quarta-feira, 30 de setembro de 2009

TCU -SUSPENDE PAGAMENTO DA QUEIROZ GALVÃO. MOTIVO: SUPERFATURAMENTO !





MAIS NOTICIAS DA EMPRESA CONTRATADA PELA DUPLA BEJANI/CUSTÓDIO !!!

VEJAM PORQUE CUSTÓDIO ADORA E DEFENDE, A QUALQUER CUSTO, A QUEIROZ GALVÃO.
E A CÂMARA DE VEREADORES NÃO FALA NADA.

O Globo - quarta-feira, 30 de Setembro de 2009 - pag. 3

"Suspeita de superfaturamento em vários estados"

Em São Paulo, a obra de ampliação das pistas do aeroporto de Guarulhos está parada há um ano e sete meses. O projeto orçado em R$ 270,3 milhões teve problema de superfaturamento e sobrepreço em execução, em 2005. Este ano, um novo processo apontou o pagamento por serviços não previstos, segundo o Tribunal de Contas da União. O contrato firmado pela Infraero com o Consórcio Queiroz Galvão-Constran foi questionado quanto a superfaturamento e sobrepreço. Este ano, o TCU chegou a suspender o pagamento de mais de R$ 70 milhões ao consórcio, e a questão está na justiça. A Infraero informou que o contrato com o consórcio foi rescindido em junho do ano passado. "


A Sueli Reis disse, na TV, que o contrato, imoral, ilegal e corrompido, pois assinado por bejani, com a Queiroz Galvão "NÃO PODERIA SER RESCINDIDO PORQUE HAVERIA MULTA E QUE O GOVERNO CUSTÓDIO NÃO TINHA NADA A VER COM CONTRATOS ASSINADOS PELO GOVERNO ANTERIOR". Quanto cinismo, meu Deus do céu ! Taí, Sueli, tá vendo, quando existe respeito ao dinheiro público, quando existe honestidade, qualquer contrato pode ser rescindido. Basta ser HONESTO.

Para ser honesto, há de ter gente honesta. E honestidade, é tudo o que voces estão insistindo em dizer que lhes falta. Vide os contratos com a Queiroz. Vide a licitação suspensa pelo TCE. Vide a obra suspensa pelo TCU. Vide a mentira dita na TV sobre o aluguel de caminhões !

Se esse governo fosse correto, bastaria ao prefeito custódio mattos, em duas só penadas acabar com a roubalheira. Muito simples. Olha o que eu faria:

PRIMEIRA MEDIDA DE HONESTIDADE:
O PREFEITO MUNICIPAL DE JUIZ DE FORA, USANDO DE SUAS ATRIBUIÇÕES LEGAIS, DECIDE: EM DECORRENCIA DE TODOS OS ATOS DE CORRUPÇÃO E DESVIO DE RECURSOS PÚBLICOS OCORRIDOS NA ADMINISTRAÇÃO DO PREFEITO CARLOS ALBERTO BEJANI, QUE É DE CONHECIMENTO DE TODA A NAÇÃO, DECIDO:
SUSPENDER TODOS OS CONTRATOS FIRMADOS PELO EX PREFEITO, PARA QUE SEJA FEITA UMA AUDITORIA, QUANDO SERÁ SOLICITADO A CONTRIBUIÇÃO DE OUTRAS INSTITUIÇÕES FEDERAIS E ESTADUAIS, TAIS COMO TRIBUNAL DE CONTAS, POLICIA FEDERAL E MINISTÉRIO PÚBLICO. PUBLIQUE-SE.
SEGUNDA MEDIDA DE HONESTIDADE :
O PREFEITO DE JUIZ DE FORA, , USANDO DE SUAS ATRIBUIÇÕES LEGAIS, DETERMINA POR ESSE ATO, QUE A PROCURADORIA DA PREFEITURA, INSTAURE PROCESSO CONTRA O EX PREFEITO CARLOS ALBERTO BEJANI, COM O OBJETIVO DE RECUPERAR TODO O DINHEIRO DESVIADO DOS COFRES PÚBLICOS, E QUE TIVERAM COMO DESTINO O AUMENTO DE PATRIMONIO DO EX PREFEITO. É OBRIGAÇÃO DA PREFEITURA RECUPERAR ESSES RECURSOS DO POVO, DESVIADOS POR CONTRATOS ILEGAIS, IMORAIS E CORROMPIDOS , ASSINADOS COM O GRUPO SIM, PARAOPEBA, QUEIROZ GALVÃO ETC. CONVOQUE-SE OS SECRETARIOS SUELI REIS E VITOR VALVERDE PARA PRESTAR DEPOIMENTOS. PUBLIQUE-SE !

