quinta-feira, 26 de fevereiro de 2009

Artimanha nos impostos


Acordada do recente Carnaval, gente influente de Brasília confidencia que o governo poderá retomar um projeto que lhe interessou há dois anos, elaborado pelos gabinetes da política econômica: submeter aos governadores, em reunião talvez ainda em março, uma proposta de fusão de siglas de impostos que incidem sobre consumo, de forma que sejam todos absorvidos pelo ICMS e transformados em Imposto sobre o Valor Adicionado. Os estados debatem o assunto há algum tempo, mas eu seria capaz de garantir que desta vez são pegos de surpresa, principalmente quando ficam sabendo que a pretensão da União é transferir a incidência para os mercados que consomem e não os que produzem. Tudo assim, retomado de abrupto, nega aos governadores e às classes produtoras o direito de estudar o assunto nas suas repercussões e consequências a longo prazo, até porque o que se propõe agora é tema de uma reforma tributária mais profunda que a apresentada em 2003.
A divisão do bolo tributário não revela disposição de contemplar os municípios com melhores condições de caixa, para poderem fazer frente aos muitos encargos que assumiram nos últimos tempos. Hoje, os impostos pagos sobre os valores de consumo destinam 42% à União, 40% ficam com os estados, enquanto os municípios têm de se contentar com os restantes 18%. Eu diria que qualquer reforma com base em tributos que não leve em consideração os interesses das prefeituras já chega sob suspeita. Eis o ponto essencial que devia ser considerado na reunião prevista para o próximo mês.
Suspeita-se que Brasília trama, por traz do novo sistema de impostos, a tentativa de instalar a divergência entre os estados que produzem e os que consomem, sob o pretexto do fim da guerra fiscal. É possível.
O.P.

45 comentários:

Anônimo disse...

“Só a Câmara Municipal julga as contas do Prefeito?”
“Comenta-se muito a decisão do Tribunal Superior Eleitoral que disse competir à Câmara Legislativa do Município o julgamento das contas do Prefeito. Na verdade, de acordo com a jurisprudência do TSE, o órgão competente para julgar as contas dependerá da natureza da verba. Assim, se a verba for federal, o julgamento das contas do Prefeito caberá ao Tribunal de Contas da União (TCU), mas se a verba for municipal, a competência para julgar as contas do Prefeito será da Câmara Municipal, não do Tribunal de Contas do Estado (TCE). A relevância da notícia está mais no fato de que o TSE manteve sua orientação, apesar do entendimento contrário de alguns ministros”.

lélio

Roberto disse...

Depois o PT-JF fica achando que seu maior lider é um cara confiavel:

MEDIDA PROVISÓRIA
Com título de filantropia, Amac
tem anistia de R$ 100 milhões
A Amac obteve anistia de sua dívida com o INSS, calculada em cerca de R$ 100 milhões. A entidade ficou isenta de pagar débitos referentes à contribuição da cota patronal, graças à polêmica Medida Provisória 446, editada pelo presidente Luiz Inácio Lula
da Silva em novembro do ano passado. A MP tornou automática
a aprovação dos pedidos de renovação de certificados de filantropia até então pendentes, como era o caso da associação.

O PT tomando ferro nas urnas da cidade e o Presidente Polvo (lula era quando ele estava pobre)
editando medidas pra salvar a vida politica do Custódio.
Acho mesmo que o PT perdeu a elição não só por incompetência do povinho do PT-JF. Mas também pela influÊncia direta do Governo.

Roberto disse...

todos querem tirar uma casquinha:

Quem se habilita?

Comentário de uma liderança ao analisar a proposta do diretório do PSDB de descontar um percentual dos funcionários comissionados da Prefeitura para o partido: “É complicado um comissionado dizer não, pois sempre há o risco de ficar sem o cargo. Eu não conheço quem recusou e ficou ileso”. A cobrança já ocorreu nos Governos de Tarcísio Delgado e Alberto Bejani e, agora, no de Custódio. José Eduardo Araújo tinha abolido a prática.

Tinha abolido ou não teve coragem de cobrar e ter que sair pela porta dos fundos, alias unica forma dele ter conseguido entrar na Prefeitura.

Roberto disse...

o porco falkando do toucinho ou o roto falando do maltrapilho:

Inadimplência cresce

Pesquisa realizada pela Câmara dos Dirigentes Lojistas constatou o aumento da inadimplência no mês de janeiro em Juiz de Fora. A alta foi de 11,17% em relação ao mesmo período do ano passado. O lado positivo foi o crescimento do número de exclusões do banco de dados, revelando que o consumidor está tentando quitar suas dívidas. Os números, no entanto, não surpreenderam o presidente da CDL, Vandir Domingos. Ele atribuiu o aumento a uma tendência de inadimplência nos três primeiros meses do ano, em razão do acúmulo de tributos e outras despesas.

Conhecido muito mais pelo "esquecimento" das suas contas
do que pelo empenho em paga-las, o Presidente do CDL deve saber bem do assunto, por experiência própria, de quem também vive do lado de cá do balcão

Anônimo disse...

Engraçado o carnaval mirabolante do Serjão Evangelista:

Ontem a uma hora da madrugada no Alto dos Passos tinha mais gente nos bares du que em todos os dias do carnaval juntos.

Quem odeia carnaval está amando o Serjão. Porém os que são contra o trafico de drogas, defende que a sua organização seja entregue ao versatil tucaninho.
Talves levando em conta sua incompetência administrativa, e o fato de que tudo que ele poe a mão não dá mais certo. Mingua.

Anônimo disse...

O que dá o cruzamento do Vitor Valverde e a Sueli Reis?

se alguém souber por favor me diga que estou louca pra saber.

Ronaldo Vesperma disse...

Om carnaval de Juiz de Fora está concorrendo ao estandarte de ouro:

Pior carnaval do Planêta

Anônimo disse...

Nota de Falecimento

A sociedade juizforana vem com pesar comunicar o falecimento do Carnaval de Juiz de Fora.
Agonizante a muito tempo, morreu este ano vítima de Falencia multipla dos orgãos (da Prefeitura)

Sonia Barracão disse...

Custódio Carnavalesco de Mattos, estava tão eufórico na Passarela do Samba que acabou sendo confundido com a Cáudia Leitte.

O jardineiro disse...

Alguém poderia me dizer de que se fantasiou a Margarida Salomão no carnaval?
Uns dizem que foi rosa, outros dizem que foi de ibisco. Mas os caras do PSDb dizem que ela sai mesmo foi de "FLOR DESPETALADA"

Roberto disse...

Vem bomba aí gente:

Preço dos remédios aumentará até 5,91% em março

O preço dos remédios vai aumentar até 5,91% a partir do dia 31 de março. A Câmara de Regulação do Mercado de Medicamentos (Cmed) da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) avaliou os ganhos de produtividade das indústrias farmacêuticas e o nível de participação de medicamentos genéricos nas vendas de cada segmento para calcular o reajuste.

O Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) acumulado nos últimos 12 meses - de março de 2008 e fevereiro de 2009 - também foi considerado.

Conforme a legislação, o aumento deve permanecer inalterado por um ano, ou seja, até março de 2010. Segundo a Anvisa, remédios fitoterápicos, homeopáticos e isentos de prescrição médica não devem subir, já que, como a concorrência é grande nesse segmento, o próprio mercado se regula.

Coitado do povo brasileiro....

Roberto disse...

Americano pode ser o que for, mas a justiça deles bem que serve de exemplo a nossa.

O departamento de Justiça dos Estados Unidos informou nesta quinta-feira que um brasileiro de 32 anos foi condenado ontem por participar de um esquema internacional para lavar US$ 13,5 milhões procedentes do Brasil. Rodrigo Molina, que mora em Miami, pode pegar até 50 anos de prisão.

Molina foi preso em Miami com o sócio brasileiro Marcos Neto Macchione, em uma operação contra lavagem de dinheiro que deteve outras 18 pessoas no Brasil, incluindo o suposto cabeça do esquema, Doron Mukamal.


Já pensaram com seria bom julgar nossos corruptos e imorais prefeitos na velocidade e com o rigor da justiça americana.
O Bejani estaria em Nelson Hungria até hoje. Já o Custódio nem ia concorrer pois estaria em cana desde o episódio em que figura
como depositário de dinheiro sujo, através do Valérioduto.
Taí um exemplo que a Justiça brasileira devia seguir, e honrar as funções para qual é régiamente paga.

