quinta-feira, 29 de janeiro de 2009

A falta que faz o trem

Na segunda metade da década de 50, animado pelas perspectivas da nascente indústria automobilística, o governo Juscelino cuidou de privilegiar as rodovias, pois logo os veículos de fabricação precisariam de piso asfaltado para rolar. Tanto as perspectivas como suas consequências se confirmaram, e o Brasil disso não haveria de queixar-se; ao contrário, o País se renovou e avançou, tanto que o presidente ficou celebrado como símbolo de espírito desenvolvimentista.

O que talvez tenha faltado a seus sucessores foi suficiente sensibilidade para saber que, consolidado o ingresso do Brasil no clube dos produtores de automotivos, era preciso voltar as mesmas atenções para o transporte ferroviário. A um país com as dimensões que temos não é concebível que se conceda o direito de fazer pouco caso do trem, como demonstram, sobejamente, a Europa e a Ásia, riscadas de trilhos em todas as direções. Entre os europeus, nem só os países imensos, mas os pequenos também não dispensam a ferrovia para o deslocamento de cargas e passageiros.

Fizemos mal em relegar a plano secundário, durante meio século, um sistema de transporte que, mais que as rodovias e as águas costeiras, poderia ter feito o Brasil avançar e progredir. Outro mérito teria sido a integração com o interior, realizando, em maiores dimensões, o que fez Brasília rumo ao Oeste.

Talvez para esse longo esquecimento tenha contribuído a insistência dos governos em tornar a ferrovia refém da estatização. Se, em alguns casos, ressalvadas as linhas estratégicas, a iniciativa privada tivesse sido chamada a participar, os recursos de comunicação seriam outros e a produção estaria em melhores níveis de excelência.


O.P.

17 comentários:

Marco Aurelio Seixas disse...

Omar
Estava esperando a definição do nome para o Museu para, então me dirigir a você.
Seu grupo incansavelmente exerce uma oposição ferrenha à Prefeitura.
Agora o jornalista Douglas, do seu grupo de comunicação, assume um cargo de alto escalão na Prefeitura.
Não estou conseguindo enxergar coerencia em sua postura.
Como criticar as escolhas do Prefeito em relação aos seus secretários agora ?
Como falar do cabide de empregos ?
Como falar do grupo deles ?
No grupo deles agora tem gente sua !!!!
Não seria o caso de exigir que o Douglas escolha entre fazer parte do time do prefeito ou do seu time ?
As duas coisas não combinam.
Começa a parecer que tudo aqui é marketing.
Começa a parecer que voce não se importa se um aliado seu agora é aliado deles...
Ou melhor aliado dos dois...
Muito estranho !!
Estranho mesmo.

Anônimo disse...

Em referencia ao Douglas Fazolato na Prefeitura ....
Com que razão voce vai publicar os posts que fazem alusão as opções sexuais dos secretários ???

Anônimo disse...

Voce vai pedir que o Douglas faça uma escolha ?
Ou acha que isso é assim mesmo ?
Se achar, é coisa pra Nelson Rodrigues nenhum botar defeito...
Traição e tudo bem ?

Anônimo disse...

Omar
Teve um cara que fez esta postagem aqui:
"Colunista social é o cara que nunca fêz nada, e ganha dinheiro contando pra meia duzia de idiotas, o que faz a outra meia duzia de safados.
O Custódio podia convidar o Kabelim para ser aspone de alguma inutilidade, assim Jf seria uma cidade livre de colunistas, já que o Diário Regional não tem coluna social, tem é fofoca mesmo."
Ele só esqueceu do seu colunista socila !!!!
Faltou ele dizer que o seu colunista social já foi convidado (e aceitou) um cargo desses.
Só não ajudou a cidade a ficar livre de mais um, já que vai acumular cargo la e aí !!!
E voce vai aceitar...
Muito engraçado isso

Anônimo disse...

Como vc não se posiciona sobre o novo cargo do Douglas...
Vai falar que ele também vai roubar ???
Vai falar que todo mundo que está lá é ladrao.... ou gay ???
E que os cargos são pra beneficiar os amigos ??
To confuso... Quem é amigo d quem ?

