domingo, 21 de novembro de 2010

JUIZ DE FORA PRECISA SER REINVENTADA. UM PACTO PELA CIDADE - II

Quando Franco morreu, a Espanha vivia um momento complicado, com a monarquia e a democracia sendo restauradas . A politica parecia fazer o país viver uma nova guerra civil.

Por tantos décadas de ditadura franquista, a Espanha tinha se destacado de toda a Europa: era pobre e atrasada. Os espanhóis , precisavam reconstruir o país e, por isso, sentaram-se à mesa e, fizeram um pacto social de governabilidade, onde as diferenças politicas foram colocadas de lado, em prol do futuro da nação. Foi assinado, então, o "Pacto de Moncloa" , que conseguiu, em menos de 30 anos, fazer daquele país, uma bela Nação (certo que com a ajuda de todos os países da Europa).

Mas, sem o Pacto de Moncloa, a "Espanha não teria sido possível" . Teria continuado atrasada politicamente, pobre socialmente e, com certeza, não teria saído da posição de vigésima quinta economia do mundo, para disputar, hoje, com o Brasil (!), a posição de oitava maior economia do planeta !

Não estou supondo que poderíamos fazer um pacto dessa magnitude em Juiz de Fora. Estou dizendo que sociedades, em determinados momentos históricos, fazem pactos políticos e sociais que permitem a construção de uma nova sociedade e, porque não, de uma nova cidade.

O que estou sugerindo é que as principais lideranças sentem-se à mesa e, "reconstruam o futuro de Juiz de Fora", não mais permitindo que a cidade continue em seu processo de empobrecimento e, de decadência.

Um pacto com a participação de todos os segmentos da sociedade, estou certo, permitiria a "reinvenção da Manchester mineira", podendo se tornar, de fato "uma nova Juiz de Fora", com a construção , sim, de novo hospital, de asfaltamento de ruas etc. , mas muito mais do que esse pobre trivial , permitiria a construção de um futuro, onde um novo ciclo de desenvolvimento economico, atrelado à uma administração pública moderna, que desse transparência ao povo, dos impostos que paga, seriam os seus fundamentos.

Estou convicto que a construção de um pacto politico, com a realização de grandiosos projetos economicos, urbanísticos e culturais que reflitam a importância da cidade , faria de Juiz de Fora, uma das mais importantes metrópoles do Brasil, recebendo investimentos públicos e privados . A cidade se tornaria, novamente, uma referência nacional.

Utopia ? Pode ser. Mas não conheço ninguém que consiga materializar seus sonhos, sem sonhar...O ser humano realiza sonhando. Os que não sonham, dormem acordados...

Continua.

2 comentários:

Thiago disse...

Caro Omar...

Meu amigo, espero que assim como foi com a Espanha, após a morte do Francisco Franco ou com os EUA, pós crise de 29, ou com a Rússia antes da revolução bolchevique ou até mesmo com a Alemanha após o Tratado de Versalhes, cujas situações EXTREMAS de declínio econômico e social, que levaram à ascenção de Hitler e do Comunismo, não seja necessário ocorrer uma situação tão catastrófica para que a sociedade tome noção da nescessidade de uma profunda mudança das estruturas que venham direcionar a conquista do desenvolvimento.

No caso de Jf, ainda dá tempo.
Boa Vontade e Homens-bons, nós temos. Mas como levar as propostas deste pacto para as massas?
Pois é a "massa" que, neste caso, concretiza.

Um grande abraço

Thiago Coelho

Thiago disse...

Caro Omar...

São excelentes as tuas propostas, mas se não houver uma participação popular, até mesmo para pressionar o comitê para realizar tais propostas, pode ser que o resultado não seja o esperado.

Na mão desses caras!?
rsrsrsrs

Um abraço

Thiago Coelho