Anônimo disse...

Seria o hematoma - verde?

Anônimo disse...

Fiquei sabendo de outra coisa:
Foi perto da Passarela do Samba, e o jovem era um dos rapazes do Demlurb.

Roberto disse...

Temos que seguir esse exemplo:

26/02/2009 - 20h47
Promotoria pede cassação de prefeito de Itapecerica da Serra (SP) por abuso de autoridade

O Ministério Público Eleitoral pediu ao TSE (Tribunal Superior Eleitoral) a cassação do prefeito de Itapecerica da Serra (SP), Jorge José da Costa (PMDB), por abuso de autoridade durante as eleições de 2008.

A Justiça de Itapecerica da Serra cassou o registro da candidatura de Costa, mas ele recorreu ao TRE-SP (Tribunal Regional Eleitoral) de São Paulo, que modificou a decisão e manteve o registro.

Segundo a denúncia da coligação Faz Mais e Melhor, que lançou como candidato a prefeito Lacir Baldusco (PSDB), Costa veiculou publicidade institucional no site da prefeitura nos três meses que antecedem as eleições, o que é proibido por lei.

Segundo a Promotoria, as reportagens divulgadas tratam de obras e entrega de salas de aula, com "manchetes sempre acompanhadas por fotos do candidato à reeleição e nas quais se menciona seu nome, cargo e trabalhos, além do símbolo e do slogan de sua administração e de sua campanha".

Ao aceitar o recurso de Costa, o TRE-SP ressalta que "o conteúdo do site oficial de Itapecerica da Serra, apontado na inicial, dá notícia dos atos e realizações da administração municipal, não sendo suficientes as fotos e poucas menções ao nome do prefeito para configurar o abuso do poder de autoridade ou publicidade para promoção pessoal do chefe do Executivo".

A reportagem não localizou Costa na Prefeitura de Itapecerica da Serra na noite desta quinta-feira para comentar o recurso da Promotoria.

Se fazer isso dá perda de mandato, o que os tucanos fizeram em Juiz de Fora dá no mínimo cadeia.

Anônimo disse...

Só o Hugo?

Hugo é dúvida para amanhã

Depois do empate em 1 a 1 com o Villa Nova, na última quarta-feira, o Tupi se reapresentou ontem à tarde. Quem esteve em campo no terceiro placar de igualdade seguido do Carijó em Juiz de Fora no Estadual fez apenas uma corrida regenerativa. Mesmo com o treino leve, o Tupi teve um desfalque: o meia Hugo, que virou dúvida para o confronto de amanhã, contra o Democrata-GV.

Substituído por Felipe ainda no primeiro tempo do jogo contra o Villa, o jogador não se sentiu bem e deixou a atividade antes do final. "O Hugo teve uma indisposição estomacal antes da partida, jogou, voltou a se sentir mal e saiu. Ontem à tarde, ainda estava debilitado. Ele tem que fazer repouso e hidratação. Vamos tratá-lo e ver se tem condições para atuar no sábado", disse o médico do clube, José Roberto Maranhas.

Pantera na área
O Democrata-GV chegou ontem, no início da noite, a Juiz de Fora. A equipe comandada pelo ex-carijó Moacir Júnior tem um treino previsto para a tarde de hoje, no Estádio Municipal. A Pantera tem dois desfalques para o jogo de amanhã: o atacante Tiago - artilheiro do time no Mineiro, com quatro gols - e o volante Leandro Leite foram expulsos no empate em 2 a 2 com o Uberlândia, na última rodada, e cumprem suspensão.

No Galinho Depenado de Santa Terezinha, tudo é dúvida?
O presidente é sério?
O terreno vai ser vendido, dado ou roubado?
Vai cair de novo?
Tem dinheiro pra pagar as contas?
Onde está os 350.000 que ex presidente roubou?
Já chegou o Óleo de peróba?

Não então F...
como é que os dirigentes vão lustrar a cara, e os jogadores protegerem suas pernas?
Não é necessario dizer que ambas são de pau.

Anônimo disse...

Veja a lista só crimes eleitorais do Custódio Mattos:

Secretaria de Desenvolvimento Social - Custódio Antônio de Mattos

Diz o site oficial de MG:

“Custódio Antônio de Mattos é bacharel em Direito pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj) e mestre em Administração Pública pela Escola Brasileira de Administração Pública da Fundação Getúlio Vargas e em Ciências Sociais pela Universidade de Birmingham, na Inglaterra.
Técnico de Planejamento e Pesquisa do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), Custódio Mattos foi diretor financeiro do Instituto Nacional de Assistência Médica da Previdência Social, secretário-adjunto de Administração da Prefeitura de Belo Horizonte e diretor do Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais (BDMG). Na carreira política, Custódio Mattos se elegeu deputado estadual em 1991. Em 1993, era eleito prefeito de Juiz de Fora. É deputado federal desde 1998, eleito para três mandatos consecutivos. No Congresso Nacional, Custódio Mattos foi Ouvidor-Geral da Câmara dos Deputados, de 2005 a 2006, e líder da Bancada do PSDB, em 2004.”

Ele também tem um processo no TSE. Foi acusado de propaganda eleitoral irregular. O caso saiu do TRE/MG e foi para o Tribunal Superior Eleitoral. O problema aí é maior, porque o atual Secretário entrou com um Agravo de Instrumento que NÃO FOI CONHECIDO (ou seja, nem mesmo julgaram o mérito, por erro na junção das peças).

Mas o mérito, em si, foi analisado, porque o outro Agravante, Romilton Faria, teve seu recurso “conhecido” (”conhecer”, nesse caso, é apenas o seguinte: o Tribunal considera que pode ser julgado - não quer dizer que já ganhou).

Tanto que, embora “conhecido”, o Agravo não foi aceito. Vejamos extrato do site do TSE:

“PROCESSO: AG Nº 6977 - AGRAVO DE INSTRUMENTO UF: MG
MUNICÍPIO: JUIZ DE FORA - MG N.° Origem:S/N
PROTOCOLO: 20882006 - 23/02/2006 12:03
AGRAVANTE: ROMILTON FARIA
AGRAVANTE: CUSTÓDIO ANTÔNIO DE MATTOS
ADVOGADO: NILSON ROGÉRIO PINTO LEÃO
AGRAVADO: PROCURADORIA REGIONAL ELEITORAL DE MINAS GERAIS
RELATOR(A): MINISTRO JOSÉ DELGADO
ASSUNTO: AGRAVO DE INSTRUMENTO, INADMISSIBILIDADE, RECURSO ESPECIAL, (No. 3.492/2004), PROCEDÊNCIA, REPRESENTAÇÃO, CONDENAÇÃO, APLICAÇÃO, MULTA, CANDIDATO, PREFEITO, VEREADOR, IRREGULARIDADE, PROPAGANDA ELEITORAL, INSCRIÇÃO, (TINTA), PAREDE, PROPRIEDADE PARTICULAR, UTILIZAÇÃO, BENS DE USO COMUM, (FINS ELEITORAIS), VIOLAÇÃO, (ART. 37, “CAPUT”, LEI 9.504/97).
LOCALIZAÇÃO: TRE-MG-TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DE MINAS GERAIS
FASE ATUAL: 23/06/2006 18:10-Documento expedido

Andamento Distribuição Despachos Decisão Petições

Seção Data e Hora Andamento
SEDEXP 23/06/2006 18:10 Documento expedido
SEDEXP 20/06/2006 13:11 Recebido Solicitação de Expedição
GAB-SJD 19/06/2006 18:31 Solititação de expedição
GAB-SJD 19/06/2006 17:37 Recebido
CPRO 13/06/2006 12:17 Decisão transitada em julgado em 12.6.2006.
GAB-SJ 07/06/2006 08:29 Vista à PGE (autos com 2 volumes)
CPRO 06/06/2006 15:33 Decurso de prazo para recurso em 5.6.2006 para os agravantes.
CPRO 31/05/2006 11:41 Publicação do Despacho (15/05/2006). DJ em 31/05/2006.
CPRO 30/05/2006 15:12 Aguardando publicação da decisão de 15.5.2006.
CPRO 25/05/2006 17:38 Publicação em processamento
GAB-JD 19/05/2006 15:10 Decisão não conhecendo do recurso quanto a Custódio Antônio de mattos e negando seguimento ao apelo de Romilton Faria.
GAB-SJ 07/04/2006 14:45 Conclusos ao Ministro Relator ( 2 volumes )
CRIP 05/04/2006 18:16 Para conclusão ao Relator.
CRIP 05/04/2006 14:37 Relator: JOSÉ DELGADO - Redistribuído por término de biénio do relator
CPRO 30/03/2006 15:40 Juntado parecer Procuradoria Eleitoral: Nº 42885, 30.3.2006: …”pelo conhecimento e não provimento do Agravo de Instrumento.”
GAB-SJ 01/03/2006 14:58 Vista à PGE
CRIP 24/02/2006 20:02 Para vista à PGE.
CRIP 24/02/2006 11:48 Distribuído
CRIP 23/02/2006 16:24 Autuado
PROT 23/02/2006 12:03 Protocolado
Distribuição/Redistribuição
Data Tipo Relator Justificativa
05/04/2006 Redistribuição por término do biênio do Relator JOSÉ DELGADO
24/02/2006 Distribuição automática GOMES DE BARROS Redistribuição por Término de Biênio ”