Mario Ribeiro de Benfica disse...

Omar, me tira uma dúvida ?
A Tribuna é o jornal queridinho da Prefeitura mas ninguém de lá foi convidado pra participar da mamata.
O seu jornal - e voce - são a oposição mais ferrenha mas tem um jornalista daí no primeiro escalão !!!!
Explica aí...
Mas poe pra todo mundo ver (se for capaz de explicar !!!)

Gil disse...

Professor, boa noite!

A atual decadência dos sistemas de transporte parece ameaçar conduzir a modernidade a um recuo. O Brasil se encontra nesta encruzilhada. A deterioração da rede de transportes do país inferniza a vida de nossas grandes cidades e dificulta o crescimento econômico, o comércio com outros países e a expansão das fronteiras agrícolas.
É difícil achar algum ramo dos transportes que não atrapalhe a qualidade de vida e aumente o “famoso” Custo Brasil. O custo do agravamento da decadência do setor sairá muito mais caro do que os maciços investimentos necessários para a retomada do caminho da modernização.

Ao tentar construir ferrovias no século 19 e manter atualmente um moderno sistema rodoviário, o Brasil enfrenta a clássica dificuldade de manter uma infra-estrutura de transportes complexa e cara juntamente com baixas densidades populacionais em algumas regiões."Países com extensas malhas ferroviárias possuem níveis tecnológicos elevados hoje em dia, enquanto quase todos os países com uma pequena malha (caso do Brasil) ou nenhuma possuem um nível tecnológico relativamente baixo", afirma o economista dinamarquês Ester Boserup.

Um país com a riqueza natural do Brasil é capaz de manter uma rede de transporte extensa e complexa. *Por volta de 1913 o Brasil já havia construído o décimo maior sistema ferroviário do mundo, mas esta e outras formas de infra-estrutura de transporte estão rapidamente decaindo devido à falta de investimento e manutenção. "Em todos os períodos da história humana profundas diferenças têm existido entre sociedades que se desenvolveram rapidamente, sociedades estagnadas, e sociedades que passaram de níveis mais elevados para mais primitivos". O Brasil precisa evitar esse tipo de retrocesso.

Tudo de bom!
GIL
-----------------------------------
*Ferrovias no Brasil, um século e meio de evolução. João Bosco Setti, 2008

Lucas Silva disse...

COLUNA WILSON CID DE 29/01/09 NO JF HOJE:

Participação
Antes do carnaval, ao que consta, o PSB vai querer definir sua participação na administração
municipal, tendo como credencial
o apoio que deu à candidatura de
Custódio, via deputado Júlio Delgado. Os socialistas alegam que o PMDB, só em parte aderiu ao candidato do PSDB, e ocupa cargos, além de poder dar o líder na Câmara,Sóter Figueirôa. As mesmas expectativas estão no PP, que
tem nomes, mas inviáveis. O Impasse deve trazer a Juiz de Fora, nos próximos dias, o deputado Luiz Fernando Faria, que fala em nome do partido na região.


COMENTÁRIO:

O PSB não apoiou Custódio, Juraci Scheiffer gravou inclusive depoimento para Margarida. O Deputado Júlio já foi contemplado com a nomeação do Canalli como subsecretário e mais alguns cargos.

O PP já foi atendido nas indicações que fez ao Custódio, nomeando 2 cargos no segundo escalão e mais chefias de departamento.

Pelo que consta, são os demais Partidos que ficaram de fora que estão muito insatisfeitos.

A mega coligação que elegeu Custódio Mattos teve os Partidos (PSDB - DEM -PP -PDT -PSDC -PTC -PRB -PPS - PMN - PSL - PR).

Custódio Mattos teria prometido um governo de coalisão, com a participação dessas legendas.

Porém, a união tão pregada pelo então candidato trasnformou-se em traição.

