terça-feira, 14 de dezembro de 2010

SOBRE A ELEIÇÃO DO NOVO PRESIDENTE DA CÂMARA

Não conheço o trabalho politico do Pastor Carlos, o que, a rigor, me impede de fazer uma analise, digamos, mais consistente, de sua atuação que o levou à Presidência da Câmara de Vereadores de Juiz de Fora.

Mas uma coisa é certa: o Pastor foi eleito, não somente pela vontade de Deus: foi eleito pela força politica do "Deus" que manda e, desmanda na maioria dos Vereadores de Juiz de Fora, o "apostolo das maldades", o sr. prefeito custódio antonio de mattos.

Alguns amigos vereadores me disseram que o candidato ideal para esse momento, seria o vereador José Laerte, do PSDB . Houve uma articulação nesse sentido, tanto que o vereador tucano se lançou candidato e conseguiu 7 votos. Mas sua candidatura serviu somente para marcar posição e, mandar recado para o prefeito...

O Dr. Laerte é um homem de bem, mesmo tendo votado, a pedido do Antonio Jorge e, do Marcos Pestana, a favor do indecente aumento de 70% no IPTU de 2009. Votou não só a favor dessa matéria contrária aos interesses do povo, mas em diversas outros importantes temas que, certamente, colocariam a honra (?) de custódio em jogo e, o seu mandato em risco.

Refiro-me, por exemplo à não instalação da CPI do lixo que contou com o voto do José Laerte a favor do prefeito, jogando seu voto para debaixo do tapete, para a lixeira da história, pois trata-se de um dos maiores escândalos da história do município de Juiz de Fora. Tudo isso, reitero, com as instruções do Antonio Jorge e Marcos Pestana, que o elegeram.

Votar contra essa investigação de corrupção, teria sido, segundo Antonio Jorge e José laerte, um ato de "fidelidade partidária" ! Não era, não ! À época, Pestana e Antonio Jorge consideravam , ou melhor, tinham absoluta confiança que receberiam o apoio do custódio para suas candidaturas à Câmara dos Deputados e, à Assembléia Legislativa. E porque, não, mais tarde, a eleição de José Laerte para a Presidência da Câmara ? Por isso, José Laerte votou a favor do aumento do IPTU e, pelo engavetamento da CPI do lixo. Custódio traiu aos três: não apoiou nenhum deles.

Por que então, custódio preferiu escolher um Pastor da Igreja Evangélica , em detrimento de um de seus correligionários, que repito, foi fiel ao prefeito e, o defendeu em votações fundamentais? A resposta é muito simples: custódio está fragilizado politicamente e, por esse motivo, não pode, em nenhuma hipótese permitir que as novas lideranças de seu partido ocupem qualquer espaço no quadro municipal.

José Laerte foi eleito com o apoio de qual grupo ? Do Marcos Pestana, um dos homens de confiança de Aécio Neves, provando seu prestigio ao conseguir nomear Antonio Jorge, seu sucessor na Secretaria de Saúde. Isso feriu de morte o prefeito e, consolidou a certeza que os dois não podem crescer dentro do PSDB municipal, absolutamente controlado por custódio.

Fora a antipatia reciproca, a frágil posição de avaliação do governo custódio na cidade , que atinge, hoje, 80% de rejeição, é mais um grande estimulante para a dupla Pestana/Antonio Jorge. Com toda a razão. A prova do desastre que representa a administração custódio, encontra lugar, na derrota do filho, na eleição que disputou para Deputado Estadual . Faltaram prestigio e capacidade de articulação para eleger Rodrigo Mattos, mesmo que tenha sobrado , na campanha, inacreditáveis somas de recursos, oriundos de empresas de lixo, e de trabalho de toda a máquina municipal que custódio soube tão bem aparelhar. Nem assim, conseguiu votos para eleger o filho.

Em outras palavras, a "mesa está posta para o banquete patrocinado pelo próprio custódio, que terá a presença, convidados, ou não, dos comensais Marcos Pestana e Antonio Jorge". Mesmo com custódio declarando, publicamente, que detesta o atual secretário de saúde do estado (inveja, pois sabe que o Antonio Jorge é muito mais preparado intelectualmente do que ele e, que agora, tem chances e, armas para enfrentá-lo), o prefeito tem de convidá-lo para sentar à mesa. É o poder.

Portanto, meus amigos, a eleição do Pastor Carlos, teve uma só intenção: impedir o avanço do grupo do Pestana sobre o PSDB.

