domingo, 22 de março de 2009

Morrendo pela boca

Coube a este jornal registrar, lamentando, o reduzido interesse que se tem revelado na fiscalização de gêneros alimentícios de consumo direto e imediato, através dos quais a saúde da população se expõe permanentemente a todo tipo de risco. Sabendo-se que o aparelho de fiscalização e controle em todos os setores está sempre aquém das necessidades, o que se tem objetado é a ausência de prioridade para o que diz respeito à saúde, para que se evitem desastres. A mais recente e grave ocorrência, que devia ter servido de advertência, foi o caso de Benfica, onde, em janeiro, uma porção de maionese imprópria mandou meia centena de pessoas para os hospitais. Então, quando se sabe que elas correram risco de morte, pergunta-se e ninguém responde: quem foi responsabilizado por isso, e, mais importante, quais as providências tomadas pelo serviço público para que fatos de tal gravidade não se repitam?

Em passado recente, tendíamos a achar que os mais graves problemas de consumo no Brasil estariam resolvidos quando se editou, uma década atrás, o famoso Código do Consumidor, logo aclamado, com justiça, como um dos mais perfeitos do mundo nesse gênero, o que se confirmou logo depois, ao servir de modelo para vários países. O equívoco que então se percebeu, e persiste até hoje, é que se considerou que o código seria suficiente e bastante para resolver todos os problemas nas relações de consumo. Desprezaram-se ações paralelas e complementares, e o poder público (nossa prefeitura não sendo exceção) desinteressou-se dos equipamentos para as novas demandas, e todo o seu aparelho de fiscalização menteve-se obsoleto, se não mesmo piorou. O governo elaborou o conjunto de normas, logo o entregou à população, como se dissesse: vire-se.

Come-se e bebe-se sem que a população, já por si mesma descuidada em relação a isso, se veja protegida pelas instituições que ela financia com seus impostos. Bares e lanchonetes não têm sido objeto de orientação sobre a qualidade sadia do que vende.

No final da semana veio, da parte da prefeitura, a promessa de que algo será feito de imediato. Como sou cético em relação aos propósitos da atual administração, quero ver para crer. Mas gostaria de ver alguma coisa sendo feita.

O.P.

47 comentários:

Anônimo disse...

OMAR COMO VOCE DEIXA O FERNANDO GORETTI DIZER NA SUA TEVE QUE A ASTRANSP NÃO DAVA PROPINA AO BEJANI,TAMBEM ESTAMOS DE LOHO EM VOCE.

Anônimo disse...

ESTE AVEZANI VIVIA NA ANTE SALA DO BEJANI AGORA ELOGIA O CUSTODIO,QUALE OMAR,QUE VOCE PROTEGE O MAFIOSO DO FERNANDO GORETTI,JA POSTAMOS VARIAS VEZES SOBRE ELE E VOCE NÃO PUBLICA;ESTE PROGAMA DE DOMINGO,PANORAMA REVISTA TA CHEIRANDO MAL,POR FAVOR OMAR NÃO NOS VENDA.VOCE DEU VOZ A TREIS SAFADOS.VAMOS DEBANDAR

Anônimo disse...

QUE BONITO EM OMAR DEPOIS DA NOVELINHA DO PANORAMA ENTREVISTA FIQUEI COM PENINHA DO GOREETTI,VAMOS AGUARDAR A CAMPANHA PUBLICITARIA DA ASTRANSP NA TV PANORAMA.

Anônimo disse...

OMAR NÃO TEM JUSTIFICATIVA,VOCE ASSISTIU ESTE PROGAMA ANTES E DEIXOU ESTA MENTIRADA IR PRO AR,TO FORA CARA,DOEU VER ESTE SINDICALISTA PELEGO ELOGIAR O CUSTODIO.

Anônimo disse...

A PANORAMA MORREU PELA BOCA ENTREVISTA ENSAIADA LEVANTANDO A BOLA DESTES PILANTRAS,BEM FEITO,PARA VOCE O CUSTODIO É QUE É BONZINHO,E NOS JUNTO COM VOCE NOS FERRAMOS.

Anônimo disse...

nossa nunca imaginei ver o papel que a cristina musse fez domingo,ora que o progama é editado,ficar lapidando a mafia do transporte publico,assistir um sindicalista dizer que o custodio é transparente?????

