quinta-feira, 17 de setembro de 2009

EXPULSO!

O deputado José Fernando de Oliveira já não é mais presidente do Partido Verde - MG. Foi "convidado" a se retirar. Motivo: incompetência.

Para melhor entender o caráter e a falta de preparo desse cidadão, sua cidade, onde já foi prefeito, atribui a ele o maior índice de rejeição dentre todos os políticos locais: 60% da população de Conceição de Mato Dentro, em pesquisa da semana passada, disseram que não votariam em hipótese alguma em José Fernando de Oliveira.

A pesquisa foi realizada para saber as preferências do eleitorado local. Domingo passado o município votou para eleger um novo prefeito. O último eleito foi cassado . O índice de rejeição de José Fernando é o mesmo de Bejani em Juiz de Fora!

6 comentários:

Anônimo disse...

Omar : Avisa aqui que domingo tem jogo do Tupi, nao importa quem administra, se é amigo ou inimigo. O que vale agora é que estamos hà dois jogos de nos classificarmos para serie C , pois Juiz de Fora nao merece estar aonde está.

Domingo, 17 H : Tupi x Macae

Edson Campos disse...

Sr. Omar, boa tarde.
Obrigado por sua visita a meu blog e espero que o faça mais vezes.
Gostei do seu, pois achei dinâmico.
Seria interessante um contato.
Meu e-mail: edson@edsoncampos.net ou edsoncampos@globomail.com.

Edson Campos

Anônimo disse...

Expulso,o palavra que cai bem quando o assunto e politica.Acho que 90% dos nossos politicos seriam expulsos,sem a minima chance de voltar.Ja pensou ver nomes como Bejani,Collor,Sarney,Renan Calheiros,entre outros,expulsos do mundo politico.A festa de comemoração seria igual a de uma conquista de copa do mundo.

bastidorees político disse...

É o PV agora está sendo pulverizado! Até que fim! Tomara que a moda pegue aqui em Jfora, assim fica mais oxigenada, menos poluída.

alemdoolhardocondor disse...

Dr. Omar não estou em fileira partidária, e nem acho necessário isso para 2010. Penso em participar de sua campanha.
Apoiar o candidato Omar, não toda a aliança. Somente usar toda energia para elegê-lo. Já conversei com pessoa bem próxima do senhor, alguns meses atrás.
Só para tentar fazê-lo lembrar, certa ocasião essa pessoa com quem conversei sobre apoiá-lo, me serviu café e água enquanto eu o aguardava para lhe falar, inclusive falamos sobre política.
Se houver harmônia e todos cooperarem é certo o senhor vencer essa eleição. Espero que o senhor aceite esse colaborar. Tudo da minha parte está organizado para 2010. Poderei sugerir, partilhar, apresentar pessoas, organizar algumas reuniões, e buscar inclusive os apoios fora da cidade.
Se o senhor quiser diga apenas que sim. E aguardarei.
Primeiro passo é querer vencer, depois determinação para organizar tudo, e caminhar!
Dr. Omar tem muita gente desgostosa com os políticos locais e estão espalhados. Outros foram esquecidos das promessas de campanha.
Focar nas questõe do legislativo, se o cargo pleiteado for esse.

Anônimo disse...

17/09/2009 - 06h15

Lula teve 'visão correta' ao falar que crise era 'marolinha', diz 'Le Monde'

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva teve uma visão "bastante correta" ao dizer, no ano passado, que a crise no Brasil provocaria apenas uma "marolinha", diz artigo publicado no jornal francês Le Monde nesta quinta-feira.

O diário argumenta que a recessão no Brasil durou apenas um semestre, citando o aumento de 1,9% do PIB no segundo trimestre de 2009, após queda nos dois trimestres imediatamente anteriores, além da recuperação da Bolsa de Valores de São Paulo e do real.

"A rápida recuperação do Brasil demonstra a precisão da estratégia adotada pelo governo e concentrada no apoio do mercado interno. As reduções de impostos a favor das indústrias de automóveis e de eletrodomésticos mantiveram as vendas nestes nestes dois setores cruciais", afirma o jornal, lembrando ainda que a confiança do consumidor brasileiro jamais chegou a ser abalada.

No artigo, intitulado "A retomada do crescimento mundial se baseia nos Brics" , o Le Monde traça o panorama economico dos países do grupo - Brasil, Rússia, Índia e China - um ano após a queda do banco Lehman Brothers, considerada o marco da atual crise financeira global.

Outros países "É para os grandes países emergentes que se direciona hoje a esperança de que a fase de recuperação do nível de vida vai se acelerar. E que seus modelos de crescimento, até hoje essencialmente baseados nas exportações, vão progressivamente dar lugar a um novo modelo de desenvolvimento, garantindo mais importância à demanda interna", diz o jornal.

Sobre a China, o Le Monde afirma que a previsão de crescimento de 8% para o PIB de 2009 deve ser atingida, mas ressalta que o modelo economico do país favorece o investimento em detrimento do consumo.

O diário francês lembra que a Índia conseguiu manter um crescimento sustentado, principalmente nos setores de indústria e serviços.

Já a Rússia, tida como o p aís mais atingido dos Brics pela crise, também parece estar se recuperando, de acordo com o Le Monde, com um aumento do PIB nos últimos meses.