Essa seria uma medida simples, correta, honesta, MUDANDO COM SEGURANÇA. Mas , ao contrário, custódio ESTÁ INCENTIVANDO E APRIMORANDO TODA A ROUBALHEIRA INICIADA POR BEJANI. Vide tudo o que já citei de irregularidades praticadas em menos de 8 meses de governo. Custódio, está dando continuidade, sem a menor cerimônia, ao "modo bejanista de governar" visto o novo contrato assinado, que entrega para a mesma Queiroz Galvão, por 50 anos , ao módico preço de R$ 500 milhões, todo o lixo de Juiz de Fora !


Esse contrato é , literalmente, a prova maior de que vocês , além de não respeitar o dinheiro do povo, não tem medo de nada. Fazem, peitam e acabou. Mesmo com tudo o que tem sido comprovado contra a empresa que vocês defendem a qualquer custo. Vamos ver o final dessa história...


Depois, Sueli, não me procure , como na época do Bejani, para dizer que você é " inocente" e que tinha pedido para sair do governo porque não queria assinar nada que não fosse legal. Se lembra disso? Agora, quando tudo isso estourar, não vai ter desculpa. Você vai estar envolvida até o pescoço, a começar por suas declarações públicas, todas obviamente, gravadas.

Pobre cidade.

18 comentários:

Márcio disse...

Onde há grandes obras públicas, há corrupção. Essa é uma verdade universal, existe aqui e em todo lugar do planeta.

A questão é que no Brasil ninguém vai preso. E se vai, logo está solto e cometendo os mesmos crimes.

Nossa Legislação e Justiça não são capazes de combater esse mal como deveriam. O modelão é esse e parece não interessar a ninguém mudá-lo.

Os governos parecem gostar, as empreiteiras idem, a Justiça não abre a boca e o pior Congresso de todos os tempos tem “assuntos mais importantes a tratar”, como aumentos de seus próprios salários ou mordomias e o emprego da parentada que não para de incomodar a família pedindo emprego para os namorados das netas e sobrinhas.

De grão em grão são R$ 200 bilhões desviados dos cofres públicos por ano em corrupção. Uma boa parte desse desvio tem essa origem.

Até quando? A Polícia Federal e o Ministério Público até que tentam. Mas…

Só na última ação de investigação da PF a suspeita de desvio é de R$500 milhões.

E envolve a OAS, Camargo Corrêa, Odebrecht, Nielsen, Queiroz Galvão e Gautama, entre outras.

Anônimo disse...

Enquanto isto o TCE-MG não diz nada sobre o contrato do Demlurb com a Queiroz Galvão, até quando? qualquer pessoa que já leu o contrato e viu a planilha de custos vê que está tudo superfaturado e bota superfaturado nisto!!

Fernando disse...

Daimler vê retomada no Brasil e anuncia 800 contratações

"A Daimler vai contratar 800 funcionários para sua fábrica de ônibus e caminhões em São Bernardo do Campo, na região metropolitana de São Paulo, e manter aberta uma fábrica de caminhões nos Estados Unidos, anunciou a maior fabricante de caminhões do mundo.

A decisão da empresa marca um sinal de esperança para o setor de veículos comerciais afetado pela crise econômica global. As vendas de caminhões também compõem um termômetro da atividade econômica.

Mas representantes da indústria têm feito alertas contra expectativas sobre uma rápida recuperação do setor de caminhões até que a economia global acelere e impulsione a demanda por bens de transporte.

"A contratação dos novos funcionários deixa claro que confiamos que a economia brasileira verá uma recuperação após a crise econômica global", afirmou o presidente da Mercedes-Benz no Brasil, Gero Herrmann, em comunicado.

A Daimler também decidiu contratar 350 funcionários sob contrato temporário e 160 aprendizes para a fábrica de São Bernardo do Campo diante de condições melhores de negócios desde meados do ano, principalmente nos setores de agricultura, construção e mineração, informou a empresa.