D E C I S Ã O

Em exame agravo de instrumento apresentado por Custódio Antônio de Mattos e Romilton Faria contra decisão que negou seguimento a recurso especial em decisão assim ementada(fl. 152):

“RECURSO ELEITORAL. REPRESENTAÇÃO. PROPAGANDA ELEITORAL IRREGULAR. PROCEDÊNCIA.

Veiculação de propaganda eleitoral, por meio de pintura, em muro de clube. Propriedade particular. Local em que a população tem muito acesso. Caracterização de bem de uso comum, para fins eleitorais. Notificação para retirada da propaganda e apresentação de defesa. Comprovação do prévio conhecimento. O tamanho e natureza da propaganda são indícios de notoriedade e ciência dos recorrentes.

Recurso que se nega provimento”.

Sustentam os agravantes que: a) o art. 37 da Lei 9.504/97 “não proíbe, de modo algum, as condutas realizadas” (fl. 38); b) houve violação dos arts. 14 e 37 da Res./TSE nº 21.610/2004, arts. 43, I e 386, V do Código de Processo Penal, bem como do art. 21 do Código Penal conjugado com o art. 4 da LICC; c) há evidente afronta ao teor dos arts. 2º e 5º, II da CF, resultando em manifesta inconstitucionalidade do art. 14 da Res. TSE nº 21.610/2004.

Os embargos declaratórios opostos foram rejeitados (fl. 179).

Parecer do Ministério Público Eleitoral pelo conhecimento e não-provimento do agravo de instrumento (fls. 307-311).

Relatados, decido.

Na interposição do agravo de instrumento, mister se faz providenciar o traslado das peças necessárias para a sua ideal formação. Assim sendo, incumbe ao agravante providenciar a juntada da cópia dos documentos necessários ou solicitar à Secretaria do Tribunal Regional que reproduza as peças que indicar, recolhendo o valor devido (Res. TSE no 21.477/2003).

In casu, não se encontra nos autos a cópia da procuração de Custódio Antônio de Mattos, impossibilitando o conhecimento do presente recurso quanto a este recorrente.

Assim, em face da deficiência na formação do agravo de instrumento não há como se conhecer do recurso, incidindo, na espécie, a Súmula nº 115 do STJ: “Na instancia especial é inexistente recurso interposto por advogado sem procuração nos autos”.

Em relação ao recorrente, Romilton Faria, não há como se afastar a incidência da súmula nº 7/STJ: “A pretensão de simples reexame de prova não enseja recurso especial”. O TRE/MG, às fls. 158/159 afirma que:

“Por outro lado, ao contrário do alegado pelos recorrentes, comprovado está o seu prévio conhecimento sobre a veiculação da propaganda em questão, uma vez que foram devidamente notificados para retirar a referida propaganda e apresentar defesa (fls. 7/11).

(…)

No caso em apreço, é patente o indício de notoriedade e ciência dos recorrentes, dados o tamanho e a natureza da propaganda. Ademais, as pinturas foram feitas em local de grande circulação de pessoas. E ainda, o próprio candidato a Vereador admite e confessa a veiculação, tendo inclusive juntado contrato de locação de espaço para propaganda que celebrou com o Esporte Clube Jardim Glória, o que se infere à fl. 36.

Diante do exposto, data venia do voto do eminente Relator, nego provimento ao recurso, para manter a sentença que condenou os recorrentes à sanção de multa, no valor mínimo legal”.

A reforma do acórdão recorrido demandaria o revolvimento do conteúdo fático-probatório dos autos, o que é vedado em sede de recurso especial.

Ante o exposto, não conheço do recurso quanto a Custódio Antônio de Mattos e nego seguimento ao apelo de Romilton Faria (art. 36, § 6º, RI-TSE).

Publique-se. Intimações necessárias.

Brasília, 15 de maio de 2006.

MINISTRO JOSÉ DELGADO
Relator” (grifo nosso)

Assim, não se trata de um caso “sub-júdice”, mas de uma efetiva CONDENAÇÃO junto ao TSE. Isso não impediu Aécio Neves de indicar Custódio de Mattos como seu Secretário de Estado.

Anônimo disse...

OMAR ,NOSSO DEPUTADO FEDERAL COM CERTESA ,MAIS UMA VEZ FICO ESPANTADO COM O LINDINHO DO JOSEMAR ,ENQUANTO O BICHO PEGA AQUI ELE FESTEJA DE LA DO MELHOR DO RIO E DE SÃO PAULO É O CURIOSO É QUE O CUSTODIO MANDA ECONOMIZAR MAS O JOSEMAR CONTINUA GASTANDO A VONTADE.DEPUTADO ,VOÇE PODERIA ENTREVISTA LO PARA QUE ELE NOS ENCINASSE A FORMULA MAGICA COMO TER DENTRE OUTROS CARROES UMA FERRARI VERMELHA ,GRANA A VONTADE PARA ATRAIR A MULHERADA QUE POR SINAL O CARA VIVE RODEADO DE ENCANTADORAS MULHERES ,SÓ OMAR QUE ISSO CUSTA UMA BABA, FIQUEI SABENDO QUE A FESTINHA MILHONARIA DO LINDINHO DO JOSEMAR NO FORTE O DE COPACABANA CUSTOU MAIS DE 30.000.00 É MOLE ,FESTINHA PARA TIRAR O FOLEGO ,AH ! DE JUIZ DE FORA SÓ O CUSTODIO E O MARCELO TRAPALHÃO GARCIA FORÃO CONVIDADOS .QUEREMOS QUE VOÇE DESCUBRA COMO GANHAR TANTO PRINCIPALMENTE EM PLENA CRISE.MADEIRA NESSA TURMA DO CUSTODIO DE VI...E DE METIDOS.

Vigilante disse...

Juiz de Fora é uma cidade com uma característica estranha. Voce conhece a Maria, que conhece João, que por sua vez conhece alguem que tem uma promessa de emprego na prefeitura. Para o "Toddinho" ser eleito, juntamente com os "seus", muita promessa foi feita. Tem gente graúda rangendo dentes e muita gente miúda, que angariou votos nos bairros, espumando. Viva a burrice alheia. Pena que nesse caso, pagamos todos. De burrice em Burrice, a cidade vai perdendo em importância política, em ânimo e amor próprio. Juiz de Fora tem gente honesta. É celeiro de homens competentes, com senso de justiça e ética. Voce que lê agora este comentário, pergunto: Já pensou em se candidatar a algum cargo público?
Sim você, Professor, Jornalista, Médico, Comerciante.....
Garanto-te, pior do já foi e é não vai ficar.

Anônimo disse...

É ENGRAÇADO CERTAS COISAS NO PAÍS, OS POLÍTICOS ADORAM ARROTAR AOS QUATRO VENTOS QUE VIVEMOS EM UMA DEMOCRACIA PLENA. BOM, AI É QUE VEM A DÚVIDA, SE NÓS VIVEMOS EM UMA DEMOCRACIA PLENA PORQUE SOMOS OBRIGADOS A VOTAR(COISA QUE ALIÁS EU FAÇO SEM O MÍNIMO TESÃO, MESMO PORQUE NÃO ADIANTA EU IR A URNA CHEIRO DE ESPÍRITO DE CIDADANIA E RESPONSABILIDADE SABENDO QUE 80% DOS HABITANTES DO PAÍS ONDE MORO NÃO O TEM) E, NO CASO DOS HOMENS, OBRIGADOS A SERVIR O EXÉRCITO(JÁ QUE EU NÃO TENHO A MÍNIMA VOCAÇÃO PARA O MESMO).