Anônimo disse...

quando a cristina musse falou que a passagem é barata cai do sofa

OMAR PERES disse...

Panorama Entrevista

Meus amigos. Eu não ainda não vi o programa com as lideranças e responsáveis do transporte coletivo de Juiz de Fora. De qualquer forma, já afirmo: a TV Panorama faz imprensa séria, e se a emissora possui a prerrogativa jornalistica de mostrar o que acontece e, nesse caso, patrões, empregados e entidades públicas, protagonistas e responsáveis pelo setor, posseum também o direito de opinar e, obviamente, direito de resposta. E foi o que fez, como sua obrigação, a TV Panorama.

Se o sr. Avezani elogiou o Custódio, a responsabilidade é dele. Se o Goreti afirmou que a Astransp não deu propina para o Bejani, o problema é dele, mesmo que seja o contrário do que pensa todo o Brasil, quando tevimos a oportunidade de assistir o Jornal Nacional mostrando o ex prefeito recebendo um saco de dinheiro de um proprietário de empresa de ônibus.

Bejani teria renunciado, e teríamos descoberto tudo isso se a Rede Globo não tivessse colacado a imagem da corrupção no ar? Portanto, meus amigos, não é verba publicitária que move o jornalismo sério e, sim, a noticia.

Por tudo isso, mais uma vez a Panorama está de parabéns, ao prestar mais esse serviço para a comunidade, ao mostrar quem é quem no tranposte coletivo de Juiz de Fora, e o que pensam essas lideranças.

Se mentiram, mais cedo ou mais tarde, eles serão desmascarados. E será na própria TV. É só uma questão de tempo.

A Cristina Musse não levanta a bola de ninguém. Ela é uma profisional séria e contratada pela TV para conduzir as entrevistas e, não para elogiar ou julgar quem quer que seja. A opinião, reitero é de responsabilidade de quem a emite, e no caso do Panorama Entrevista, é dos entrevistados e não do entrevistador, muito menos da emissora.

Por fim, repito e afirmo: foi mais um grande serviço prestado pela emissora ao dar oportunidade aos patrões e empregados dizerem, ao vivo e a cores, o que pensam. Ao telespectador, o julgamneto.

Anônimo disse...

E ai Omar vc pode me informar o preço da Cristina Musse?
É mais caro ou mais barato que o Fazollato?
E o wilson Cid já esta na tabela de preço, ta parecendo o Wilsinho paz e amor, o cara ta muito de vagar e parece fazer campanha pro Pestana e AJ. Fale de JF caro Wilson Cid viva a nossa realidade ou ta esperando um cargo publico igual ao Douglas.
A Cristina ja garantiu uma vaguinha de cobrador de onibus.
Entrevista vendida.

Anônimo disse...

Até parece mentira, ainda estou aparvalhada.
Como é que pode, uma tv dita séria, enfiar em nossa csa um trio tão cabuloso.
Isso é um absurdo.
E me desculpe sr Omar, mas o grande publico não entendeu assim como sr.
Para muita gente a Panorama amarelou.
Jornalismo sério espreme o entrevistado, e é uma vergonha aquela sua sibiladora carioca achar o preço da nossa passagem barata.
Voce nos causou sim foi um grande desserviço.
Como lhe disse no comentário que o sr não publicou na semana passada, de minha parte perdeu uma telespctora, e agora meu voto.
Deveriamos agir sózinhos, pois o que pensamos ser a voz da consciência local, fala uma coisa e age diferente daquilo.
Me descupe mas a decepção é muito grande.

Anônimo disse...

Pegou mal pro Omar

Pedro disse...

Que falta faz uma jornalista de verdade.
Você deve estar pagando uma fortuna pra ela.`
É a única pessoa de Juiz de Fora que acha o preço da passagem barato.
Também sendo da elite que o Omar diz destestar, o que poderiamos querer?
Esses seus funcionários ou são PT, ou são vendidos, ou são pior (tipo Wilson Cid), ou esse Omar é um tremendo falastrão.
Igual ao seu amigo o tal Rogério de Moraes.

Anônimo disse...

