12 anos, nos correios a partir dos 14 anos, e na minha pizzaria meu filho de 14 não pode me ajudar porque a lei não permite. EM TEMPO: VENDER DROGA TAMBÉM PODE.

Anônimo disse...

Meu Deus estou ancioso para que a lei da ficha limpa passe no congresso, já pensaram quantos deputados, prefeitos, vereadores, senadores não vão poder se candidatar? e se a lei for retroativa quantos vão dançar? vai sobrar cadeiras em todos os setores.

Anônimo disse...

ESSA RODOVIA NÃO PODE PASSAR NA CABEÇEIRA DA REPRESA ONDE O MANANCIAL DE ÁGUA PARA CONSUMO HUMANO FICARÁ PREJUDICADO. GEOGRAFICAMENTE TEM OUTRAS ALTERNANTIVAS É SÓ QUERER.

Anônimo disse...

Moradores do bairro santa tereza tiveram depreciação do imóveis e valorização do iptu. Chame a pinóquio e ponham seus imóveis a venda para ela.

Anônimo disse...

PAULO ROGÉRIO DOS SANTOS

Com certeza ele deve estar incomodado lá em seu túmulo ao ver que a escola que leva seu nome está fechada até hoje, ele como bom professor que foi não aceitaria um descaso desse com os alunos.

Anônimo disse...

ESTIVE EM CUBA RECENTEMENTE E POR LÁ FIQUEI POR 30 DIAS.CONHECI TODOS OS CANTOS DA ILHA. O QUE VI ME DEIXOU ESTARRECIDO. CASAS EM RUÍNAS, POPULAÇÃO OPRIMIDA, POBRE E NECESSITANDO DE TUDO. NÃO CONSEGUI NO COMERCIO LOCAL COMPRAR PILHA PARA MINHA CÂMARA FOTOGRAFICA, NÃO EXISTE. CONSEGUI CLANDESTINAMENTE COM UM TURISTA ESPANHOL DENTRO DE UM HOTEL. NINGUÉM ME DEU NOTÍCIAS DE FIDEL. NINGUÉM SABE NADA SOBRE ELE, SUA SAÚDE, SE ESTÁ VIVO OU MORTO. AGORA VAI LÁ O PRESIDENTE DO BRASIL, QUE NÃO É MEU; E SE OMITE, ACHANDO QUE AQUILO LÁ É UMA BELEZA. ACHO QUE ELE QUERIA SER UM FIDEL OU UM CHAVEZ; SÓ QUE AQUI NO BRASIL ELE NÃO TERÁ VEZ. OS AMERICANOS NÃO DEIXAM. OS BRASILEIROS NÃO SEI. ESTOU REVOLTADO COM NOSSO POVO QUE NÃO TOMA NENHUMA ATITUDE. SOCORRO !!!!

Anônimo disse...

A nação brasileira (sua população) não tem moral para exigir nada a respeito de nenhum país do mundo, na medida em que concorda com a impunidade para os torturadores da Ditadura Militar implantada em 1964.

Naquela ocasião, presos políticos foram barbarmente torturados, muito até a morte, sem que qualquer um desses animais em forma humana tenha sido sequer julgado, nem condenados pelo menos pela opinião pública.

Enquanto a mancha da impunidade aos torturadores persistir na nossa história, temos que ficar calados diante de exemplos semelhantes.

Anônimo disse...

Ainda sobre a liberdade na América Latina, é bom também recordar os negros tempos da Operação Condor, quando ditadores de países do Cone Sul (Argentina, Brasil, Chile e Uruguai) uniram seus sangrentos serviços secretos para sequestrar e/ou assassinar opositores que se exilaram nos países vizinhos.

Teve até o caso do ex-Ministro chileno Orlando Letelier que foi assassinado a bomba nos EUA, quando então veio a público as sinistrar ações da Operação Condor.

No Brasil houve o sequestro de Lílian e Universindo Díaz, testemunhado por um jornalista gaúcho que transformou sua reportagem em livro.