Anônimo disse...

OMAR SÓ GOSTARIA DE LEMBRAR QUE O LEMA DA CAMPANHA DA FRATERNIDADE DA IGREJA CATÓLICA ESTE ANO ABORDA UM ASSUNTO MUITO SÉRIO E MEXE BEM NA FERIDA DA SOCIEDADE "A PAZ É O FRUTO DA JUSTIÇA".
E GOSTARIA DE LEMBRAR TAMBÉM QUE A CNBB ESTÁ MERGULHANDO DE CORPO E ALMA EM OUTRA CAMPANHA DE RELEVANTE IMPORTANCIA PARA NOSSO PAÍS E QUE EVIDENCIA UM VEEMENTE PROCESSO DE LIMPEZA NA POLÍTICA BRASILEIRA.
QUEM SE INTERESSAR EM SABER MAIS SOBRE O ASSUNTO ENTREM NO SITE DA CNBB NO LINK NOTÍCIAS, NO PÉ DA PÁGINA EXISTE OUTRO LINK CHAMADO "PROJETO DE LEI DE INICIATIVA POPULAR" ONDE QUEM SE INTERESSAR PODERÁ BAIXAR UM ABAIXO-ASSINADO QUE SERÁ LEVADO AO CONHECIMENTO DO CONGRESSO PARA SER TRANSFORMADO EM LEI.
UM MOVIMENTO SÉRIO DE COMBATE A CORRUPÇÃO ELEITORAL.

APROVEITANDO A GRANDE REPERCUSSÃO QUE TEM ESTE BLOG, APELAR PARA TODOS QUE AQUI POSTAM OU SOMENTE LEIAM OS COMETÁRIOS(INDEPENDENTEMENTE DE RELIGIÃO, POIS ESTE PAÍS É PRINCIPALMENTE DE RESPONSABILIDADE DO POVO COMO UM TODO) QUE PARTICIPEM DESTE ABAIXO-ASSINADO PARA AJUDAR A LIMPAR E CONSEQUENTEMENTE A MELHORAR O AR QUE RESPIRAMOS. AJUDAR A DAR AOS NOSSOS DESCENDENTES UM POUCO MAIS DE ORGULHO E HONRA, PALAVRAS ESSAS JÁ HÁ MUITO ESQUECIDAS DE NOSSO VOCABULÁRIO HABITUAL.

Anônimo disse...

Olá Omar, de tempos em tempos retorno ao seu blog, normalmente, quando tenho alguma idéia.

Fui criado em um lar protestante, e, ao contrário do que a maioria pensa, os valores fundamentais do protestantismo se baseia no cristianismo primitivo: "É dom de Deus que o homem viva bem"; "É bom que o homem coma do fruto do seu trabalho", por um lado, e, "condenação a avareza, a perfídia, a ganância, etc." de outro!

Em 1984, minha mãe numa crise de insanidade, largou nossa denominação e foi para IURD (igreja universal do reino de deus). Lembro-me que naquela época todos nos reunimos em dízimos, ofertas e sacrifícios para comprarmos a RECORD sob as seguintes palavras: a RECORD SERÁ O VEÍCULO DE DEUS NA TERRA; SOMENTE OS CONVERTIDOS TRABALHARÃO NA RECORD, E BLÁ,BLÁ,BLÁ". Ao conseguirmos efetuar a compra, a primeira atitude foi proibir a entrada de obreiros e membros nas instalações da rede, mas isto é assunto para outro texto.

Hoje, maduro e com meu livre arbítrio, sinto-me enojado, irado, revoltado com a atuação do Sr. Pastor Carlos.

Seus atos são: menção honrosa, menção de palmas, e, o que é mais intrigante, os pedidos de liberação de carros oficiais para viagens à São Paulo, BH, Itajubá, Bahia, etc... Não sei o que um legislador juizforano tem tanto que trabalhar oficialmente nestas cidades tão longínquas!

Mas a gota d'água do descaramento foi ele ter aprovado os 14º, 15º, 16º e rendas extras do legislativo, além, é claro, de chamar um cidadão, que estava no plenário, para discutir "lá fora de homem para homem"! Ou ele se esqueceu, ou ainda não sabe que a arma do cristão é a oração!

A partir disto, tive uma idéia: divulgar o e-mail de todos estes “cidadãos” em seu blog e pedir que a população envie-lhes suas mais profundas indignações. E, em um segundo momento, divulgar os e-mails enviados neste espaço democrático – BLOG DO OMAR.

Eu serei o primeiro: pastorcarlos@camarajf.mg.gov.br

Assim que enviar meu e-mail, colocarei na íntegra nesta página.

P.S.: o próximo da lista é o vereador tico-tico.

Anônimo disse...

O que vemos no cenário político-religioso de muitos pastores está explicado a seguir:

Uma fábula que fala do lobo que se disfarçou com uma pele coberta de lã e assim conseguiu entrar no rebanho de ovelhas, fazendo-se passar por uma delas tanto na aparência como no procedimento fingido, mas aproveitando essa condição para devorar as inocentes e desprevenidas vítimas. O conceito dessa história também está contido na passagem bíblica que recomenda: “Tenha cuidado com os falsos profetas que vêm a você em pele de cordeiro, mas que no fundo são lobos vorazes”.

Essa é a origem da expressão “lobo em pele de cordeiro”, usada com a finalidade de identificar aqueles que se fazem passar por gente correta para alcançar os seus objetivos desonestos e até mesmo criminosos. Por isso o lembrete de que contra esse tipo de gente, nunca é demais estar sempre bem prevenido.

Márcio

Anônimo disse...

Como já dizia nossa cancioneira popular: o tico-tico tá/ tá outra vez aqui,/O tico-tico tá comendo meu fubá/ o tico-tico tem, tem que se alimentar/ que vá comer umas minhocas no pomar/ ó por favor tire esse bicho do seleiro/ porque ele acaba comendo o meu fubá inteiro...

Bem, quem se lembra da imagem do tico-tico com as mãos levantadas para o ar dizendo: -“me ajudem, me ajudem, me ajudem”! Talvez o pastor da hora nona deva ter orado por ele, e, pasmem, ele conseguiu o milagre da transformação.

Um certo dia, caminhando pelo calçadão, vi um homem com uma calça suja, uma camisa “desbeiçada”, cabelos revoltos e ensebados, distribuindo santinhos com cara de: -“Por favor, Deem-me uma esmola”! Resultado, o povo de jixzdefora, benígnino como nunca, atendeu os seus pedidos - e as oraçãos da hora nona – e em 2009 lá está o senhor Tico-tico.

É gente, o nosso antigo tico-tico, de plumagens modesta não é mais o mesmo, virou o tico-tico rei, aquele de plumagem bem vistosa! Agora apelidado de Antônio Martins.

Infelizmente, agora que eu estava disposto a revelar o fubá que anda sendo pinicado e fazer algumas chacotas, o site da câmara retirou do ar os seus atos, pena!

De qualquer forma, aí vão algumas preocupações do nosso estimado pássaro: recapear asfalto, recapear asfalto, recapear asfalto, tapar buracos na rua, recapear asfalto, recapear asfalto, tapar buracos nas ruas e recapear asfalto - sendo que muitos recapeamentos são feitos a cada duas semanas.

Ai meu Jesuis Cristim! Como diria o saudoso Jovelino Barbacena, ele legisla para colocar em prática o que é obrigação do poder público, e o que é pior, em uma administração política homeopática....

Para quem tem algo a dizer e quer revelar depois:

tico-tico@camarajf.mg.gov.br

Luiz Valle disse...

omar! vc comenta hj na sua coluna no JF HOJE sobre a senhora q "sobrou" no ponto, pois o onibus passou direto... isso não e nada perto dos onibus super lotados que circulam em JF na hora do rush, na "guerra" que se trava todos os dias nos pontos do centro da cidade, principalmente nos da Getulio Vargas e no Parque Halfeld, onde aquilo alí é uma verdadeiro inferno de pessoas se encontrando, correndo de um lado pro outro já que todos os onibus param sem om menor critério... só quem vive aquilo ali todos os dias, sabe o q estou falando.... resumo de tudo... o transporte coletivo em JF é uma VERGONHA , está um Caos... nem to falando dos horários que não são cumpridos, que fazem a gente ficar que nem uns panacas esperando os onibus nos pontos dos bairros.... aqui só existe uma solução... começar tudo novamente... com empresas novas, novos gestores, novas escalas, novos horarios... e urgente uma revisão geral no transporte coletivo de Juiz de Fora.

