quinta-feira, 30 de dezembro de 2010

É HORA DE DIZER ADEUS. DE VERDADE. FINAL

Termino aqui uma linda história de quem quis participar da construção de uma sociedade mais justa em nosso país. Minha trilha para alcançar esse sonho foi Minas Gerais, onde nasci. Não fui criado em Minas, mas aqui estão minhas raízes. Talvez tenha errado o endereço que nunca morei...

Tentei dar, pelos caminhos da politica, minha contribuição. Perdi. Exclusivamente por não desejar o poder a qualquer custo. Poder não advém somente da vida pública. Isso, eu posso afirmar, por tudo o que já fiz em minha vida e, vou continuar fazendo. Sou um privilegiado, por ter tido forças , sozinho, em tudo o que construí.

Não fui ouvido pelo povo, o único motivo de minha luta. Sem mágoa, sem rancor. Somente uma constatação. Mas fiz o que quis fazer. Faria tudo novamente, sem mudar vírgulas. Não negocio princípios. De minha experiência politica, guardarei um só sentimento: a liberdade ! O grande e único sentido da vida.

O blog do Omar Peres, se despede. Eu me despeço agradecendo aos bons amigos que tenho em Minas, em Juiz de Fora e Leopoldina, de quem continuarei sendo amigo.

Para o adeus final, dedico dois "poemas": um escrito por Darcy Ribeiro, um dos maiores brasileiros de todos os tempos, que me foi enviado por um participante do blog. O outro, de autor desconhecido.

O primeiro reflete minha vida intelectual e politica.

O segundo, a minha alma. A alma de quem é livre e feliz.



Um forte abraço e um feliz 2011.



OMAR RESENDE PERES







Fracassei em tudo o que tentei na vida. Tentei alfabetizar as crianças brasileiras, não consegui.

Tentei salvar os índios, não consegui.

Tentei fazer uma universidade séria e fracassei.

Tentei fazer o Brasil desenvolver-se autonomamente e fracassei.

Mas os fracassos são minhas vitórias. Eu detestaria estar no lugar de quem me venceu.

DARCY RIBEIRO




AUTOR DESCONHECIDO

Contei meus anos e descobri que terei menos tempo para viver daqui para a frente do que já vivi até agora.

Tenho muito mais passado do que futuro.

Sinto-me como aquele menino que recebeu uma bacia de jabuticabas. As primeiras , ele chupou displicente, mas percebendo que faltam poucas, rói o caroço.

Já não tenho tempo para lidar com mediocridades.

Não quero estar em reuniões onde desfilam egos inflamados.

Inquieto-me com invejosos tentando destruir quem eles admiram, cobiçando seus lugares, talentos e sorte.

Já não tenho tempo para conversas intermináveis, para discutir assuntos inúteis sobre vidas alheias que nem fazem parte da minha.

Já não tenho tempo para administrar melindres de pessoas, que apesar da idade cronológica, são imaturos.

Detesto fazer acareação de desafetos que brigam pelo majestosos cargo " de secretário geral do coral. "

As pessoas não debatem conteúdos, apenas rótulos". Meu tempo tornou-se escasso para debater rótulos.

Quero a essência, minha alma tem pressa...

Sem muitas jabuticabas na bacia, quero viver ao lado de gente humana, muita humana; que sabe rir de seus tropeços, não se encanta com triunfos, não se considera eleita antes da hora, não foge de sua mortalidade.

Caminhar perto de coisas e pessoas de verdade.

O ESSENCIAL FAZ A VIDA VALER A PENA.

E PARA MIM, BASTA O ESSENCIAL !

21 comentários:

Guerreiro disse...

Omar, quem vai ser seu sucessor aqui no Blogg?? Sua saída é temporaria?? Você desistiu da vida política?? Você desistiu de lutar pelo povo de Juiz de Fora??

Carlão disse...