Dos agraciados somente os apadrinhados (os amarras-cachorro) de Sebastião Helvécio, de Luiz Fernando Faria, do Edmar Moreira, Romilton Faria, sem esquecer a turma do Bom Pastor.

Caso mais visível é o desprestígio do PPS de João Vítor Garcia e do PR do ex-prefeito José Eduardo, que com grande tempo de TV, foram literalmente rifados e esquecidos. Quem mandou não coligarem com Margarida Salomão????

Além desses, todos os nanicos que foram alaidos de primeira hora também sobraram.

PARECE QUE UNIÃO NO DICIONÁRIO TUCANO SIGNIFICA TRAIÇÃO.

UNIÃO = TRAIÇÃO

HÁ....HÁ...HÁ...HÁ...HÁ...HÁ

OMAR PERES disse...

Prezado Marco Aurélio Seixas

Como homem público faço oposição ao mensaleiro custódio mattos. Minha empresa noticia o que dever ser noticiado, independente de minhas posições politicas.

O Douglas Fazolato foi nosso funcioário até ontem. Mudou de emprego e, agora, trabalha em cargo comissionado e de confiança do prefeito mensaleiro.

Foi uma decisão pessoal do Douglas. Nossa empresa não teve nenhuma influência em sua decisão profissional, e absoltamente nenhuma intervenção ou pedido para sua nomeação.

Contiuaremos independentes e livres para escrevermos o que deve ser escrito. E assunto não faltará para um prefeito que continua com os contratos e a politica de Bejani.

Omar

OMAR PERES disse...

Opções sexuais,

Anônimo pergunta como vou publicar posts que fazem alusão às opçõs sexuais de alguns secretários do prefeito mensaleiro. Quem deve dar essa resposta é o próprio prefeito. Mas não a mim e, sim, aos evangélicos que o elegeram.

Anônimo disse...

Ô Omar Peres! Bota ordem nesta casa! Vc fala de trem, o cara vem com Douglas. Vc fala de crise e o cara vem falar de Custodio. Vc fala de Tupi e o cara vem falar de
Astransp. Quer saber: o povo aqui nao gosta de temas abordem macro economia ou assuntos abrangentes.
Eles nao gostam de falar sobre granjas, preferem falar de galinheiro.

OMAR PERES disse...

Douglas, pela última vez,

A empresa respeita a posição tomada pelo Douglas Fazolato , que optou por trabalhar com o mensaleiro custódio.

Mesmo com apoio decisivo de amigos, e achando, pessoalmente, que foi uma decisão equivocada, devo respeitar sua independência e os seus méritos pessoais.

A partir de hoje, Douglas não é mais funcionário do jornal, não mais nos devendo absolutamente nenhuma satisfação. Ele já se faz acompanhar, inclusive do maior representante BEJANISTA do governo custódio: a VITÓRIA de custódio Valverde.

No JF Hoje ,Douglas terá todo nosso respeito, sendo, doravante, tratado como qualquer um funcionário de confiança do mensaleiro.

Foi de Douglas a decisao de aceitar o convite do mensaleiro. Ponto final.

Omar

ROGERIO DE MORAES disse...