A fábrica de São Bernardo emprega mais de 12.600 pessoas, sendo a maior de caminhões pesados da Daimler fora da Alemanha.

A companhia alemã também decidiu rever decisão de fechar uma fábrica de caminhões nos Estados Unidos em 2010 por causa das expectativas sobre uma grande encomenda militar do governo americano e retomada na demanda por caminhões pesados.

A Daimler tinha anunciado em outubro passado planos de fechar a fábrica de Oregon em junho de 2010, como parte de revisão de suas operações norte-americanas diante do tombo na demanda do mercado.

"O mercado americano para caminhões pesados está mostrando uma ligeira recuperação mês a mês", afirmou um porta-voz da Daimler, citando o fim da crise no setor imobiliário que tem impulsionado a demanda da construção civil.

Fabricantes rivais de caminhões citam que o mercado brasileiro não pode ser considerado como melhor indicador para a situação da indústria no restante do mundo.

"A América do Sul não tem sido muito atingida pela crise financeira. Quanto ao Brasil, a situação está melhor (que em outras partes), a demanda está muito boa por causa de incentivos fiscais que tornaram caminhões 5% mais baratos", disse Marten Wikforss, porta-voz da Volvo, segunda maior fabricante de caminhões do mundo.

As entregas de caminhões da Volvo na América do Sul caíram 35% em agosto na comparação anual, enquanto as vendas do grupo encolheram 52% no período.

O porta-voz da Scania, Hans-Ake Danielsson, concorda que a demanda no Brasil é "comparativamente boa".

"Não perdemos tanto no Brasil quanto perdemos na Europa", afirmou, acrescentando que a empresa, apesar disso, não precisa de mais funcionários para atender à demanda. A Scania tem participação de cerca de 25% no País.

Enquanto isso, a Daimler informa que detinha em agosto cerca de um terço do mercado de caminhões pesados e metade do setor de ônibus do Brasil.

"Para veículos industriais, toda a América Latina e em particular o Brasil estão em uma fase de expansão", afirmou uma fonte da italiana Iveco, do grupo Fiat.

A Iveco está aumentando a capacidade no Brasil e em setembro inaugurou uma nova unidade de produção em Sete Lagoas (MG), triplicando a capacidade para 20.000 caminhões leves por ano, informou a fonte."

Podiamos produzir caminhões em vez de carros.

Anônimo disse...

uau, a garota verde está de ferias em Israel? Eta secretariado rico, teve uma que foi para New York, teve vereador analfabeto na França, durma com o barulho RICOS ADMINISTRADORES DE UM POVO MISERAVÉL.

Anônimo disse...

JUSTIÇA DE OLHO NO "MENSALÃO MINEIRO"

28 de Setembro de 2009 - 17h44

Esquema tucano de MG desviou quase R$ 3 milhões, diz MP

O senador e ex-governador de Minas Gerais, Eduardo Azeredo (PSDB), aliado do governador mineiro e também tucano Aécio Neves, foi acusado pelo Ministério Público de Minas Gerais de ter se beneficiado, durante a gestão dele (1995-98), de um esquema de fraudes em licitação que teria abastecido o chamado valerioduto tucano e causado prejuízo de R$ 2,7 milhões aos cofres do Estado.
O chamado "mensalão tucano", segundo a Polícia Federal, foi um esquema operado pelo publicitário Marcos Valério para ocultar a origem e o destino de R$ 28,5 milhões em recursos públicos desviados e verbas privadas não declaradas, que financiaram a campanha derrotada de Azeredo em 1998.
Em 2005, o valerioduto tucano foi investigado pela PF e pelo Ministério Público Federal. Gerou uma ação penal no Supremo Tribunal Federal contra Azeredo e outra na Justiça Estadual, contra outros 14 réus.
Agora, em ação ajuizada em agosto, e aceita pela Justiça mineira, a Promotoria diz ter identificado um novo braço de financiamento irregular daquela campanha, com "pagamentos irregulares" do governo Azeredo, que resultaram em "vultuosas contribuições" à campanha eleitoral. O tucano afirma desconhecer a ação.
Para o Ministério Público, o esquema envolveu sete empresas vencedoras de 25 licitações na gestão Azeredo para fornecimento de terceirizados ao Estado. Era operado por Cláudio Mourão -secretário da Administração na gestão Azeredo e tesoureiro da campanha de 1998- e pelo empresário José Vicente Fonseca.