E uma pena perder um espaço como esse que é o Blog do Omar Peres.O Blog virou uma especie de uma mesa de bar virtual,onde varias pessoas,de diferentes idades,ideologia e principios se reuniam para discutir assuntos referentes a JF e a politica em geral.Respeito a decisão do Omar Peres em não querer continuar o blog,apesar de lamentar sua retirada.Como muitos aqui,sou um apaixonado por Juiz de Fora.Reconheço que a cidade de uns bons tempos para cá vem sendo muito mal administrada,fazendo com isso que a cidade e seu povo fique triste,desanimado.Mas não podemos desistir.E aqui que eu moro.E aqui que eu nasci.E aqui que crio meus filhos e é aqui que trabalho,pago mesu impostos.Então meu campo de luta e aqui.Pelo menos de minha parte,a cobrança por uma cidade melhor para todos vai continuar.Que não se iluda os maus filhos dessa terra.A luta contra vcs não vai terminar nunca.A não ser no dia que vcs sumirem daqui.

Rogério de Moraes disse...

Eu sou realmente um perdedor..

Perdi meu pai, muito cedo, antes mesmo de fazer 3 anos.
Perdi a opolência da infância dos meninos ricos.
Perdi o saco de ouvir os professores, mesmo sabendo que eles estavam certos, só por conta rebeldia juvenil.
Perdi a calma muitas vezes e usei palavras chulas e de baixo calão, só pra dar uma leve estocada nos esgrimistas adversários.
Perdi a paciência e partida pra porrada no sentido literal da palavra, inumeras vezes.
Perdi a linha e a compostura tantas vezes, que nem sei tudo que foi substância lícita, ilícita, legal, ilegal, que era proibido, que engordava ou que fazia mal.

Mas se tem uma coisa que eu nunca perdi, foi o senso de hombridade, e o peito de falar a minha verdade, de assumir atos, pensamentos e defeitos.
Essas coisas nasceram comigo e vão comigo até o fim.

Mas só pra contrariar, eu tambem ganhei e sou um vencedor.
Fui encaminhado por Deus a um lar simples, porém honesto e justo.
Estudei em bons colégios graças ao interesse por estudar.
Exerço a profissão que escolhi, por gôsto e amor, e devo
executa-la com algum talento pois senão, jamais teria recebido dois prêmios nacionais.
Casei com uma mulher maravilhosa, amiga e companheira, que adoçou minha vida com duas filhas que só me enchem de orgulho.

É, a bem da verdade eu ganhei sim.

Ganhei sobretudo a amizade de um homem que não se calou por covardia, mas apenas por decepção.
Essa mesma decepção que hoje, de certa forma, ainda amargura minha alma.
Eu ganhei um AMIGO:

OMAR RESENDE PERES

E quando e onde precisar, ele pode me chamar, que eu sou o primeiro a chegar, dando voadora.

Eurico Moura disse...

Omar, não sem antes...

"DAREI, NO ÚLTIMO DIA DO BLOG O NOME E ENDEREÇO DE QUEM É QUEM DOS PARTICIPANTES DO BLOG. O nome mais surpreendente é da "Fernanda Sues" ! Vocês não vão acreditar ! Aliás, achava melhor o personagem me procurar para pedir desculpas, pois caso contrário, vai ficar desmoralizado."

Eurico Moura disse...

BEM, ESSES DIAS, NÃO ESTOU NEM CONSEGUINDO ACESSAR MEU COMPUTADOR. E-MAILS,MSN ETC.

DE QUALQUER MODO, DEIXO AQUI AOS AUTÊNTICOS JUIZFORANOS, QUE VALORIZAM A CIDADE E POR ELA SÃO CAPAZES DE LUTAR, VOTOS DE UM FELIZ 2011.
LAMENTAVELMENTE, ENCERRA-SE AQUI UMA ETAPA DE ESPERANÇA.

O ÚLTIMO QUE SAIR, APAGUE A LUZ

euricomoura@terra.com.br

investindo disse...

Parabéns pela coragem! Valeu por tudo...

Eurico Moura disse...