Se você disse que todos deveriam ser representados e ter voz no programa, cadê a nossa?
Levar um secretário babão do Custódio, um empresário atolado até o pescoço com a corrupção e um sindicalista pelêgo, não vai nunca dar em nada que presta.
O custódio agradece a sua "equipe" que foi trampulim para ele, e deve estar se mijando de rir de você.

Fernando disse...

Nem aquela besta do Rogério de Moraes, vai querer trabalhar com você. Até aquele enjoado ficou calado.
Parei por aqui.

Anônimo disse...

Bom dia

Pelo menos pro Omar que deve estar com o bolso cheio de dinheiro da Astramp, o Fernando Goretti venceu.

Anônimo disse...

A panorama agora é a tve dos safados.
E eu perdendo meu tempo.

Anônimo disse...

Queria ver a cara dos 17.000 mil eleitores que votaram em você na hora do Panorama entrevista de ontem.
Devem estar com cara de bundão.

Anônimo disse...

lamentavel, Omar lamentavel
eu acreditei em você.

Anônimo disse...

Se é com essa assessoria que você pretendia governar Juiz de Fora, ainda bem que saiu no primeiro turno.

Anônimo disse...

Sou aluna de comunicação,quando crescer não quero ser como a cristina musse,nunca mais nunca mesmo me anular perante o publico,quando aquele advogado mal encarado,fernando goretti disse que,nenhum empresario da astransp esteve envolvido e ela abaixou a cabeça,mas quem sabe elevou seu saldo bancario,me pergunto o que o pai do bolão e do wandersão carapinha,o sr francisco carapinha dono digo DONO DONO DA VIAÇÃO NORTE foi fazer na condição de PRESO NA PENITENCIARIA NELSOM HUNGRIA.ou a minha ilustre professora não mora no planeta terra,ou quem sabe sustenta a tese da defesa de bejani que foi tudo computação grafica.quanto a voce dr omar,espero que quem desconfiou do sr lhe peça desculpas,pela sua exposição de argumentos,e pela sua imparcialidade em publicar os comentarios dos mais indignados,e tambem agradecer ao ministerio publico de não participar desta farça.

Anônimo disse...

Será que seus funcionários leem este blog?
Ou será só os que acreditam em você?
Como profissionais tinham que ter vergonha, do seu trabalho de ontem.

Anônimo disse...

cu ódio transparente!!!até a TV Panorama...preocupante...

Anônimo disse...

E eu ainda votei no senhor para prefeito.
Que dessepção

Anônimo disse...

GENTE UMA REPORTER FORMADORA DE OPINIÃO DIZER QUE A PASSAGEM É BARATA DAR SUSTENÇÃO COMPARANDO O PREÇO COM CAMPOS E OUTROS MUNICIPIOS,ABONAR UMA MENTIRA DESCOMUNAL QUE A MONTANHA DE DINHEIRO QUE O BEJANI RECEBEU NÃO ERA DO SUADO E USURPADO POVO HUMILDE QUE UTILIZA O TRANSPORTE COLETIVO,NÃO TEVE A OMBRIDADE DE PUXAR PELA SUA MEMORIA RECENTE QUE O PROPIETARIO DA VIAÇÃO NORTE FOI PRESO PRESO PELA PLICIA FEDERAL,AVALIZOU A MAIOR MENTIRA D SR GORETTI QUE NENHUM EMPRESARIO DE ONIBUS DEU PROPINA PARA O BEJANI. DEU SIM E MUITA PROPINA E ESTÃO DANDO PARA O CUSTODIO MANTELOS AQUI LIÇITAÇÃO JA SOCORRO MINISTERIO PUBLICO,SOCORRO DR OMAR PERES.

Anônimo disse...

estamos enojados com voce cristina musse

Anônimo disse...

Pelo dinheiro que o Senhor paga essa jornalista que acha o onibus barato, dá pra contratar a equipe inteira do Mesa de Debates e ainda sobra troco.
Talvez até para pagar um jornalista menos mediocre para lhe assossorar no blog.
E o que é melhor, nós não vamos nos decepcionar, nem perder tempo tempo assitindo esta porcaria.

Flavio disse...

Para o próximo programa contrate o Anibal Pinto, e convide o Custódio o Vitor Valverde, O Marcelo Gárcia e Maria Leal.
Aí o circo fica completo, só que os palhaços serão os telespctadores.