Luiz Valle disse...

ao comentario do anônimo que vota sem tesão... tenho q comentar que eleição no Brasil é que nem masturbação... um prazer solitário!!!... pois vc sabe que estará sempre sózinho, mesmo que seu voto faça algum candidato ganhar... todos irão te abandonar mesmo, se renderem a corrupção, as falcatruas, as beneces dos cargos e você continuará, literalmente, com o P* na mão!!.. e viva o onanismo político!!!!

Anônimo disse...

Quando este Prefeito ganhou, fiquei muito indignada, pois para mim morar em JF ou morar numa cidadizinha liderada por um fazendeiro do norte ou nordeste, pareceu-me a mesma coisa.
O pior é que eles devem dar gangalhadas de todos nós que escrevemos no blog como forma de protesto e indignação.
NADA VAI ACONTECER? Prefiro morar numa cidade de temos dois ex-prefeitos ladrões e presos, do que um atual prefeito safado e cara de pau.

Anônimo disse...

Este comentário não temnada a ver com este texto...
mas vai mesmo assim....
Professores contratados da prefeitura de Juiz de Fora em peregrinação

Resolvermos escrever está historia, pois estamos cansados de tanto descaso.
Ser professor contatado na PJF não é nada fácil ganhamos pouco com relação aos efetivos (vaga tem), dá até uma história. Leia abaixo:
História fictícia ilustrando a realidade de quase a metade dos professores da PJF
A saga dos professores contatados da PJF
Juliana professora de geografia contatada a pelo menos 10 anos começa em meados de 2008 a maratona pelo contato.
Naquele ano a novidade era o cadastro pela internet. Inovação!
E lá foi ela no computador do colega, pois ela não tem.
Surpresa! O link no site da PJF que foi usado para o cadastro se mostrou insatisfatório (dá outra história). O sistema não era auto explicativo, ridículo, com vários erros, esquisito, deu olé até mesmo em professores de informática. Quando Juliana ligou para o SARH para que explicassem o motivo de sua tela ter ficado branca antes da finalização, recebeu a seguinte sugestão:
- Leia o edital, vocês professores estão com dificuldades ridículas, qualquer um pode fazer esta inscrição.
Foi assim que Juliana e outras centenas de professores procuraram o sindicato, o SARH, até que uma solução.
Quem errou o preenchimento do cadastro pela internet terá que ir numa data que ainda seria divulgada no JF informação para ter o acesso liberado para conseguir terminar o cadastro. Ufa!! Deu trabalho esta maratona.
Foi um stress na vida de Juliana e de seus colegas que erraram “um clique ou dois” no preenchimento e tiveram seu cadastro cancelado.
Daí, era só esperar até a listagem classificatória, stress.... (será que o nome de Juliana estaria lá? (Ou a novela poderia se estender?)
Tudo bem, o nome dela estava lá. Mas a classificação desceu bastante, alguns professores no preenchimento duplicaram o tempo de serviço (culpa do sistema confuso) e passaram na frente de Juliana. Stress agora ela perdeu 30 posições o que significa poucas opções na escolha de uma vaga.
Mais, uma vez reclamações e a solução foi, todos os professores deveriam levar os originais dos documentos para que fosse tudo recontado. Stress ... espera..... será se vai dar certo..... perca de tempo... serviço burro.... Há! não conferiram os originais.
Finalmente, saiu à nova listagem, mas já era dezembro. A transição não havia tomado conta desta situação, estavam fazendo o quê?. Antigamente, dezembro já era tempo de serem feitas as contratações para o próximo ano, sempre foi assim.
Mas, para que os professores ficassem sem férias tudo foi feito em janeiro. Bem, alguns colegas de Juliana como os da informática ainda, fizeram prova prática, ou seja, mais um tempão para sair o resultado final.
Pois bem, está história só terminará no final de janeiro para alguns professores, outros nem sei?
Mas, a pobre da Juliana que precisava viajar para visitar sua mãe que mora longe, não foi, o jeito foi ficar em JF, pois ficou janeiro inteiro esperando um telegrama que só começou a chegar por volta do dia 19 de janeiro.
Tem também o caso da amiga de Juliana que perdeu um curso de especialização com aulas presenciais durante o mês de janeiro que já estava no final.
Mas, depois de chegar o telegrama para que ela comparecesse a Secretaria de Educação para pegar sua vaga a segunda parte da história é a seguinte:
1 º Pegar a vaga em uma das escolas (estavam faltando às vagas dos projetos sociais, segundo eles estão suspensas).
2º Levar a documentação no SARH a mesma de todo ano, preencher a mesma ficha, cadê a informática minha gente? Se chegar 10:31 ninguém é atendido.
3º Abrir conta no Banco do Brasil (sacanagem)
4º Voltar com a conta
5º Ir na escola pegar declaração do vale transporte
6º Voltar com a declaração do vale no SARH
7º Ainda falta levar o papel no inicio de atividades na Secretaria de Educação.
Acabou janeiro e as férias da Juliana ficarão para o outro ano, fevereiro estamos “quase todos trabalhando”, pois faltam professores em todas as escolas da PJF.
Acho que já estão economizando!!!

Mas, ainda temos a história das efetivações e do concurso, mas fica para a próxima.

Anônimo disse...

Agora danou-se.O governo LULA ACABA DE OFICIALIZAR O PERDÃO A TODAS AS PILANTROPIAS DESSE POBRE PAÍS.SO A AMAC FOI PERDOADA EM R$100.000.000,00(CEM MILHÕES DE REAIS).SEM COMENTARIOS.ESTAMOS FUDI... .QUEM E HONESTO,TRABALHA E NÃO CONHECE NINGUEM NO PODER DESSA ZONA,SEJA MUNICIPAL,ESTADUAL OU FEDERAL,NÃO TEM OUTRA ALTERNATIVA A NÃO SER FICAR INDIGNADO E REZAR.DAQUI A POUCO ESTOURA O ESCANDALO DO FILHO DA,QUE DIZER DO LULA.AI QUE NEGUINHO VAI PEDIR PARA MORAR NA ETIOPIA.E SO ESPERAR A VEJA.

Anônimo disse...

Dos ônibus às escolas.

Vamos começar pelos ônibus. Moro em um bairro afastado. Segundo o site da pjf, o ônibus que servem minha região deveriam passar, no máximo, de dez em dez minutos. Após as vinte e uma horas passa de meia em meia hora, e após as vinte duas e trinta de cinquenta em cinquenta, quando os intervalos não chegam a uma hora, uma hora e dez.

Numa destas viagens, o ônibus estava lotado de cobradores e motoristas, todos rindo e se divertindo, pois, o motorista em questão, chegava a enforcar quatro (quatro!) viagens por noite - era considerado como um Deus da negligência.

A empresa já teve inúmeras reclamações, mas nada fez. Os motoristas, que lesam o cidadão, acreditam que são espertos e que a empresa não sabe de seus "esquemas". Pobre cidadão semi-analfabeto, que no seu ato de aventura, colabora com o grande sistema paralelo das empresas: carregar mais, por menos.

Já em relação às escolas: há um sindicato para os professores municipais, um para os professores estaduais, um para os professores privados, e, por fim, um para professores de nível superior.

Todos os sindicatos cobram suas taxas em dia, mas quando o profissional vai procurá-los, a resposta é sempre a mesma: a secretária está em BH, o responsável está em Brasília, o advogado só vem nas segundas-feiras que coincidem com os dias ímpares, etc, etc, etc...

A própria classe é desunida: há muitos incompetentes dando aula, enquanto os competentes, que gritam por concursos e melhorias, estão fora de sala.

Se houvesse uma ordem de classe, aos moldes do OAB, CREA, CRM, que fizessem concursos que exigissem, no mínimo, 90% das provas respondidas, para poderem receber suas carteiras da ordem dos professores, e só então lecionar, queria ver o que este governo safado, e este monte de famigerado que dá aulas sem saber o que está fazendo na escola, iria fazer.