Ormando Souza disse...

Prezado Omar,

Eu não poderia deixar passar.

É aquela estória: perde-se o amigo mas não se perde a piada.

Estive observando durante as transmissões televisivas o quanto que vc parece fisicamente com o Presidente deposto de Honduras o Sr.ZELAYDA.

PENA QUE TIROU O BIGODE.

HAHAHAHAHAHAHAHHAHAHAH.

Anônimo disse...

Ao Ormando Sousa,

É vc tem razão nisso, Omar lembra o Zelaya na altura, e no bigode, mas o hahahaha porque?
Zelaya está tentando fazer algo pelo país dele. Local pobre que tem poucos recursos e quem sabe ele tem algo a oferecer em termos de governo, que precisaria de mais tempo?
Não gostei do hahaha!!!!!!

Ormando Souza disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Anônimo disse...

A triade Provincianismo-Filhotismo - Nepotismo da elite babaca e podre de JF acarreta outra triade : Corrupção-atraso e pobreza.

Quem tiver duvida é só comparar JF com outras cidades mineiras listas no post anterior. Portanto, nas próximas eleições a grande mensagem será não votar neste bando do filhotes incopetente de JF.

Anônimo disse...

Omar, quem é Poul Almeida? O que este moço já fez pelo esporte de Juiz de Fora? Realmente não da! Mais um pra inchar a folha de pagamento da Secretaria de Esporte, assim como Francisco Canali, Ericson e Irie Salomão? Custodio PQP, você é pior do que o Bejani 1001 vezes, pois pelo menos ele colocou 90 professores a disposição da comunidade agora você só coloca assessores tucaninhos pra comer cerca de 3300,00 reais sem fazer absolutamente nAdson Ribeiro o seu PCdoB não manda nada na Secretaria que vocês acham que mandam.

Anônimo disse...

Essa do Zelaya foi ótimo. Mas mudando de assunto, gostaria de mencionar o aumento no número de tráficantes na cidade. Para mim esse problema é por falta de programas educacionais que possam dar oportunidade de emprego ao infrator. O tráfico esta relacionado com a falta de educação, cultura e lazer, não adianta nada colocar só a polícia para combater o crime, isso é enxugar gelo. Atrás do tráfico vêm os roubos e homicídios dai a necessidade de combater as desigualdades sociais com investimentos em políticas sociais, é assim em todos os países desenvolvidos. Os principais responsáveis pelo desenvolvimento econômico e social são os professores, os quais em JF não têm nenhum valor, mas como o nosso sábio e integro prefeito anuncia: São os vereadores é quem constroi nosso futuro. Não é mole não ter quer aguentar essa administração mediucre, mentirosa, e incopetente que só sabe roubar, e gastar nosso dinheiro com políticas favoráveis as oligarquias corruptas que vivem da miséria e ignorância política dos tráficantes e seus famíliares para se elegerem. Geralmente são os filhos é quem assumem o papel dos país no tráfico gerando um gigantesco ciclo de eleitores alienados as oligarquias, as quais, os prendem para encher cadeia e manter o ciclo. Quem realmente alimenta a indústria do crime são os políticos e não os tráficantes, os quais, são apenas pano de fundo, ou seja, são epenas usados na indústria da miséria.

Anônimo disse...

Para o PSDB é prujuizo investir no social, pois na falta das políticas os jovens e adultos migram para o crime se tornando um criminoso comum e incapaz de votar conscientemente. Além do mais quem enche cadeia é criminoso pé de chinelo que poderiam ser reeducados com investimentos socais e esvaziar as cadeias se tornando eleitores mais conscientes e menos enganados pelo PSDB.

Cineasta disse...

Omar, tenho na cabeça o enredo de um filme baseado numa história que inventei.

A história fala de um prefeito corrupto que já foi deputado. Quando era deputado, o corrupto liberava verbas do orçamento da União para pequenas cidades da sua região eleitoral. Por essas e outras que o corrupto ficou eleitoralmente forte.

As empreiteiras que ganhavam as licitações viciadas eram da curriola do corrupto e faziam um rodízio para não dar bandeira, ou seja, cada hora uma ganhava para não aparecer o mesmo nome vencedor.