E, nesse caso, para Presidente da Câmara, nada melhor que um Pastor, que reza sempre. Na mesma cartilha...

ps: vai muito mal, para não dizer beligerante, a relação do ex Deputado Marcello Siqueira, com o Antonio Jorge. O motivo da posição do Marcello Siqueira , de , sequer, não mais dirigir a palavra ao Secretário de Saúde do Governador Antonio Anastasia, já teria sido levado ao conhecimento do Senador Itamar Franco. Motivo do rompimento ? Vou contar amanhã. Por hoje, boa noite !

6 comentários:

Rogério de Moraes disse...

GLÓRIA GLÓRIA ALELUIA
GLÓRIA GLÓRIA ALELUIA
GLÓRIA GLÓRIA ALELUIA
GLÓRIA GLÓRIA ALELUIA
VENCENCENDO VEM JESUS

SERÁ?
SERÁ MESMO?
SERÁ QUE TODA ESSA CAMBADA QUE USA E ABUSA DO NOME DE JESUS, TEM MESMO ALGUMA RELAÇÃO COM ELE?
POLITICOS CORRUPTOS, FACÍNORAS ARREPENDIDOS(?), PASTORES AUTO NOMEADOS, BISPOS AUTO UNGIDOS E PRÁ TERMINAR O PAPA.
PAPA PRAS NEGA DELE, POR QUE PRA MIM UM HOMEM(?) QUE USA EM SUAS ROUPAS 1 kg DE FIO DE OURO, SÓ PODE FALAR EM NOME DO VIL METAL, JÁ QUE O PRIMEIRO ENSINAMENTO DE JESUS AOS SEUS DISCIPULOS FOI:
DÊEM TUDO QUE TEM AOS OUTROS E ME SIGAM...

O RESTO É SÓ CONVERSA FIADA.
OLHEM BEM PARA O
PASTOR CARLOS ALBERTO BEJANI.
QUE BELO EXEMPLO DE HOMEM, DE CARATER, DE SER HUMANO(?)
FAZ ATÉ ESCOLA...

SÓ MAIS UMA:
"NÃO USEIS EM VÃO O SANTO NOME DO SENHOR"

Carlão disse...

Sinal que o aumento dos 10% do IPTU vai ser aprovado.E o pior.Que nada vai mudar em nossa cidade.Essa administração do Custodio esta parecendo carnê de pagamento de carro.Custa a acabar.

Thiago Coelho disse...

Caro Omar...

É uma característica do tucano furar os olhos de sua presa....agora tucano furar olho de tucano....kkkkk

É lamentável ver que um bando de egoístas que além de fazerem da política um jogo de interesses próprios, recebem do eleitorado um voto de confiança.
Que sujeira heim Omar!
O pior é que, não somente em JF, eles jogam lama na cara do cidadão e ainda por cima aparecem "míseros vermes rastejantes" para "gritar" amém para eles.

Um abraço

Thiago Coelho

Gil disse...

Professor, boa tarde!

Será votado hoje na Câmara Municipal de Juiz de Fora, mais um reajuste do IPTU, linear, alíquota de 10%.

Cada vez mais, pobre Juiz de Fora.

Abraços
GIL

Vilma Valim disse...

Para ocupar um cargo tão inútil - no meu ponto de vista da atual legislatura - tanto faz ser apóstolo, pastor, bispo, rabino, agnóstico ou ateu. Qualquer um das quase 2 dúzias que lá estão, não fará nenhuma diferença. A mediocridade vai sempre prevalecer.

João disse...

Vejamos se voce está mesmo certo!!!
Se assim for, na votação do IPTU deste ano (2011) o dr Laerte tem a obrigação moral de votar contra a proposta do prefeito, (apesar de ser do mesmo partido) porque como foi visto, o prefeito não cumpriu nada que o trio pestana/laerte/antonio jorge aguardavam conforme voce afirma no post, então se o problema foi esse, ele, José Laerte, tem a chance de mostrar seu poder de articulação no partido, e deve votar contra mais um aumento abusivo do imposto e a redução do desconto para pagamento a vista.
PS:
Quando se referir ao "deus" prefeito dono do psdb de juiz de fora, por favor, use o "d" minusculo, porque o custodio está longe de merecer esta alcunha com a letra maiuscula, como deve ser utilizada para o verdadeiro e único Deus.