EU ACHO QUE O POVO DE JUIZ DE FORA, ESTÁ MUITO SATISFEITO COM A SUA CIDADE. NÃO HÁ A MENOR NECESSIDADE DE ALGUM LUTAR PELO SEU POVO. UMA CIDADE LIMPA, MUITO BEM ADMINISTRADA, SEM ESCANDALOS, IPTU A ALTURA DA RENDA PER CAPITA DE SEU POVO, DINAMICA, TUDO FUNCIONA, CORRE DINHEIRO (dela), QUANDO CHOVE OS USUÁRIOS DE ONIBUS TOMAM BANHO NOS PONTOS DA RIO BRANCO E A BOA NOTICIA, JÁ EM 2011, AS EMPRESAS, DISTRIBUIRÃO SABONETES. LEGAL!
SÓ UMA RESSALVA A EMPRESA QUE FAZ A LINHA GRAMBERI... pelo amor de Deus, é GRANBERY! Não vamos assassinar a tradição e a cultura dessa cidade que parece, empobrecer literalmente.
ENCERRO TAMBEM.
FUI

Julio Sarchis disse...

Fecham-se as cortinas!
Os atores voltam para seus camarins!
A platéia sai com olhos rubros e umidos!
O criador da peça se cala!
Os personagens da peça, nas suas vidas reais, aplaudem o fechamento da cortina!
Soltam fogos de alegria na virada do ano e pela cortina que talvez nunca mais se abrirá!
Agora vão se reunir e demolir o teatro, e outros mais... todos que apresentarem peças que mostram a realidade ao povo serão demolidos!
O trator da corrupção é infálivel, ninguem os detem.
Vou colocar a cabeça em meu traveseiro e dormir!!
Será que os personagens sequer tem como dormir?

Adeus a todos, ou, que seja só um até breve!

Júlio sarchis

Leonardo Bastos disse...

Fazer o que.

Vida que segue

http://edificacoesjf.blogspot.com/

Abração

João disse...

Seria mais uma perda de Juiz de Fora para outros mercados mais poderosos?, como aconteceu com a base de apoio da zona franca de manaus para uberlandia?, o aeroporto inacabado? nossas industrias para outros estados? TV Panorama (em parte) para a rede Integração? corrupção de desvios de verbas (estas, as maiores perdas)
Lutas inglórias que o levaram deixar Juiz de Fora, afinal, como disseste, estava no endereço errado, qual será seu destino? o que será de seus negócios em JF? (Já não são tantos quanto antes fora mesmo...)
Felicidades em sua nova empreitada, que tenha melhor sucesso e aceitação de suas ideias em seu novo endereço, quem sabe mais certo que este até aqui.

santosaru disse...

um grande guerreiro, não foge a luta
volta omar peres

Aloízio Abreu disse...

Venho dizer meu Adeus, ou será meu até logo? Espero que seja apenas um ate breve, que a vida nos diga o resultado.
Feliz somos nos os autores dessa historia, onde teremos o prazer de um dia dizer eu acessei e fz um comentario no BLOG DO OMAR PERES.
Felicidades meu amigo "desconhecido", um forte abraço.
Aloízio Abreu

elymanoel disse...

a história sempre foi assim, com seus sonhadores vendo os sonhos cada vez mais distantes, mas precisamos continuar perseguindo o sonho, embora não te conheça pessoalmente, Omar, sei o quanto seria diferente uma cidade administrada por um sujeito idealista como você, mas antes disso, um cara de muita atitude e força pra mudar o destino das coisas, meu lance contigo é este, identificação. Quanto aos outros, são uns bananas, almofadas. Brizola é acusado de populista. Vi algumas pessoas dizerem que vc é populista. E daí? Vejo em você o maior trabalhista que tive notícia nesta cidade.
Mas acho sinceramente, que politicamente você não bateu legal. Cara, o problema da nossa cidade e do Brasil não é a corrupção. Isso é apenas consequencia. O que falta é uma idéia, um caminho. Assim, as pessoas caminham para qualquer lado.
O que falta é uma idéia de Brasil. Fazer as pessoas acreditarem que somos capazes, que temos um puta potencial econômico (riqueza) e uma herança bendita da nossa matriz portuguesa, que os espanhois não consguiram manter na outra parte desta América: unidade geopolítica, língua, cultura, agricultura, fronteira.... os portugueses nos deixaram um território invejável em uma unica unidade federativa. Isso foi muito fantástico.
Isso ainda é pouco explorado. Brizola entendeu, Darcy entendeu, por isso eram tão sedutores. Mas tinham a imprensa toda contra ele. Aqui a imprensa é sua. Então meu amigo o que falta é folclore: imaginação popular. A novela da sua globo te dá lucro, mas te tira o próprio sonho.