SR MARCO AURÉLIO SEIXAS

NUNCA VI O DOUGLAS EM NENHUMA REUNIÃO POLITICA DO GRUPO DE APÔIO
A OMAR PERES. VI SIM SEMPRE NAS MESAS DOS RESTAURANTES FAZENDO PARTEM DAS COMEMORAÇÕES.
PORTANTO PODE SOSSEGAR, POIS NENHMA PESSA DECENTE QUE TRABALHOU NA CAMPANHA POLITICA DO OMAR ESTÁ AO LADO DO MENSALEIRO.
NOSSO GRUPO É CONSTITUÍDO POR PESSOAS DIGNAS, E A EXEMPLO DO NOSSO LIDER, JAMAIS NOS MISTURAREMOS COM PREFEITOS CORRUPTOS.
E ANTES QUE FAÇA MAIS CONFUSÃO, O OMAR PERMITE QUE SEUS EMPREGADOS, TENHAM A ESCOLHA DE POSIÇÃO POLITICA, BEM COMO A UA RESPONSABILIDADE PELA ESCOLHA.
o OMAR NÃO REPONSAVEL PELA ESCOLHA DE CADA PESSOA QUE TRABALHA PRA ELE, NEM MESMO DE ALGUNS CANDIDATOS DA ÁREA EVANGÉLICA E DA
BANDA PODRE DO PV.
POR QUE NÓS SEUS AMIGOS, E CORRELIGIONÁRIOS CONTINUAMOS FIRMES NA OPOSIÇÃO AO MAIOR MENTIROSO QUE JÁ PISOU NA PREFEITURA.
ESTRANHO É VC ACHAR QUE O DOUGLAS FAZ PARTE DO PROJETO POLITICO DO OMAR. O QUE LE FAZ E COM CERTA MAESTRIA, É PUBLICAR NA SUA COLUNA FATOS REFERENTE A ELITE BANDIDA QUE SEMPRE CORROEU AS FINANÇAS
DO MUNICIPIO.
E SEM SOMBRA DE DUVIDAS,
NENHUM DE NÓS QUE TRABALHAMOS TANTO PRA OFERECER A ESTE ARRAIAL UMA POSSIBILIDDADE CONCRETA DE MUDANÇA, NÃO NOS VENDEMOS OU PASSAMOS A FAZER PARTE DA ADMINISTRAÇÃO BANDIDA. TALVES O JOVEM COLUNIOSTA TENHA ACEITO, O CONVITE POR SE SENTIR MAIS PRÓXIMO DA BANDALHEIRA E DE SEUS IGUAIS.

Anônimo disse...

NUNGUÉM É CONTRA A OPÇÃO SEXUAL DE NINGUÉM, PODE FICAR TRANQUILOA COM A SUA.

NÃO POSTAMOS CONTRA OS HOMOSSEXUAIS E SIM CONTRA A PEDERASTIA DESENFREADA E CORRUPTA.
TÃO BEM REPRESENTADA NESSA ADMINISTRAÇÃO, E QUE A CADA DIA AUMENTA NA PREFEITURA.

Anônimo disse...

O Custódio vai responder pela sua traição ao nosso apoio a sua candidatura, e a sua promessa de uma administração limpa, que já começou com figuras do lado que le combateu.
Maes ele não vai responder pra gente não, ele vai responder é para quem seus servos trabalham e adoram.
Por que disse o Senhor:
Não useis meu nome me vão!
Nós que amamos e adoramos o Deus da Verdade, podemos ter sido enganados, mas não ficaremos quietos. Se fomos parte importante na sua eleição, poderemos ser mais importantes ainda na sua "deseleição"

Anônimo disse...

Na decada de 60, havia no Brasil, aproximadamente 50.000 km de ferrovia. Atualmente, não chega a 36.000 km. O país precisa urgentemente olhar para o modal ferroviario. No TSUNAMICO governo do TUCANO MOR, Fernando Henrique Cardoso, foi dado o golpe de misericordia na ferrovia, com da DOAÇÃO da então Rede Ferroviaria Federal. Neste TSUNAMICO governo, tambem quase foi extintas nossa faculdades, nossa malha rodoviaria foi simplemente abandonad. Alem, de quase aniquilar com os aposentados,funcionarios publicos e, principalmente num ato de puro revangismo destrouçou nossas Forças Armadas. Há estava me esquecendo doou nossa Vale do Rio Doce, só não doou a CEMIG, porque o governador Itamar Franco, não permitiu. E hoje, para nossa sorte, temos que conviver com o MENSALEIRO DA MATA.

Anônimo disse...

E saber que existem alguns que ainda enaltecem o desgoverno de FHC,só de saber que o FMI nâo manda mais em nossa nação, nunca vi a PF trabalhar e mostrar tanto serviço, se não surge os resultados esperados é por culpa das brechas das leis que aqui existem, mas um dia isso ainda muda, nem que seja para os meus netos,o que tenho a dizer é VIVA O LULA, dentre todos o melhor.