Aos amigos, falo com muito pesar, nem sempre são os governantes os maiores incompetentes. Às vezes, os próprios cidadãos são a ferramenta perfeita para o mal funcionamento dos órgãos públicos. Coloco aqui, na mesma classe, os pobres motoristas e os professores pobres que não se valorizam como profissionais que estudaram durante décadas e entra no esquema de vagabundos que fizeram cursos meia boca, ou por correspondência, só para ter um "diproma"!

Anônimo disse...

Essa história da anistia de 100 milhões para a AMAC.... Alguém tem algum palpite sobre quem estava na Prefeitura e na AMAC em 1994 ??? pois é foi exatamente nesse ano que a dívida começou, com o não recolhimento da parcela patronal junto ao INSS porque ela havia perdido o título de entidade filantrópica... e ao final desse governo a AMAC passou por uma CPI que fez várias indicações... quem estava na AMAC nessa época?? Algo a ser esclarecido: essa dívida não é da AMAC, essa dívida é do Executivo na lei de criação dessa Associação a Prefeitura é claramente solidária às dívidas da mesma. Em 2002, com a reforma Administrativa da PJF a AMAC foi incluída como indireta através da Lei 10.000,naquela época atrelada como sendo um braço da Política Social, portanto tendo tratamento como Pública. Na administração passada, como a PJF estava com dificuldades em realizar convênios com o Governo Federal e Estadual, foi encaminhado à Câmara Municipal uma mensagem de retirada da AMAC da Lei 10.000 no intuito de livrar o município dessa dívida, isso não ocorreu. O Município continou até os dias de hoje como solidário nas dívidas também.
Tudo foi sempre e continua sendo um jogo de interesses políticos.
Agora com o Certificado precisa ter a sua própria gestão, recebendo recursos da PJF através de convênio para a execução da política de Assistência Social, sem nenhuma interferência de gestão da Secretaria de Assistência Social, o que não ocorre, o Sr. Secretário quer poder irrestrito, governar o que é governo e o quenão é governo.
Pode ??

Anônimo disse...

Acabei de receber de uma grande amiga do Rio de janeiro, um texto do Ilmo. Sr Marcelo Garcia - Secretário de Assistência Social em Juiz de Fora, que escreveu após ver o filme "Milk", que tem como temática principal a luta de um homem de 40 anos ( Esse senhor tb está completando 40 anos) pela causa gay nos EUA.
Para todos apreciarem, porque eu tô pasmada.
MILK - E VAMOS FAZER O QUE?

27/02/09

1- Harvey Milk entrou na militancia gay só quando fez 40 anos. Até então vivia dentro do armário escondendo de sua família e de seu trabalho que ele de fato era um homosexual.
2- Mudou-se para São Francisco com seu novo namorado e começou uma militancia que vai revolucionar a vida dos gays nos Estados Unidos.

3- Os anos 70 (pós Stonewall) foram de avanços importantes para gays e lésbicas. Avanços que incomodoram muitos setores conservadores e setores das igrejas católica e evangélica. Igreja que usaram (e algumas ainda usam) o nome de DEUS para perseguir, para permitir o medo e para permitir a morte, aos poucos, de pessoas que amavam o seu igual.

4- Milk define um movimento que escancara os preconceitos e exige uma legislação especial num Estados Unidos que está retrocedento em direitos conquistados depois do levante de Stonewall.

5- Milk vive em uma época em que os guetos estão espalhados por toda cidade. O gueto se transforma em um lugar "seguro" para se ser o que é. No Brasil não será diferente.

6- Milk faz uma movimentação especial num período que a Aids ainda não existia. Quem viveu os anos 80 sabe o que foi ter uma doença que teve como primeiro nome "cancer" gay ou "peste"gay. Era comum ouvir naquela época as pessoas falando que a Aids era castigo de Deus para o pecado cometido por homosexuais.

7- As lutas dos gays estão sempre recomeçando. E ainda hoje em 2009 não chegamos a um patamar mínimo de legislação e segurança.

8- Por exemplo qual legislação o meu partido DEMOCRATAS tem como proposta para gays, lésbicas e travestis? Uma legislação que garanta direitos sólidos.

9- E os demais partidos? O que pensam sobre esta questão? Não conheço manifestações públicas de seus dirigentes nacionais?

10- Quando, por exemplo, a Executiva Nacional dos DEMOCRATAS vai apresentar ao Brasil sua proposta de legislação? É importante destacar que ninguém fez mais regulações importantes para a comunidade gay do que o Prefeito Cesar Maia nos 8 anos que ficou na Prefeitura do Rio. Não há nada mais avançado do que as regulações da Gestão Cesar Maia. Os DEMOCRATAS já tem uma base que parte deste governo.

11- Os partidos acham este tema menor? Estão enganados se acham que sim. Estamos falando de milhões de pessoas. Estamos falando de famílias. Estamos falando de ausência de direito. Estamos falando da negligência do Estado.

12- Hoje os grupos gays são "panelinhas" de militantes profissionais que não tem função social no mercado de trabalho. A profissão é militar. A militancia deveria ser diferente. Você é advogado, um bom advogado, e milita na OAB. Você é um grande médico e milita no Conselho Regional de Medicina. Você é um professor e discute liberdades individuais com seus alunos. Isso deveria ser o sentido de militar por uma causa. A militancia assalariada por projetos governamentais não é militancia e sim profissão que não gera aliança com a sociedade.

13- E quando os DEMOCRATAS, por exemplo, vão garantir um candidato a Deputado Federal para que no Congresso Nacional esta questão seja tratada com identidade? E os demais partidos? Quando farão isso?

14- O Governo Lula avançou muito pouco em legislação. Ele fez conferências, financiou militantes, mas não delimitou uma legislação para tratar do Assunto com seriedade. Não mandou um Projeto de Lei à Câmara. Não regulou direitos?

15- Milk me chama atenção para o fato de estarmos num momento fundamental. Se de um lado temos Grupos gays profissionais e assalariados que não representam em nada os gays e lésbicas do Brasil, por outor lado temos um vazio insustentável nos Partidos Políticos.

16- Eu não posso falar pelos demais Partidos, mas gostaria muito que Rodrigo Maia, Katia Abreu, José Carlos Aleluia, ACM Neto, Marco Maciel, Heraclito Fortes, Luiz Carreira e tantos outros membros dos DEMOCRATAS vissem Milk e propusessem de imediato um grupo não só de gays para que o Brasil finalmente possa ter uma legislação de direitos.

17- Eu gostaria muito que esta reunião de trabalho fosse o mais rápido possível. Não temos tempo a perder. Aliás nos 40 anos do Levante de Stonewall seria uma belo presente dos DEMOCRATAS ao povo brasileiro e mais do que tudo seria uma reparação importante ao medo que, ainda hoje, impera nas pessoas pelo simples fato de se amar um igual.

18- Muita coisa pôde mudar em mim depois de ter visto Milk.

Visite o site
www.marcelogarcia.com.br

Roberto disse...

~Kabelim Confirma:

"ELITE DE JF É CALOTEIRA MESMO"

ANTENADO

A decisão em assembléia de um condomínio, na região nobre do Morumbi, em São Paulo, de restringir o uso das áreas de lazer aos moradores inadimplentes, pode ter reflexos também em Juiz de Fora.
Segundo o síndico de um prédio, em São Mateus, “a medida ainda não foi aplicada na cidade, apesar de ser uma constante o atraso no pagamento dos condomínios”.
Ele arremata que “tem condômino inadimplente até nos mais sofisticados e luxuosos prédios da cidade. Tem gente devendo que você nem imagina...”

SE A MODA PEGA, TEM MUITA GENTE QUE NÃO VAI PODER NEM SEQUER IR AO CLUBE NO FIM DE SEMANA, MOSTRAR O CARRO DIVIDO EM 60 PARCELAS (VÁRIAS NO PREGO), E AS ROUPICHAS DA ARPEL (ESSAS EM TRES VEZES NO CARTÃO DE CRÉDITO - JÁ ESTOURADO).
E O QUE É PIOR, VAI TER MUITO FILHINHO DE FALSO BACANA PROIBIDO DE IR AO COLÉGIO (TEM MUITA "GENTE FINA QUE DEVE ATÉ AS CUECAS PRA AS ESCOLAS PARTICULARES), TIRAR ONDA DE PLAYBOYZINHO OU PATRICINHA DA MODA.

Anônimo disse...

Juiz de Fora é uma cidade sui generis.

Aqui rico deve e pobre não paga.