Pátria Livre!!!!

fedoceo disse...

Neste momento confesso que me fogem as palavras! Sei que muitos são aqueles que acessam o blog, mas, poucos foram aqueles que tiveram coragem para assinar o que escreveram. Hoje Juiz de Fora, vai dormir mais "feliz". Os atores políticos da mediocridade vão descansar em paz. Já que a voz que um dia se levantou parece que realmente vai se calar. Que pena! Mas nem todas as batalhas foram perdidas. Muitas mentes foram atingidas e despertaram para uma nova visão. Quero agradecer de publico a amizade e o respeito que sempre recebi de um empresário que com tanto poder sempre me recebeu em sua sala como igual! Quero agradecer de publico ao HOMEM que confiou em mim e me ajudou a tentar mudar a forma de fazer futebol em nossa região. Quero agradecer de publico, o HOMEM que sem medir esforços após uma conversa que relatei a ele que infelizmente o TUPI iria cair para a segunda divisão pois não tinha dinheiro para disputar a primeira e ele se levantou e disse: "isso não vai acontecer". Este HOMEM retirou + de 1,5 milhões de seu próprio bolso para investir em um time que seus "sócios" acabaram lhe pagando com a rejeição. Muitas foram às coisas que este HOMEM fez para minha terra natal. Mas não lhe restaram só as derrotas. Muitas foram as conquistas, pois deitar na cama e saber que combateu o bom combate, não tem preço.
OBRIGADO POR TUDO OMAR RESENDE PERES! A VIDA VAI CONTINUAR E OUTROS SONHOS RENACERÃO. FELIZ 2011 E FIQUE EM PAZ.
Um abraço de seu admirador e amigo Douglas Messias Fedóceo

Katia disse...

Prezado Sr. Omar,
Para que justça seja feita, o texto que não teve citação do autor é, na verdade, do genial Mário de Andrade e se intitula "O valioso tempo dos maduros".

Guerreiro disse...

GOSTARIA DE MANIFESTAR A MINHA INSATISFAÇÃO SOBRE OS BURACOS NAS RUAS , TEM MUITOS BURACOS E PARECE QUE QUANDO A EMPAV TAPA ALGUNS , FICA COM UM CERTO TEMPO QUEBRADIÇO , NÃO DURA NEM UM MÊS . PORQUE NÃO COLOCAR UM ASFALTO DE QUALIDADE ??? PAGAMOS IPVA , QUE UMA PARTE DESSE DINHEIRO É DIRECIONADO A PJF .

João disse...

Apesar do fim anunciado, muitos de nós continuamos a acessar o blog para ver os comentários finais, e tive uma ideia:
Já que realizou o encontro dos blogueiros quando era permitido anonimato, porque não realizar outro encontro, agora apenas com quem se identificou, o convite pode ser feito pelo email de identificação, a despesa é paga por cada membro de acordo com o consumo proprio, ficando o encontro como o motivo para nos conhecermos pessoalmente com identificações.

blog do jairo rangel disse...

pessoal se nosso querido omar esta parando dgo a frente do blog claro, pq não criarmos outro e Ele continua postando como participante e agente segue em frente com nossas discussões e ideias?

omar acho uma pena vc estar saindo agora, em um moento digo ano de muitas oportunidades de aparecer mais uma vez no cenario local, repense amigo, sou seu admirador e voluntariamente fizemos trabalhos a seu favor sem vc saber. até.

jairo rangel

Maria Aparecida disse...

Omar, esta mensagem é um Poema de Mario de Andrade e se chama " O Valiosa tempo dos Maduros " Que na verdade não são jabuticabas e sim cerejas... e é lindo.
Abraços

Cida

Nicácio disse...

è Omar vai ser uma pena o blog acabar,se eu fosse voce continuaria lutando pelo povo de JF,ve se o povo presta atenção no que voce fala denunciando o Poder

escritoramariaeli disse...

Oi, Omar!
Sou a sua amiga do Quitandinha, lembra?
Não desista da vida pública, não, moço! Você é muito jovem, ainda, e o Brasil precisa de você. Afie as garras e tente lutar em outro lugar. Que tal Petrópolis? A cidade precisa de gente como você.
Bjs.