Felizmente estamos vivendo uma era de ventos democráticos com quase todos os países da América Latina, exceto Cuba e Honduras, tendo eleito seus Presidentes em ELEIÇÕES LIVRES E DEMOCRÁTICAS.

Anônimo disse...

E se um liquido indigesto cair na represa e contamina-la, já pensaram nisso. Quantos ficarão se o liquido precioso em suas casas, e quantos anos a água voltará a ser potável. Progresso é valido mas com critérios para que mais tarde não se arrependam.

João Carlos S. Pereira disse...

Dentro do palpitante tema da liberdade na América Latina, nunca é demais recordar a tentativa de golpe que houve na Venezuela em 2002, contra o legítimo Presidente Hugo Chávez, liderada por Pedro Carmona, dono do principal canal de TV que se opunha ao Presidente Chávez.

É preciso, portanto, ficar de olho nas 11 famílias que dominam os meios de comunicação no Brasil e suas intrigas junto aos militares sempre prontos para golpear as instituições democráticas.

Anônimo disse...

Assim você chegará fácil a um milhão de acessos, mas não conte mais com os meus. Blog tem que ter atualização constante, se não for assim não é blog, é jornal que se lê num dia depois só no dia seguinte tem outro.

Anônimo disse...

AUDITORIA DO MINISTÉRIO DA SAÚDE CONFIRMA DESVIO DE RECURSOS DO SUS EM MG

Carta Capital - 26/02/2010

Remédios por juros

Leandro Fortes

Auditoria aponta que governos de SP, DF, MG e RS usaram recursos do SUS para fazer ajuste fiscal

Sem alarde e com um grupo reduzido de técnicos, coube a um pequeno e organizado órgão de terceiro escalão do Ministério da Saúde, o Departamento Nacional de Auditorias do Sistema Único de Saúde (Denasus), descobrir um recorrente crime cometido contra a saúde pública no Brasil. Em três dos mais desenvolvidos e ricos estados do País, São Paulo, Minas Gerais e Rio Grande do Sul, todos governados pelo PSDB, e no Distrito Federal, durante a gestão do DEM, os recursos do SUS têm sido aplicados, ao longo dos últimos quatro anos, no mercado financeiro.

A manobra serviu aparentemente para incrementar programas estaduais- de choques de gestão, como manda a cartilha liberal, e políticas de déficit zero, em detrimento do atendimento a uma população estimada em 74,8 milhões de habitantes. O Denasus listou ainda uma série de exemplos de desrespeito à Constituição Federal, a normas do Ministério da Saúde e de utilização ilegal de verbas do SUS em outras áreas de governo. Ao todo, o prejuízo gerado aos sistemas de saúde desses estados passa de 6,5 bilhões de reais, sem falar nas consequências para seus usuários, justamente os brasileiros mais pobres.
___________________________________
PS - Desde o início deste blog venho denunciando esta ação criminosa da SES-MG.

GERMANO PEROTTI COELHO disse...

ENQUANTO VOCE FILOSOFA OMAR,O CUSTODIO FICA A CADA DIA MAIS RICO,SO DAS EMPRESAS DE ONIBUS E DA QUEIROS GALVÃO SÃO 330 MIL REAIS,E AINDA POR CIMA ATESTA A INOCENCIA DO BEJANI,JA QUE A QUEIROS GALVÃO E AS EMPRESAS DE ONIBUS CONTINUAÕ AI É PORQUE É TUDO MENTIRA QUE DAVÃO PROPINA AO BEJANI,É O MELHOR ARGUMENTO DOS SEUS ADVOGADOS.QUANTO AO LEOPARDO E O MACAQUINHO,O LEOPARDO ESTA ENGORDANDO ELE PARA COMER,ACORDA OMAR,POLITICA NÃO É PARA SONHADORES.

germano disse...

presado dr Omar rogo por sua imparcialidade,mais tenho a declarar quanto ao deposito de lixo hospitalar de matias barbosa,ha uma ligacao direta do marcos pestana ed antonio jorge com o caso em tela sao eles os donos de verdade das empresas sao socios ocultos,a vera ganimi e testa de ferro,o pc do b vai apresentar a denuncia nna assembleia legislativa de minas esta semana,mostre sua imparcialidade publicando no nosso blog este furo de noticia,se duvidar e so checar.