Rico vota no PT e pobre vende voto pro Custódio.

Rico deve 59 (várias atrazadas) das 60 prestações do carro, e pobre vende o vale tranporte e chega atrazado ao trabalho.

Rico frequenta restaurante da moda e paga com o cartão de crédito (perto de estourar) pobre pendura no botequim o pão com salame.

Rico implora desconto, pobre pechincha nos bazares de usados.

Rico aparece em foto na coluna social meio de lado - escondendo dos credores e as vezes da polícia,
pobre também.

Rico vai torcer pro Tupi (aquele timinho pobre) e entra de graça no Estádio Mario Helênio - pelo portão de convidado, pobre também (só que pula a cerca)

Rico falido tira a maior onda de bacana, usando o nome de seus antepassados que fizeram alguma coisa ou roubaram muito, pobre se orgulha de ser empregado de rico que não paga nem o salário,e vive pendurado.

Rico adora avant premier e convite pra coquetel de lançamento (ótimas oportunidades para se comer e beber de graça e ainda sair na coluna do CR, pobre adora lêr sobre eles.

Vamos combinar que rico e pobre em Juiz de Fora tem muito em comum:
ambos devem as calças, só que a do pobre está sendo paga no carnê, e a do rico ele ainda deve o cartão de crédito.

Anônimo disse...

Depois dizem que no blog só tem homofóbico, mas vejam bem a cara de pau do Marcelo Gracinha:

"Por exemplo qual legislação o meu partido DEMOCRATAS tem como proposta para gays, lésbicas e travestis? Uma legislação que garanta direitos sólidos."

Pelo que vejo ele quer direitos sólidos e roliços.


"Quando, por exemplo, a Executiva Nacional dos DEMOCRATAS vai apresentar ao Brasil sua proposta de legislação? É importante destacar que ninguém fez mais regulações importantes para a comunidade gay do que o Prefeito Cesar Maia nos 8 anos que ficou na Prefeitura do Rio. Não há nada mais avançado do que as regulações da Gestão Cesar Maia. Os DEMOCRATAS já tem uma base que parte deste governo"

Legal saber que Cesar Maia foi apenas o pai dos gays - eu e a população do Rio achavamos que ele era gay mesmo, também

"Hoje os grupos gays são "panelinhas" de militantes profissionais que não tem função social no mercado de trabalho. A profissão é militar. A militancia deveria ser diferente. Você é advogado, um bom advogado, e milita na OAB. Você é um grande médico e milita no Conselho Regional de Medicina. Você é um professor e discute liberdades individuais com seus alunos. Isso deveria ser o sentido de militar por uma causa. A militancia assalariada por projetos governamentais não é militancia e sim profissão que não gera aliança com a sociedade."

Que bom professores dando aula de saia e e professoras de botina 44
ensinando a moçada como ser gay.
Só pode partir de uma mente bem alucinada.


"Eu gostaria muito que esta reunião de trabalho fosse o mais rápido possível. Não temos tempo a perder. Aliás nos 40 anos do Levante de Stonewall seria uma belo presente dos DEMOCRATAS ao povo brasileiro e mais do que tudo seria uma reparação importante ao medo que, ainda hoje, impera nas pessoas pelo simples fato de se amar um igual."

Nós dias de hoje onde um secretario incompetênte se reconhece gay e sai desmunhecando por aí, ele quer mais o que:
Dar expediente de saia?

!Muita coisa pôde mudar em mim depois de ter visto Milk."

A obsessão do membro mais ativo da comunidade gay da prefeitura pelo tal Milk, só tem uma explicação:
Ou ele se refere ao "leitinho das crianças", ou a sua enorme vontade de ser a Cláudia Leitte (Claudinha Milk pros intimos)


Seu (ou Dona) Marcelo aqui vai um conselho:

Cuidado você está mexendo com a TFM
Tradicional Família Mineira, e isso pode custar além do seu cargo a cabeça do seu prefeito mensaleiro.
o=O que seria um alivio para as pessoas de bem, que não querem saber dessas "modernidades safadistas" aqui na terrinha.

Pega leve senão vc vai pegar o ônibus pro Rio, e O Custódio o caminho da rua. Ambos com um solene pé na bunda.

Anônimo disse...

Agora só falta o Custódio ecncher de gay a Secretaria de Ensino e convocar os pais de alunos e seus filhos para uma extensa programação de incentivo ao transexualismo familiar.
Esse Custódio está muito moderninho, e aqui na igreja até o Pastor que exigiu que votassemos nele, já não tem como se defender da promessa de uma administração honesta.
Só falta agora eu saber que o Pastor também dá suas voltinhas por aí, pois quem mistura com porco, acaba virando feijoada.

Anônimo disse...

Engraçado
apagaram meu post sobre a bagunça do carnaval da funalfa, pq hein?

será medo da verdade?
Medo de mexer em um vespeiro enorme meu caro Omar?

- funcionarios efetivos e nao efetivos vendendo ingresso e colocando a grana no bolso
- Pulseiras e ingressos ditos vendidos em sua totalidade mas que apareceram para os amigos de politicos e dos funcionarios que se acham donos da funalfa, os mesmo que mandam e desmandam a anos e que formam uma panelinha absolutamente fechada.

Anônimo disse...

NA VERDADE O BRASIL NÃO ESTAVA PREPARADO PARA A DEMOCRACIA, ASSIM COMO A ASSINATURA DA LEI ÁUREA QUE LIBERTOU MILHARES DE SERES-HUMANOS DO CATIVEIRO E DEPOIS JOGADOS AOS BURBULHÕES NOS GRANDES CENTROS URBANOS SEM NENHUM TIPO DE PREPARAÇÃO PARA CIDADANIA NA ÉPOCA, RESULTANDO NO QUE HOJE É UM GRANDE CANCER NA VIDA SOCIAL BRASILEIRA-AS FAVELAS(MAS RECONHEÇO QUE MUITOS QUE MORAM LÁ SÃO PESSOAS HONESTAS E TRABALHADORES).

SAIMOS DE DUAS DÉCADAS DE SOFRIMENTO COM A DITADURA MILITAR(O MAIOR ATRASO NA VIDA DO PAÍS), PASSAMOS TODOS PERÍODOS DE TOTAL PRIVAÇÃO EM NOSSA LIBERTADE, AI VEM A TAL DEMOCRACIA, PARECIAMOS CACHORROS QUE VIVERAM A VIDA TODA PRESOS NA CORRENTE E DEPOIS NOS JOGARAM NA RUA, MAIS PERDIDOS DO QUE CEGOS NO MEIO DE UM TIROTEIO.

VIVEMOS NOSSA "IDADE MÉDIA" DURANTE OS ANOS 60, 70 E 80. ENTÃO CHEGOU UM MARANHENSE PELA PORTA DOS FUNDOS E SEM O MENOR CONHECIMENTO DE GESTÃO ADMINISTRATIVA ACABOU AFUNDANDO MAIS AINDA O PAÍS, ENTÃO CHEGOU A ERA DA NOVA CONSTITUIÇÃO, O QUE NA DITADURA SE PRENDIA MUITO AGORA ERA LIBERDADE TOTAL, E QUANDO DITO TOTAL NÃO É SÓ FORÇA DE EXPRESSÃO.

DEPOIS VEIO A ERA COLLOR-SO CAGADA-APESAR QUE SE ELE CONSEGUISSESSE REALMENTE FECHAR O CONGRESSO SERIA UMA BOA, EVITARIA DESTA FORMA OS VÁRIOS SAQUES QUE OS COFRES PÚBLICOS SOFRERAM.

DEPOIS VEIO ITAMAR, MELHOU UM POUCO, MAS SÓ PRA EVITAR A ELE O QUE ACONTECEU A SEU ANTECESSOR.

DEPOIS FHC E LULA, DOIS GRANDES PLACEBOS DA POLÍTICA NACIONAL, JÁ QUE NA VERDADE NÃO SE MEXEU DE VERDADE NAS FERIDAS DO BRASIL. VÁRIAS CPI'S E NENHUM POLÍTICO PRESO OU PUNIDO A RIGOR, SÓ PROPAGANDA PARA OS RELATORES NA PRÓXIMA ELEIÇÃO.

MEDIDAS SÉRIAS COMO A REFORMA POLÍTICA, TRIBUTÁRIA, PROCESSUAL PENAL, ELEITORAL AINDA ESPERAM UMA ATENÇÃO DOS NOSSOS MAGNANIMOS "SENHORES DAS LEIS".