Anônimo disse...

Nunca mais leio este blog.
E Tv Panorama só dá para ver novela e jornal Nacional.

Anônimo disse...

DE boa intenção o inferno está cheio, e nosso saco também.

Anônimo disse...

Parabéns pelo seu texto de hoje.
Altamente voltado ao seu momento politico.
Quem deu voz a indignação morre pela boca.
Talvez por que não estivesse tão indignado assim.
E onde estão os bobos que batiam palmas pro Omar dançar?

Marli Agnes Brito disse...

E seu advogado, puxa saco, escravo e babaovo-mór aquela mala do Rogério?
Não vai te defender?

Anônimo disse...

Concordo com o Omar quando diz que a TV prestou um grande serviço. Só descordo é do beneficiário do serviço:
O povo com certeza não foi.
Aos mais humildes e menos cultos, ficou a impressão de que a TV Panorama, através da sua jornalista, Cristina Musse, concorda com a Astransp, e com o Custódio, que querem desesperadamente subir o preço da passagem.
Passagem barata deve ser pra ela que ganha pra falar asneiras.

Anônimo disse...

Nunca pensei em dizer isto:
Contrata logo o Rogério de Moraes,
e acaba com essa equipe medrosos que trabalham nas suas empresas.

Rogerio de Moraes disse...

Não sou advogado, puxa-saco ou funcionário do Omar Peres, talvez até por não ter não ter competência
para isto.
Sou apenas um simples e humilde amigo, que concorda com a sua forma de falar e combater a corrupção e desonestidade.
O que me diferencia da maioria dos postantes aqui é que dou nome aos bois e assino o que eu escrevo, ao contrário da grande maioria que prefere permanecer escondida no limbo do ostracismo.
Concordo com o Omar quando ele diz que sua Tv cumpre sua função de mostrar a opinião dos dois lados, as duas versões.
Mas não há como não concondar com a enorme maioria que posta aqui hoje, revoltada com a forma como uma jornalista tão experiente conduziu um assunto tão grave, deixando claro sua posição elitista e de profissional bem remunerada, ao declarar ser baixa a tarifa do onibus em Juiz de Fora.
Talves por estar encastelada, não assiste a multidão que sai de casa pra trabalhar a pé pela manhã e volta cansada e suada, caminhando martirizada por um preço de passagem aviltado pela ganância dos empresários representados pelo Fernando Goretti, pela corrupção dos prefeitos e pelo peleguismo exacerbado do sindicalista Paulo Avezani.
E o que é pior, mostrar um quadro com os preços das passagens de outras localidades, sem indicar a quilometragem percorrida, acentuando ainda verbalmente que não tinha conhecimento desses números, o que torna sua opinião altamente tendênciosa.
Isto com toda certeza é o resultado da liberdade de opinião que Omar garante a seus funcionários e a quem comenta aqui nesse blog.
Tanto que nós (e eu sou o maior exemplo) funcionários ou comentaristas podemos dizer as besteiras ou as verdades que acharmos corretas, bastando para isso arcar com o ônus da responsabilidade do que foi dito ou feito.
A cobrança vem, senão do Omar, do publico que aceita ou rejeita o comportamento de um blogueiro desbocado ou de um jornalista pouco comprometido com o momento crucial que vivemos, lutando contra a quadrilha que se apossou da prefeitura desta cidade a muito tempo.
Por isso mesmo achando deploravel a atuação da entrevistadora no programa, alerto para que só onde há liberdade podem cair todas as máscaras.
É na liberdade de expressão que demonstramos quem realmente somos e qual apito tocamos na verdade.
E nesse caso o feitiço virou contra a feiticeira, pois a toda a cidade viu que o Panorama Entrevista apenas reprisou uma triste comédia:
Os Três Patetas

Anônimo disse...

Posso dar uma sugestão:
Use nas entrevistas a prata da casa.
Coloca a Cláudia Figueiredo.
Garanto que ela não vai deixar a gente com cara de bobo na frentge da tv.
Essa não tem Astransp que compre.

Anônimo disse...