Entre os empreiteiros, o corrupto era conhecido por cobrar entre 10 e 15 por cento do total bruto do valor da obra. Tal manobra (haja vista o faturamento apertado do empresário) nivelava por baixo a qualidade técnica das obras.

O corrupto então faturava politicamente duas vezes, ou seja, fazendo caixa de campanha com o dinheiro da propina e com o apoio dos prefeitos que tinham benfeitorias nas suas respectivas cidades.

O político ladrão era implacável: caso as empreiteiras da sua curriola não vencessem, a verba não era liberada e a prefeitura não tinha a obra.

Claro que a história é apenas uma ficção e não tem nada a ver com os políticos da nossa região, que são sérios e honestos.

Ormando Souza disse...

Ao anônimo,

Calma vc está muito tenso, não quis ofender ninguem. Só fiz um comentário de brincadeira e o meu hhaahahaaha diz respeito a brincadeira.

Acalme-se. O Omar é do meu time.

Sobre o hahhahaha, então está explicado. Ficou mais calmo, espero que sim.

Agora, sobre o Sr. Zelaya ser importante ou não para aquele pequeno país da américa central, há controvérsias.

Acho que devemos combater as coisas erradas aonde elas estejam independente de coloração partidária ou ideológica. O certo é o certo, e fim de papo.

Devemos perseguí-lo a todo custo, doa a quem doer.

Chega de conchavos, combinações, permissividades, tolerância, condescendência ou indulgência com o errado.

Se o errado está nas duas partes, devemos buscar uma terceira alternativa ou quarta, ou quinta, até acertamos. Isto é democracia.

Sou partidário que o cara seja reimpossado, e que todos que tenham culpa perante a constituição do país, responda pelo seus atos. Mas que realmente responda.

Aí está meu humilde pensamento sobre as coisas que dizem respeito a coisa pública.

Um abraço a todos.

Anônimo disse...

Nesse montante de dinheiro anunciado pela prefeitura será que não sobrou nada para o aeroporto de Goianá afinal precisamos de novos envestimentos para trazer empresas e empregos e não ficar dependendo do dindin dos outros. A administração do custódio é tão preguiçosa que ao invés de trabalhar para criar recursos própios prefere viver as custas da união. JF está parecendo com as cidades do Nordeste que vivem na seca, sem nenhuma vocação econômica. O PSDB do custódio pode dar graças a Deus à copetente política econômica do governo Lula do PT, pois está chovendo dindin do governo federal no bolso de quem é preguiçoso e não faz nada, só fica pedindo. Aposto que no final da sua administração custódio vai deixar o maior rombo na prefeitura.

Anônimo disse...

Uma hora dessas o custódio deve estar no seu vigésimo terceiro sono dos seus cinquenta sono. Ele deve durmir 20 Horas por dia, deita as 18 horas e levanta as 14 horas do dia seguinte. Deve até ter um sósia para representá-lo enquanto dorme, dorme e dorme. Esse é o prefeito que os eleitores conseguiram eleger, e agora ficam fazendo protesto em UBS do bairro Linhares como se fossem vítimas do preguiçoso dorminhoco, nós é quem somos vítimas desses sem vergonha que mal sabem ler e escrever, quanto menos votar.

Ormando Souza disse...

Prezados Bloguistas,

Hoje lendo os jornais, soube que o novo projeto executivo da despoluíção do rio paraibuna foi aumentado em 220%.

Só a título de informação, vcs sabem qual empresa está desenvolvendo este projeto?

pois bem, um dôce para quem advinhar com as dicas a seguir:

1 - Foi a empresa ganhadora para executar as obras.

2 - Esta empresa esteve envolvida em doações de campanha, para um certo filhote de raposa da nossa política local.

3 - Este filhote, deu uma desculpa esfarrapada para se safar do disse me disse que ouve por essa doação.

Quem respondeu CAMARGO CORRÊA acetou.

e aliás quem disse que o filhotinho é o B......, tb acertou.


Ormando colocando o pingo nos Is.

Ormando Souza disse...

Prezado Omar,

Postei uma indagação, sobre sua campanha eleitoral.

Gostaria muito de ser respondido, pois acho que são mentiras. Mas gostaria de ouvir de vc.

É importante para mim saber sobre isto.

um abraço.