Justo disse...

Ao anônimo que cobrou do Omar as fotos do palacete do prefeito desonesto (segundo o MP): calma! Tudo ao seu tempo!

Omar está certinho; está só esperando o momento oportuno para soltar as fotos do "casebre". Só para se ter uma idéia, o eleitor juiz-forano ficará embasbacado quando souber a procedência do piso da casa do mensaleiro que, com certeza, não foi comprado no ABC, Pavan, Mundial ou Casa Mattos (sem ironia). Porque só pode prestigiar o comércio da cidade quem é pobre como nós, mortais juiz-foranos.

As eleições serão no fim do ano e o vereador playboy, filho do mensaleiro, será candidato com os rios de dinheiro que o papai dele irá soltar.

Ainda, para impulsionar ainda mais a campanha do playboy, o prefeito vai esperar a proximidade das eleições para finalmente começar algumas obras prometidas na campanha eleitoral.

Daí o "genial" eleitor juiz-forano, ao ver os canteiros de obras pela cidade, estufará o beiço inferior e dirá: puxa, o "home" é bom mesmo! Prometeu e cumpriu! Vou votar no filho dele!

Então Omar, que não é bobo, sabedor que o eleitor tem memória curta, vai esperar para soltar a "bomba atômica" lá para perto das eleições.

Anônimo disse...

corroborando com o q foi dito pelo anonimo que postou sobre CUBA!!

Também estive em Cuba e o q trago de lá é a impressão de um país miserável, em ruínas, um povo sofrido, mal tratado e que sofre também de grande diferença social... uma Havana pobre, muito pobre e acabada em contraste com mansões e bairros de classe alta , hotéis para turistas estrangeiros de altissimo luxo em Varadero.... fiquei com muita pena daquele povo, que vem sofrendo na mão daquele ditador cruel que e Fidel Castro... de Cuba não trouxe nada, apenas na memória alguns lugares bonitos e muitos lugares feios e acabados... na mala nada trouxe, deixei todos os meus pertences lá, distribui o q levei entre funcionarios do hotel, vendedores na praia, motoristas de Vans e etc... pois eles não teem o que comprar, mendingam , pedem as coisas... é um povo que sofre!! de alegre só a música ainda!

Anônimo disse...

POis é tenho amigos estudando em Cuba, fazendo universidade lá, e nos meus endereços eletronicos recebo noticiais de Cuba. Melhor curso de medicina do mundo. O esporte e atividades promovedora da saúde é prioridade. Em Cuba é considerado crime não trabalhar. No Brasil falta emprego e as pessoas desesperadas na busca de oportunidade de trabalho são tidas pela elite, classe social mais abastada e pelos políticos dos partidos neoliberais como vagabundos. Injustiça! Se não há mercado de trabalho!
Lá não é incentivado uma pessoa ter 20 imóveis para morar enquanto uma família more debaixo da ponte.
Vergonha porque os neoliberais tornaram a moradia debaixo da ponte uma saída para miséria.
Meus amigos falam da limpeza que é Cuba, do excelente atendimento na saúde pública e só existe saúde pública por lá. Falam que todos tem um teto para cobrir as cabeças. Falam que bens materiais são escassos, porém apontam como responsabilidade disso, o fato do amplo embargo praticado pelos países mais ricos do mundo.
São intolerantes. Cuba tem direito de praticar a política que quer para seu povo. Para isso é uma Nação livre e independente. Com todas as dificuldades aplicadas como sansão A Cuba o povo cubano é feliz em sua imensa maioria. Lá em Cuba as pessoas podem sair a qualquer hora, pois não tem assalto, não são roubados. As casas podem ficar abertas e os moradores sair pelos arredores que ninguém entra na casa para roubar.
Os meus amigos que estudam em Cuba estão felizes e seus amigos da mesma idade cubanos são felizes. Sentem-se livres!

cansada .... disse...

Lendo os comentáios dos "amigos' blogueiros, descobri que tem uma tucanada que lê o blog do Omar e comenta... Há, há...