Por que vvocê não manda essa Cristina Mousse de Pizza embora.
Ela vai na hora ser Assessera de Imprensa da Astransp.
Ou do Vitor Valverde.

Mineirinho disse...

Ainda bem que musse a gente só come na sobremesa, se fosse o prato principal daria indigestão.

Anônimo disse...

Se eu fosse o Omar pediria a vassoura do Janio Quadros pra fazer uma limpeza na Panorama.
Ou então mandava rezar uma missa ou ia num terreiro, que o trem tá feio.

Anônimo disse...

Nossa que babado!!!!!!!!!!
Dessa vez parece que a carioca do brejo vai achar o caminho da roça.
E já vai tarde.

Anônimo disse...

As Faculdades de Comunicação estão nos devendo uma melhor formação dos seus alunos.
Está na hora de formar mais profissionais de qualidade, do que quantidade de profissionais.
Com todo respeito salve a porralouquice da Andréia Andrade, recheiada de uterina fidelidade a questão da moral profissional.

Anônimo disse...

E ainda dizem que o Omar é empresário e capitalista feroz.
Nunca vi ninguém abrir as mazelas de sua própria empresa, a discussão pública.
Parabéns Omar você esta dando um banho de democracia, nos tucanos, nos leitores vendidos e nos profissionais corrompidos.
A Laranja cai de podre.

Anônimo disse...

Como dizia o Dahal no magnifico gingle do Omar na campanha para prefeito:

Ninguém cala esse homem,
que diz pro povo a verdade
Omar é Força Omar é verdade
Omar Peres é a voz da cidade.

Pena que foi calada por uma jornalista de capacidade no mínimo duvidosa.

Posso dar um conselho:
Venha você mesmo e a Claudinha Figueiredo apresentar e entrevistar.
Coloque de novo o melhor programa de entrevistas que Juiz de Fora já viu no rádio desta vez na tv.
Você vai arrebentar.
Aí sim vasi dar gosto esperar o domingo acabar pra gente ver o massacre aos corruptos.

Anônimo disse...

É OMAR, O TODINHO E SUA EQUIPE DEVEM ESTAR MUITÍSSIMO SATISFEITOS COM A COLABORAÇÃO DE SUA EQUIPE, MAS NÓS QUE ATÉ ENTÃO CONFIÁVAMOS EM VOCE, ESTAMOS DECEPCIONADOS.

Anônimo disse...

Sempre atento disse

Ainda bem que dormi cedo. Essa carioca metida a doutora em comunicação nunca me enganou.E a Panorama sempre foi assim: jornalismo com ela é só fantasia. Afinal, ela nunca contratou jornalista: só estagiários e apadrinhados. Desde a época do Hugo Alessi.Agora, o MGTV 2 repete o MGTV 1 e cola matérias de lugares "próximos" daqui, como Uberaba, Araguari, etc.

Anônimo disse...

Omar, admiro seu denodo. O compromisso e lealdade. Está havendo uma grande injustiça com vc. Pouco podia se esperar da nova estrutura da Panorama. Minha admiração por sua postura de silêncio, embora seja difícil compreender porque vc faça questão de preservar a nova direção. Tenho certeza, por acompanhar sua trajetória, que nos seus áureos tempos, não seríamos submetidos a isto.

Luiz Valle disse...

será que a Sra Mousse ( mousse de chuchu, de tão sem graça) anda de onibus em Juiz de Fora??? ... eminha Senhora, enfrente um onibus desse assim por volta de 6 da tarde, embarcando em um daqueles pontos ali em frente do Parque Halfeld, pega um 524 por exemplo,indo pra São mateus ,ai depois me diz se a passagem a R$ 1,55 e barata ou cara... pra vc circular no onibus que nem sardinha em lata, brigar pra conseguir embarcar no ponto, dar encontrão uns nos outros, esperar um monte de tempo no ponto e etc... transporte oferecido com essa qualidade, no minimo, deveria ser gratuito!!!

Luiz Valle disse...

castigo para a sem graça CRISTINA MOUSSE DE CHUCHU.... um mes andando de onibus em Juiz de Fora... quero ver se ela vai ser tão complacente quanto foi no programa dela no domingo!!!!!ah!! e dizer q a passagem e barata... Omar!! ela ta ganhando muito, corta o salário dela!!!!