MAS ENTENDAM UMA COISA, BOA PARTE DA CULPA DE TODO ESTE AGLOMERADO DE ERROS PARTE DE NÓS MESMOS. PASSA ELEIÇÃO, ENTRA ELEIÇÃO E ESTAMOS AÍ, COMENDO CAPIM E SOFRENDO COM UM BANDO DE AVENTUREIROS. E NA VERDADE SEI QUE ESTOU ESCREVENDO TUDO ISSO EM VÃO, POIS SEI QUE EM ELEIÇÕES VINDOURAS PESSOAS DO ESTILO DE BEJANI VÃO SE CANDIDATAR E GANHAR. MAS TENHOS ESPERANÇA E FÉ QUE ALGUM DIA PODEREMOS MELHORAR COMO SOCIEDADE E SERMOS CIDADÃOS DE FATO.

Anônimo disse...

Dei, literalmente, pala, quando o último anônimo criticou o Marcelo Garcia por seu comentário sobre o MILK, e, como argumento, usou o TFM.

TMF: Custódios Mattos, Aécios Neves, Valérios, Siqueiras, Pestanas, Ortizes, Andradas, Josemares, Suelis, Edmares, Vicentões, Itamares, Bejanis, Delgados, Duques....

Pausa para duas linhas de gargalhadas: KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

Excedi-me nas gargalhadas, pois, não me aguentei, mas venhamos e convenhamos, sua TFM deve ser a sua cara!!

Anônimo disse...

a terceirização no setor público, não deixa de ter uma razão parecida com aquela que a motivou no setor privado, de uma cerca represália dos empregadores contra as posturas reivindicatórias dos trabalhadores. Neste sentido, acaba sendo muito conveniente para a Administração terceirizar em vez de nomear servidores em caráter efetivo, já que isto lhe permite manter de forma mais cômoda o controle sob os seus administrados, pois se algum terceirizado 'causar problema', basta dar um telefonema à empresa e ela demite o empregado ou, no mínimo, recoloca-o em outra empresa para trabalhar. Eliminam-se 'problemas' com passeatas, greves e movimentos sindicais em virtude de não haver a mínima estabilidade (jurídica e fática) do empregado no serviço público.

Lélio

Anônimo disse...

RECURSO DE EMBARGOS INTERPOSTO SOB A ÉGIDE DA LEI N.º 11.496/2007. APLICAÇÃO DO PRINCÍPIO DA ISONOMIA. EMPREGADO DE EMPRESA PRESTADORA DE SERVIÇOS E EMPREGADO DE TOMADORA DOS SERVIÇOS INTEGRANTE DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA INDIRETA. LEI N.º 6.019/74. LEI N.º 6.019/74. A contratação irregular de trabalhador, mediante empresa interposta, não gera vínculo de emprego com os órgãos da administração pública direta, indireta ou fundacional. Entretanto, a impossibilidade de se formar vínculo de emprego com ente da administração pública, ante a inexistência de prévia aprovação em concurso público, não elide o direito do trabalhador terceirizado à percepção dos mesmos salários e vantagens auferidos pelos empregados da tomadora dos serviços exercentes das mesmas funções, por aplicação analógica do artigo 12, alínea a, da Lei n.º 6.019/74. Precedentes desta SBDI-I. Recurso de embargos conhecido e não provido. Processo: E-RR - 1195/2006-048-03-00.2 Data de Julgamento: 05/02/2009, Relator Ministro: Lelio Bentes Corrêa, Subseção I Especializada em Dissídios Individuais, Data de Publicação: DJ 20/02/2009.

Lélio

Anônimo disse...

Quais benefícios traz a certificação do Cebas para as ONGs e no que implica efetivamente, a edição da MP 446?

As instituições sociais que logram obter o Cebas, tem direito à imunidade tributária, sendo a isenção patronal do INSS a mais importante, dentre outras, que são a isenção do imposto de renda e de impostos estudais (IPVA) e municipais (IPTU). Todos os valores advindos dessas imunidades devem necessariamente ser aplicados nas atividades sociais desenvolvidas. Outro ponto fundamental, é que a ONG deve obrigatoriamente comprovar a aplicação de pelo menos 20% de toda a sua receita bruta em atividades gratuitas. Para a renovação do certificado do Cebas, as instituições se submetem, anualmente, a uma rigorosa auditoria externa de seus balanços e atendimentos e são fiscalizadas pelo Conselho Nacional de Assistência Social e pelo INSS.Os recursos auferidos através da imunidade tributária, no caso da Ramacrisna, possibilitam o atendimento de 900 pessoas a mais, a cada ano. Tirar a competência do CNAS de fornecer o certificado, passando essa prerrogativa aos Ministérios, elimina a participação da sociedade civil nas decisões sobre as políticas públicas de assistência social, saúde e educação. Acreditamos que algumas atitudes devem ser tomadas para a normalização da emissão e renovação do Cebas, mas não concordamos com a maneira autoritária como a ação foi executada. O deferimento automático proposto “nivela por baixo” as ONGs, colocando lado a lado as poucas que atuam de forma irregular e “contamina” as milhares que desempenham suas funções de forma ética e transparente, de acordo com a legislação. A edição da MP 446 atropelou esse processo e deixou os órgãos da sociedade civil perplexos, sentindo-se impotentes e desconsiderados. Acreditamos que o que motivou o ato autoritário do governo, em editar a MP 446 foi a descoberta de algumas irregularidades na administração de recursos repassados a algumas poucas ONGs, dentro do universo de instituições presentes no país e como agravante, a demora do CNAS, na análises das milhares de solicitações de novos certificados e das renovações.

Uma das justificativas do Governo para a edição da MP seria o considerável lapso temporal. O que ainda precisa ser feito, em relação à legislação que regula as ONGs, ou seja, ao seu Marco Legal para promover o seu desenvolvimento?

Se observarmos, são sempre as mesmas pessoas liderando os movimentos, assumindo uma sobrecarga de trabalho, enquanto grande parte apenas observa. É uma das razões do Governo instituir a regulamentação de cima para baixo, sem ouvir todos os seguimentos do terceiro setor. Não nos constituímos ainda em uma liderança forte o suficiente para ocupar um espaço definido perante a sociedade. Acredito que a instituição de um único órgão fiscalizador, preferencialmente o próprio CNAS devidamente estruturado, com membros da sociedade civil e os vários setores governamentais envolvidos no processo, seria um marco na democracia de nosso país.

Creio que a Amac ficou ainda mais vulnerável apos esta MP, pois esta cada vez mais enrascada numa indefinição de existência. O melhor remédio e uma bomba com bastante Nitroglicerina para que nada sobre e assim haverá uma solução em nossa cidade evitando interferências de pessoas importadas para maquiar ainda mais estas sujeiras que formaram estas administrações caóticas e imorais com recursos públicos. E uma pena isto ser mensagem do Lula ao congresso; realmente marca sua administração negativamente.

Lélio

Anônimo disse...

Presidente da Câmara assume Prefeitura de Ipatinga (MG)

O presidente da Câmara de Ipatinga (MG), vereador Robson Gomes da Silva (PPS), assumiu nesta sexta-feira a prefeitura da cidade após a cassação de Sebastião Quintão (PMDB), segundo colocado nas eleições de 2008.

Quintão assumiu o cargo depois que o primeiro colocado, Chico Ferramenta (PT), teve o registro de sua candidatura negado.

O TRE (Tribunal Regional Eleitoral) de Minas julgou insanáveis as irregularidades apontadas nas contas apresentadas por Chico Ferramenta quando ocupou o cargo de prefeito de Ipatinga, o que o tornou inelegível.

Com isso, Quintão assumiu a vaga do petista, mas, ontem, foi cassado pela Justiça Eleitoral por abuso de poder, além de ter suas contas rejeitadas.

Anônimo disse...

Pode deixar que ajustiça tarda mas não falta. Aquele plaiboizinho de meia tijela é um dos principais responsáveis pela eleição do pilantra do custódio. Tá na hora dessa população de giz de fora tomar vergonha na cara e começar a aprender a votar

Luiz Valle disse...

sobre a pseudo ELITE de Juiz de Fora.... "comem sardinha e arrotam caviar"... vão se ferrar pessoal besta .... vocês tão tudo FU! e querendo aparecer!!!...são umas piadas!!!....